ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

08 abril 2016

Vai pegar marido pra criar? Melhor adotar um cachorro!


Tenho uma amiga que anda se queixando muito de cansaço, já foi no médico, fez exames e não tem nada de errado. Também está feliz no trabalho, então não pode ser estres laboral.
Quando ela me contou que não sabe o que é e está preocupada, eu disse que poderia ser seu casamento, sendo mais específica, seu marido, e ela me respondeu:

-Credo Iara! Só porque você não quer se casar não quer dizer que nenhum homem preste! Você conhece meu marido, ele é boa pessoa, não é ele que está me deixando cansada.

Tá bom.

E contei dez segundos, até ela me perguntar:

-Mas por quê você diz que é meu marido?

Porque ele me parece um porre! Conheço bem seu tipo, na minha família sobra! Popularmente conhecidos como ''bebês sem colo'', reclamam de tudo, querem atenção o tempo inteiro. Passam o dia inteiro narrando problemas e esperando que a mulher passe o dia inteiro dando soluções e você pensa que eles te escutam? Coisa nenhuma! Estão se lixando para o que você diz ou deixa de dizer, só querem atenção e essa é uma maneira barata e ordinária de conseguir isso!

-E por quê você acha que meu marido é assim?

Eu não acho nada! Tenho certeza! Carimbei minha impressão no dia que viajamos juntos para a festa de casamento da tua prima. Não lembra? Saímos da cidade de madrugada e teu marido começou a dizer que era um problema pegar estrada de noite, então você passou horas dizendo que era seguro, e ele só dizia que não, que tinha assaltos, que tinha buracos no chão, depois amanheceu e ele começou a dizer que era péssimo dirigir com o sol tão quente e você dizendo que pelo menos o dia estava lindo e o casamento seria maravilhoso. 
E paramos no posto de gasolina e ele só inventando problemas e você atrás dele solucionando. 
Resumindo: ele conseguiu tua atenção durante as sete horas de viagem!
Conheço esses homens há séculos, cresci com vários deles e ainda convivo.
E na hora do casamento? Ele começou a encher o saco que a igreja estava cheia e lá foi você achar um lugar mais fresco, então ele reclamou que não escutava o padre. 
E no almoço? Ele não queria comer nada, e você ali catando que comida ele poderia gostar e o rapaz reclamando!
Você fica atrás dele o dia inteiro, como se fosse teu bebê, pegou pra criar filho dos outros?

-E você é perfeita né? Não tem defeito nenhum! Nunca reclama!

Reclamo pra caramba, tanto que se existisse um campeonato mundial eu já seria uma celebridade nesse esporte, mas eu não faço ninguém ficar atrás de mim arrumando minha vida e nem fecho a cara. Você passa o dia dando soluções e ele arranjando problemas, já te disse antes, ele não quer soluções, ele quer teu colo o dia inteiro.

-Ele é ótima pessoa, mas tem esse defeito sim, reclama muito e eu não vejo nada demais em dar algumas soluções se ele precisar.

Mas ele não quer soluções, quer a ''mamãe'' o dia inteiro ali, dando conta do neném. E isso cansa, vou te dizer o motivo, pessoas que reclamam o dia inteiro nos drenam, a gente não consegue ajudá-los e eles ficam como vampiros puxando nossa energia.

-Faço questão de ir ao teu casamento! Tenho certeza de que vai se casar, já até sei com quem! E quero ver se Romeu não vai ter defeitos!

Bom, se é o mesmo Romeu que estamos pensando, eu adoraria, não me casar com ele, mas passar uns tempos naquela cama, naquele apartamento. E ele deve ter muitos defeitos, mas eu vou agradecer muito a vida se tiver alguma amiga para me avisar quando eu estiver sendo explorada emocionalmente. 

-Tudo pra você é abuso, é exploração! Quero ver com esse Romeu, vou dar muita risada!

Eu também quero dar muita risada com Romeu, até porque ele é uma graça né!

-É sério Iara, você já está ficando paranoica com isso de casamento, achando que todos são abusadores e exploradores!

