ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

09 março 2016

Todos os homens são machistas


Quando comecei a trabalhar em uma emissora de notícias tinha um produtor no programa que não gostava de mim, nem dizia meu nome, se referia a minha pessoa como ''essa daí''.

Em uma reunião diante de todos, no começo do projeto falou, ''Eu não gosto do trabalho dessa (eu) e assim que puder vou rolar a cabeça dela''.

Todo mundo sabia e naquela época eu estava começando a acordar para a vida, então não me pareceu inteligente enfrentá-lo, a posição dele era melhor do que a minha e frequentava as mesas da diretoria.

Fiquei na quieta, nunca disse nada, mas no fundo sempre o respeitei. Jamais falei de maneira negativa sobre ele, respeito profundamente quem não gosta de mim e assume isso, sem fingir.

Trabalhei ao lado dele dois anos, sem nenhum incidente. Eu não tinha nada contra ele, mas como sabia que ele não me queria lá dentro, aprendi a não gostar dele. Mesmo assim não houve nenhum problema entre nós.

Depois desse tempo ele foi promovido e saiu do programa, colocaram outro em seu lugar. Esse rapaz que entrou era lindo, jovem, bem preparado, e vinha indicado pela direção. Depois de uns dias fiquei sabendo que ele não gostava do meu trabalho e estava procurando alguma coisa para me tirar dali.

Era um programa sobre notícias e eu cobria a parte de notícias sobre fantasmas e histórias misteriosas, ele odiava isso, dizia que o programa tinha que ter uma linha definida, séria e minhas ''palhaçadas'' queimavam o trabalho de todos.

Mas o azar dele é que minhas palhaçadas funcionavam e todos gostavam, mesmo assim esse produtor começou a me perseguir, barrava as ideias, editava o material, riscava meus roteiros.

Um dia perguntei a ele, de maneira direta e clara, qual era o seu problema comigo? Ele queria que eu saísse do programa ou mudasse os assuntos explorados?

Ele sorriu e disse que tinha simpatia por mim e pelo meu trabalho, jamais pensou em me tirar do programa.

Peguei um ódio profundo pela hipocrisia dele, que circulava pelos corredores dizendo que eu era ''ótima'', mas apertava a diretoria para me tirar.

Foi questão de tempo, não tinha como sobreviver ali e perdi o emprego. Dias depois voltei para pegar um pagamento e descobri que não poderia nem subir ao RH, porque o produtor tinha bloqueado minha senha. 
Liguei para ele, que desceu com meu cheque, sorriu ao me ver e disse:

-Sabe Iarinha, eu não tenho nem trinta anos, mas sempre foi assim, o que eu quero eu consigo e desde que entrei aqui pensei ''essa ridícula vai rodar''.

Pois é!

Eu já estava um pouco blindada, na minha família tenho pessoas que aprontam e todos pensam que são santos.

E muita gente sonha com um mundo cheio de amor e bondade, meu único sonho é que os filhos da puta assumissem que são filhos da puta, isso me parece que melhoraria muito o planeta, pelo menos estaríamos avisados.

E dizem que a coisa não poderia piorar, mas piorou, agora se estendeu, não é mais o filho da puta, é o machista não assumido.

Cada dia que passa me encho mais de raiva e ódio com esse tipo que brota dos esgotos urbanos.

Tenho um amigo que cresceu em um ambiente parecido ao meu, machista. Sei por conclusão que ele é fruto dessa cultura, desse ar que respirou, ele é machista.

É isso que alguns não entendem, o poder e a influência do ambiente em que crescemos, ninguém consegue escapar tão fácil do que aprendeu e viu desde criança.

E faço contas me usando como parâmetro, eu sou feminista, estudo todos os dias e ainda escorrego no machismo que me foi ensinado, é uma luta constante dentro de mim para me livrar de todo o lixo que me obrigaram a engolir, então imagine um homem que aprendeu as mesmas besteiras do que eu, conhece pouco do feminismo e é homem, ou seja, pertence a um gênero que não sabe o que é ter medo de andar na rua.

É lógico que o homem vai ser machista, foi educado assim.

