ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

16 janeiro 2016

Coração no estômago


Nunca sabemos o que as pessoas são capazes de dizer quando são honestas e resolvem colocar as cartas na mesa. Eu berro, peço, imploro e choro por honestidade, mas algumas vezes é como um tapa na cara, não sei como reagir.

Um amigo me perguntou:

-Ainda chateada com o Romeu?

É.

-E vai fazer o quê?

Nada, já conversamos, está tudo bem, ele me deseja o melhor e eu também, mas poxa, eu fico pensando no meu canto sabe? Nossa, gosto tanto dele! Tantas coisas boas poderiam ter acontecido!

-Como você jurando amor eterno, se derretendo toda por ele e tal?

Ah, bem mais do que isso! Mil vidas para amar esse Romeu! Depois de tanto tempo acho que daria valor a cada segundo com ele. Me pego fantasiando, caramba, se eu pudesse beijá-lo de novo! Te juro que nunca mais ele iria se esquecer disso! Se eu tivesse uma noite com ele, misericórdia viu........

-Mas o cara não quis.....

Pois é, essa é a parte louca da história! Como é que pode? Não sou uma estranha, fui alguém que ele amou e foi amado por mim. Ele faz referências muito mais românticas do que eu ao nosso passado, eu falo ''namoro'', ele estica as frases, o outro dia no telefone me disse ''você, eu, o que nós vivemos foi incrível e sou grato pela vida ter te trazido de volta, isso me faz bem''. Pode ser mais fofo? Tá bom que depois emendou um ''agora estamos em planetas diferentes e vidas diferentes, já vivemos o que tínhamos que viver''.
Não consigo entender, estamos em um mundo tão maluco, frio, distante do que sentimos, agindo como robots, e de repente uma ex-namorada atravessa teu caminho, ou melhor, você procurou por ela, e fica claro que ela ainda te ama e você dá as costas? Sério mesmo? Quantas oportunidades de amor como está ele vai ter? E digo, quem vai amá-lo de maneira mais pura do que eu? E falo isso porque amei o menino, o garoto, não conheci o homem, os dois éramos iguais de ingênuos e transparentes, não era um amor malicioso nem de conveniência, e eu apareço na vida dele disposta a tudo e ele não quer?

-Ele já disse que vocês não vão voltar, não entendo porque você ainda pensa nisso.

Porque nunca me disse a que veio! Muito fácil aparecer na vida da ex-namorada assim, bagunçar tudo e sumir. 

-E você ainda vai sofrer muito com essa história?

Não estou sofrendo, estou indignada e surpresa! Poxa, cheguei em um ponto da minha vida que tenho algumas coisas claras, se esse Romeu topasse, nossa, eu caía pra dentro! E não é qualquer coisa, é a melhor parte de mim que eu ofereço, o amor puro que guardei, que  ficou ali. 
Vida estranha! Como é possível alguém rejeitar um amor assim? Não é normal!

-É, como é que pode? Aparece uma mulher como você dizendo ao homem ''olha, eu te amo, sou louca por você e vamos que vamos'' e o cara não aceita. Vida doida mesmo, como é que pode alguém rejeitar um amor tão intenso, tão real?

É isso que eu falo! O mundo está uma merda e é tão difícil achar alguém que nos aceite, nos ame e ainda sai dando chute na sorte? Por isso o mundo não evolui, por gente como Romeu, que acha que um amor como o meu cai do céu. Ele é cego, tapado, lacrado, alienado, sei lá, não entende como as coisas funcionam e a sorte que tem na sua vida, onde existe uma mulher como eu.

-Mas ele não tem o direito de não gostar mais de você?

Esse é outro ponto, ele nunca disse isso e sua voz mostra outro tom, não parece assim tão distante e frio e olha minha lógica, o cara está bem em todos os aspectos da sua vida, não precisa de mim, então por que procurou? Né! 

-Curiosidade?

Não! Homem não tem essas coisas, o máximo que faz é dar uma geral no Google, mas não entra em contato se não tem alguma coisa em mente. Eu continuo sem acreditar, pensei que era melhor pessoa, poxa, tanto amor e ele não quer? Besta!
Como um ser humano pode ser assim? Não deveríamos estar sempre abertos ao amor de pessoas que um dia foram alguém na nossa vida? Não teve briga com esse Romeu, nem falta de respeito, não existe sentimento ruim entre nós e agora que eu virei esse mar de amor ele não quer!

-Tua conclusão é que ele é um  tapado, que não percebe todo esse amor e se percebe não quer. É?