Mas não é! Como explicar aos meus olhos se é isso que vejo todos os dias, mulheres sendo drenadas e exploradas pelo seu amor? Olha, o outro dia eu subia uma rua diferente, e passei na frente de um prédio, daqueles que a garagem fica do lado de fora e vi uma mulher tirando duas crianças do carro, carregando uma caixa e de repente escutei ''vai logo mulher!'' e ao levantar os olhos vi que o marido ou sei lá quem era, estava na escada, na porta do prédio, chamando a mulher e as crianças saíram correndo na direção dele.
Se era o marido ou namorado, porque não desceu dois degraus e ajudou a mulher com as crianças e a caixa? Isso não é exploração? Para mim é! E vejo isso todos os dias em cada canto, cada segundo, não sei, talvez possa ser uma conspiração mundial para me irritar, mas vejo em todos os lugares mulheres sendo exploradas sem dó.

-Meu marido não me explora, ele só reclama!

Mas é isso que eu digo todos os dias, exploração não é só o chicote no lombo, também é a exploração energética, a pessoa que fica nos puxando o tempo inteiro, alterando nossa energia, nos tirando do nosso centro. 
Fica uma semana sem teu marido por perto, você vai sair levitando!
E já te falei mil vezes, quer cuidar de alguém, adote um cachorro, não pegue homem para criar! Teu marido é neném!

-Você vê como é o mundo! O pior é que ele gosta muito de você, sempre te defende!

Eu também gosto dele! Acho ele engraçado, divertido e muito, muito culto, como amigo ele é maravilhoso, mas como marido me parece um porre! Sempre te enchendo o saco! E eu só falo isso, marido é uma coisa, neném adotado é outra!
Mania de mulheres de adotarem filhos marmanjos das outras! Já fiz isso, já adotei um marmanjo, um neném e também passava o dia inteiro atrás dele tentando solucionar os problemas que ele via. Levei muito tempo para perceber que estava sendo manipulada e que as reclamações dele eram apenas gritos exigindo colo e não fazia diferença nenhuma o que eu dizia ou deixava de dizer. E do jeito dele, reclamando, sempre conseguia tudo como ele queria. Não é engraçado isso? Eles não reclamam da mulher, reclamam da situação, a mulher vai lá e faz o que ele quer! 

-Vai morrer solteira se ficar esperando o homem perfeito! Faz as contas! Meu marido reclama, é verdade, mas é boa pessoa, responsável, me trata bem, respeita minha família e me incentiva no trabalho, vou largar tudo isso só porque ele reclama?

Não! Esse é o ponto! Todo mundo reclama, não é esse o problema, a questão é quando essa reclamação é apenas um jogo de manipulação, uma maneira de manter a mulher por perto fazendo o que eles querem e mantendo a situação do jeito que eles decidem. Isso é vampirismo, eles puxam a tua energia, você escuta ele reclamar e tem que pensar em uma solução, caramba, isso é tua energia, teu tempo, você se desgasta, ninguém aguenta passar o dia escutando reclamações e tendo que ter ideias para solucionar todos esses problemas! 
Casamento é uma troca de energias, ninguém consegue ser a base do casamento a vida inteira, enquanto o outro fica só sugando!
E já não vou dizer mais nada, minha obrigação como amiga é alertar uma vez, depois já não é meu problema. E sei bem como são esses bebês sem colo, conheço desde criança esse tipo de homem, eles cansam qualquer mulher, parece amor, mas é só um homem drenando uma mulher.


Iara De Dupont

2 comentários:

Mônica disse...

Nossa, Iara! Como adoraria ter por perto uma amiga como você! Seus sábios conselhos teria me ajudado evitar muitos sofrimentos... Realmente é muito difícil para algumas mulheres detectar a "sutileza" das manipulações, até porque romeu faz isso com tanta "maestria" que para algumas desavisadas parece até "fofo". O homem sabe utilizar várias ferramentas para obter um mesmo e único objetivo, e não é só nos relacionamentos afetivos que isto acontece, mas também, nas relações de trabalho, familiares e até de amizades...utilizam "instrumentos" como a falsa fragilidade ou doença, as ameaças, as reclamações, o silêncio forçado...tudo com uma singular finalidade: ter a mulher para seus caprichos ...

Vagner Maciel disse...

Texto muito legal,como de costume. Um bom livro para quem quiser se aprofundar no assinto e conhecer os extremos desse comportamento é "Codependência nunca mais"de Melody Beattie.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...