Mas esses machistas que não assumem que são machistas estão me tirando do sério.

Prefiro inimigo declarado do que amigo falso, respeito mil vezes mais o homem que é machista e assume, do que o homem que finge não ser, mas é o pior que todos.

E meu amigo, bom, agora ex-amigo, já fez muitos comentários machistas e eu relevei, cansada não quis entrar em discussões, mas há duas semanas estávamos conversando sobre diferentes coisas e ele disse:

-Fulana está dando em cima de mim, vou mandar umas fotos para ela fazer bastante nojeira!

Que tipo de nojeira?

-Imagina! 

Não, não tô imaginando......

-Aquelas nojeiras que vocês fazem quando estão sem homem.......

Jogar bolacha, calda em sorvete e comer?

-Não, quando estão desesperadas e se masturbam!

Ah.

Então não deu, não consegui resistir. Voltei a fita com ele e quis saber primeiro porque a masturbação feminina é chamada de ''nojeira'. E por que os homens pensam que as mulheres só se masturbam na suposta falta deles? Enfim, a conversa se estendeu, eu tentei ser gentil e falar de maneira didática, porque sei que não podemos sair dando tapas nas pessoas.

Ele não argumentou nem disse nada.

O assunto mudou e acabou em outra coisa, depois disso não o vi mais.

E ontem encontrei um amigo em comum e perguntei pelo fulano, faz tempo que não nos falamos e somos amigos há anos, e meu amigo respondeu:

-Putz, ele não quer te ver nem em pintura. Ficou puto porque disse que você foi mal educada e grossa, que o chamou de machista, logo ele que sempre joga pilha no feminismo e acredita na causa.

Mas ele foi machista!

-Há divergências, ele apenas fez uma brincadeira!

Mas foi machista! E foi ignorante, sério, ainda existem homens no mundo, em pleno século XXI que consideram a masturbação feminina como uma nojeira? E essa conversa de que iria mandar uma foto para ela? Nossa, mas quem é ele?

-Bom, ele não é machista e diz que você o atacou e não tem mais conversa!

Poxa, que pena, se ele assumisse que é machista até dava para continuar a amizade, que homem ao meu redor não é machista? Não tenho nenhum amigo sueco! Por que não assumir o que é e alegar que está em processo de conhecimento sobre a causa, tentando não ser machista? O que não entendo é a necessidade de manter a mentira, sair dizendo que não é machista, quando na verdade é!

Caramba, assume que é fruto de uma cultura, não tem como não ser machista!

Não existe homem feminista porque eles não são acossados todos os dias nem sentem na pele o que todas nós, mulheres, sentimos, então qualquer feminismo deles é coisa de segundos, não vai além.

Com frequência eu me canso desse assunto, o feminismo. É tanta tragédia, tanta notícia ruim, que às vezes eu acordo e penso ''hoje não vou ler nada, dane-se'', penso em colocar meus pensamentos em outra área e me distrair. Mas então eu tenho que sair de casa e o que acontece? Sou obrigada a atravessar a rua duas vezes, por três bares que existem e vivem lotados de vagabundos. É nessa hora, mesmo sem querer, que o machismo aparece na minha vida e começa tudo de novo, ou seja, eu não tenho como fugir do machismo que me cerca, por isso sou constantemente uma feminista, porque não tenho folga o dia inteiro.

E um homem? A que horas do dia ele sente a opressão do sistema pelo seu gênero? NUNCA.

Sendo assim, se dizer ''feminista'' é uma farsa. E nem precisa ir tão longe, dizer que ''não é machista'' é uma mentira, todos são machistas.

Já tive um amigo que me confessou que aprendeu muito comigo e mudou seu vocabulário, mas continua pensando as mesmas besteiras.

É bem isso. Todos estamos debaixo de um manto machista, mas nós, mulheres, somos lembradas disso o tempo inteiro, o que nos obriga a reagir, os homens não.

Homens não percam seu tempo dizendo que não são machistas, porque isso é matematicamente impossível, uma conta que não fecha. São machistas sim e assumam logo essa merda, para poder mudar.