É. E me choca isso no atual estágio da humanidade, se eu fosse ele me jogava nos meus braços, imagina que maravilhoso você se jogar nos braços de alguém que te amou há anos, ainda te ama e conheceu tua melhor parte. Porque naquela época nós não fingíamos, eramos bobos demais para isso, não tínhamos estofo nem conteúdo para ir além da nossa bobeira, eu gostava dele e ele de mim, assim de simples, sem esses jogos adultos sabe? Sem esse vinagre, açúcar, mel, sal, todos os temperos que jogamos para facilitar nossa vida amorosa. Caramba! Eu queria estar no lugar dele, ver uma pessoa que me amou loucamente voltar e dizer que ainda me ama e eu ainda tenho uma queda por essa pessoa! Amor assim a gente não recusa, porque tem um passado, uma história.

-Há quanto tempo eu e você somos amigos?

Não sei, acho que seis, sete anos....

-E se eu te falasse agora que somos amigos, mas poderíamos ser outra coisa? 

Tipo o que?

-Namorados. 

Nem brinca com essas coisas, não começa a me sacanear com essa história do Romeu.

-Não é sacanagem. Você está na minha frente dizendo que Romeu é um tapado porque recusou teu amor e quem recusa amor neste mundo maldito? Eu te conheço, sempre gostei de você e te ofereço meu amor neste mundo louco, também sou um mar de amor, também poderia te dar a eternidade. 

Ah, mas eu gosto de Romeu.....

-Porque são iguais. Ele está lá e não quer teu mar de amor, eu estou aqui e você não quer meu mar de amor, assim vou concluir que você e Romeu são iguais de fechados para o amor, por isso talvez ainda se sintam tão atraídos um pelo outro.

É tudo brincadeira né? 

-Não, mas resolvi falar agora, talvez não tivesse dito antes. Talvez fui movido pela suposta irmandade que existe entre os homens, estou te escutando falar mal de Romeu e da sua negativa diante do amor e aproveitei para te dizer a minha posição, você está criticando o rapaz por uma coisa que você também não está disposta a aceitar.

Mas não é a mesma coisa, eu namorei Romeu, tive uma história com ele, poxa, você é meu amigo......

-Pois é, para você ver como são as coisas.

E depois disso a conversa se desviou, com aquele bloco de gelo no meio da mesa, mas acabou ali a noite.

E eu vinha caminhando e pensando nisso, poxa, por que a vida é assim tão complicada? Porque não amamos quem nos ama e pronto? Pra quê tanta volta? Eu adoro meu amigo, minha vida seria boa com ele ao meu lado, mas não sinto nada por ele como homem, por quê isso?

Ah, não sou eu, é a vida, o universo. Não tinha nem lua hoje no céu, apenas uma chuva leve. 

Contei para minha mãe o que tinha acontecido e ela adorou, gosta do meu amigo e acha que é uma ótima solução para que eu seja feliz e ele também. Mas não posso fazer isso, é ir contra minha natureza, eu sou de fios, só consigo fazer o que me mexe por dentro e e amar a quem move os fios que eu desconheço.

E não fiz o mundo nem as pessoas, sabe Deus porque não podemos simplificar a vida e gostar de quem gosta de nós. 
Parece masoquismo não gostar de quem gosta de nós, mas no meu caso eu diria que é uma coisa de estômago, mexe nas minhas entranhas. Cada vez que vejo uma mensagem do Romeu, não preciso nem abrir, meu estômago congela. No dia que ele me avisou que iria me ligar, passei o dia inteiro com dor de barriga. E meu amigo, com aqueles lindos olhos acaramelados, olhei fixamente quando me disse que gostava de mim, acho que no fundo eu sentia alguma coisa e torci para que minha alma reagisse, mas quando ele disse tudo aquilo nada se mexeu dentro do meu estômago.

Corri para contar tudo a uma amiga, que abriu uma garrafa de guaraná e disse:

-Vamos brindar que Romeu subiu no telhado! Fulano é lindo, ótimo amigo e vai ser um excelente namorado!

Não, não vai ser nada, continuamos na amizade.

-Então vou colocar chumbinho no guaraná e você bebe! Porque me recuso a acreditar que você vai dispensar fulano para ficar pensando em um Romeu que já te deu um pé na bunda.

Não estou dispensando fulano, tudo bem que ele me pegou desprevenida e assim é sacanagem né? Mas não é isso que conta, o que acontece é o seguinte: ele não mexe comigo e não vou abrir mão disso, só quero saber de homens que  mexam comigo, daqueles que só de pensar em ver meu estômago já fica nervoso.

-Quantos anos você tem? Isso é coisa de adolescente!

Faz tempo que tomei essa decisão e Romeu só reforçou a ideia. Cansei de muitas coisas e para viver em sociedade aceitei as regras, sou mais hipócrita do que gostaria, mais mentirosa o que pensei, mais cínica do que antes e falsa, posso ser bem falsa o tempo inteiro! É lixo demais para uma pessoa, mas são as regras certo? Então tá, mantenho a temperatura amena, mesmo quando quero mandar à merda, me seguro para não dizer nada e ainda consigo sorrir e pagar meus impostos. Tudo é morno, falso, mas me mexo com naturalidade, fui batizada católica e esse verniz hipócrita já estava incluído na água da pia batismal. 

Mas esse é meu limite. Na minha vida íntima não cruzo minha linha, não quero saber de homem que eu ''gosto'', não tenho essa fibra que se precisa quando apenas ''gostamos''. Para mim se está na minha vida é porque amo e amo loucamente, por mais que esse pensamento seja criticado pela psicologia. Gosto do frio na barriga, da vontade de beijar e da intensidade que sinto. Sempre fui visceral no amor, de outro jeito morro de tédio e falta de tesão. Me recuso a namorar alguém que eu ''goste'', eu tenho que chegar amando. Não consigo forçar vontade de nada, principalmente na cama, não bato ponto ali, se for pra cair matando no sexo vai ser com alguém que mexe com todos meus sentidos, caso contrário até tirar a roupa me dá preguiça!
E não falo de viver para ''sempre'' nessa emoção intensa, porque tudo muda, mas caramba, se não sinto isso no começo, vou sentir quando?

-E você não pode começar a namorar e ver aonde vai dar? De repente aparece esse encantamento!

Comigo não rola assim! Gosto desde o primeiro segundo ou não vou gostar nunca mais. Nunca tive essa sensação de ''amanhã'', se bati o olho a resposta vem na hora, não lembro de ninguém ter me surpreendido depois.

-Você deve ter o coração no estômago, uma vez disseram isso para minha irmã, que todas suas emoções estavam ali, para bem ou para mal. Se ela não sentia na boca do estômago, passava indiferente. Deve ser isso.

Acho que é! Gostei da teoria, talvez está tudo junto, meu amor pela comida, pelos Romeus, pelas emoções intensas e minhas náuseas diante deste mundo doente! E pelo pouco que me conheço penso que não existe melhor lugar no meu corpo para guardar meu coração do que no estômago, pelo menos está bem acompanhado.


Iara De Dupont

4 comentários:

C.Belo disse...

Eu tenho uma opinião parecida com a da sua amiga, acredito q essa sensação das "borboletas no estômago" seja algo juvenil demais e q geralmente denota uma imaturidade amorosa. O q não deveria ser seu caso, já q VC teve experiência o bastante para saber q esses amores de virar o estômago são lindos mas não têm a menor chance de durar uma vida. A menos q VC reconheça que, talvez, não seja isso q VC quer pra sua vida, uma pequena brasa q dura firme e forte até se apagar por completo no dia da morte. É OK querer viver ardendo em grandes labaredas. O q não é legal é sofrer tanto quando elas se apagam, na verdade não é legal não pq VC não tenha esse direito, mas pq, além de obviamente não ser bom pra vc, as pessoas q gostam ficam mal por não poderem fazer nada.

Andrea disse...

Eu acho que só fui entender essa coisa de gostar de X e não de Y depois do feminismo. ODEIO admitir, mas cheguei a acreditar em friendzone e até em livro eu me indignava quando a personagem preferia o bad boy ao amigo fofo que sempre estava ali. Primeiro que o conceito de friendzone é a maior babaquice e, segundo, a gente gosta de quem gosta (ou desgosta de quem desgosta) e nem sempre conseguimos fazer algo a respeito.

Foi eu quem comentou sobre você concentrar suas forças demais nos Romeus num post passada e confesso que, de vez em quando, tenho vontade de ser sua amiga só pra te sacudir e dizer IARA VOCÊ É MARAVILHOSA SAI DESSA MIGA, mas no fundo no fundo, eu entendo seu lado. Gostar de alguém e sentir que esse alguém também gosta da gente, mas a vida aconteceu no meio e bagunçou tudo é pra deixar muita gente desconcertada.

Acho que pra quem te lê, parece desperdício gastar tanta energia em alguém que aparentemente não tá está na mesma vibe que você, mas o que nós sabemos, não é mesmo? Esse pode ser o jeito dele, pode ter mais coisa na história que não conhecemos, pode ser N motivos.

Mas uma coisa eu penso como você: também não me envolvo com alguém se a pessoa não mexe comigo. Eu não acredito que o amor aconteça sem nenhum sinal antes. Acredito sim que ele possa amadurecer, mas ficar com alguém esperando que a chama acenda (ainda se usa essa expressão? hahaha) é desrespeito com você e a outra pessoa.

Cristina disse...

Desencontros são tristes e dolorosos, mas fazem parte da vida e temos que viver com eles. São mais normais que os encontros, inclusive, desencontros são fáceis e encontros são difíceis. Quando um não quer não há encontro, essa é a verdade, e cada um sabe qual o encontro que quer. Mas o encontro sempre vai depender do outro enquanto o desencontro só exige um... e isso é algo que nunca vai mudar.

Suzana Neves disse...

De acordo com essa teoria ficaria sozinha porque esse fogo de sentimentos em mim dura pouco tempo com qualquer pessoa o que mantêm meu relacionamento é a amizade e cumplicidade.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...