Não são machistas por quê? Lavam a louça do jantar? Deixam sua mulher trabalhar fora? Ajudam com as contas? Não regulam a saia? 
Pelo amor de Deus, tudo isso é um clichê barato que homens usam e algumas mulheres acreditam.

Não adianta fazer dengo e dizer que não é mais meu amigo, não faz diferença para mim, eu prefiro amigos que assumem o que são, não gente que esconde algo que não se pode esconder.

E para mim todos os discursos masculinos são iguais, escuto todos na mesma vibração, machista, não machista, feminista, não feminista, para mim todos dizem a mesma coisa: nós, homens, estamos aqui para explorar vocês, mulheres.


Iara De Dupont

7 comentários:

C.Belo disse...

Olha, eu tb fico possessa com esse tipo de falsidade. Admiro muito pessoas que evitam falar sobre determinado tipo de assunto que não dominam, ou q sabem que possuem pensamento diferente e evitam treta. Melhor assim, ao menos não submetem quem está à volta a toda aquele bostejo. Quem dera todos fossem assim!

Vagner Maciel disse...

Deve se ter uma postura semelhante ao A.A.: "sou doente, reconheço e busco tratamento." Qualquer coisa fora disso é hipocrisia é alimento para o machismo.

Mônica disse...

Como sempre você mandando super bem nos Posts! Você tem toda razão TODOS são machistas, o que muda é que uns são muito mais e outros um pouquinho menos... a coisa é tão bizarra que um colega falou que o pai dele está preocupado, pois ele precisa "conseguir" uma "esposa" para cuidar dele, se ele não conseguir ninguém terá que pagar alguém para cuidar (este colega tem transtorno bipolar, apesar de tentar "bancar" de "bom partido"). Caramba, quer dizer que mulher serve para "cuidar" da casa, do marido doente, dos filhos... e quem se preocupa em cuidar dela, dar prazer a ela? Acho engraçado a visão dos homens em relação ao relacionamento afetivo, a gente no final das contas sempre tem que sair perdendo (na visão deles)...lamentável

Patricia Gabriel disse...

a masturbação é uma grande arma nossa!Tem homem que até gosta de ver ;que cara fresco hein,como assim,nojeira?!?

francamente,amigo assim não faz falta.

Anônimo disse...

Todos são machistas e os declarados são os menos piores.
Gosto da verdade e ela seja dita:
Mulherada ta comprando a embalagem dos macho neo feministos, esquerdo macho e está se fodendo.
Na rua na frente dos outros o discurso é de Gregório duvivier para cima, em casa de com a mulher a sós é de Jair bolsonaro.
Quantas histórias aqui já não foram contadas?
E volto a dizer essa mulherada ainda "paga" para se relacionar com esses caras, é apê é viagem... Eu cheguei numa conclusão se homens são machistas e vai demorar eras para mudar, melhor é os machistas sem máscaras do que esse machista com trajes de bom moço. Cuidado gente!

Mônica disse...

O pior é saber que a grande maioria dos machistas foram criados e educados por nós, mulheres, pois ainda tem muitas mulheres que "dividem" os papéis como: isso é de mulher, isso é de homem... Muitas se esquecem que todos nós somos seres humanos e estamos aqui para ser feliz! Este é nosso papel, ser feliz!

Cristina disse...

Essas pessoas sinceramente acham que ser hipócritas os torna melhores do que seus alvos? Ou só gostam de pagar de gatinhos mesmo? Quanto ao machismo é isso aí, todo mundo é machista, até nós que estamos imersas no feminismo todo dia damos escorregões, temos posturas, atitudes e falas machistas. Admitir que é um machista em desconstrução não é vergonha nenhuma, vergonha é ser machista enrustido e ainda achar que tá fazendo um favor se enrustindo.

Quanto à masturbação feminina ser chamada de nojeira, bom, tem hominhos que são assim sabe, pra eles qualquer atividade sexual que faça a mulher gozar e não envolva uma piroca é nojento - inclusive fazer sexo oral na mulher. Depois não sabe porque nunca consegue transar...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...