ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

27 dezembro 2015

Teoria masculina sobre as ligações no fim do ano



Você está lá, tranquila, tomando um sorvete, quando um amigo levanta uma hipótese que você nem tinha pensado. E aquilo atravessa como uma espada gelada no meio da sala, pode ser possível uma coisa dessas? Pode.

Meu amigo me pergunta:

-No que deu aquela ligação ao Romeu?

Deu em nada. Liguei antes do Natal, bêbada, disse que amava e ele respondeu que não podia falar, mas me desejava feliz ano novo. Eu levei como um fora e ficou nisso, só vou sentir falta dele até o dia 31 de dezembro, depois bola para frente e não se fala mais nesse Romeu, vou fazer a fila andar.

-Não podia falar por que?

Estava viajando.

-Está onde?

Na praia, com os amigos, na farra total.

-É, você realmente levou um  fora.

Sei disso.

-Porque olha, poderia ser diferente, mas se ele não te ligou da praia, esquece, nem lembra que você existe.

Ele não tinha porque me ligar da praia, nem sei se está com a namorada, mas não me devia essa ligação, nem nada.

-Mas se ele gostasse teria ligado.

Por que?

-Porque o fim do ano é para isso, para fazer bastante merda, estamos todos sentimentais, tudo é desenhado para nos deixar frágeis e procurando o espírito natalino em todos os lugares! E agora todos temos telefones celulares ligados a internet, estamos à mercê de fazer besteria o dia inteiro. Se ele gostasse de você e estivesse no seu ambiente, em casa, pensaria duas vezes, vocês moram em países diferentes, tudo iria pesar contra. Mas se ele pega um porre na praia, vai ter um momento de ''descida'' como todo mundo, então pega o celular e começa a fazer um estrago geral, ligar e dizer que ama. Se ele não te ligou bêbado, esquece, ele não gosta de você, porque só bêbado a gente tem coragem de dizer as coisas, olha teu caso, precisou beber saquê para dizer que amava. Mulher tem que entender isso, ou o cara diz sóbrio que ama e eu não confiaria, ou o homem fica bêbado e fala tudo.

Deve ter um fundo de verdade porque uma vez aconteceu isso comigo. Eu namorei um Romeu, fiquei maluca com ele, mas não deu certo, viramos amigos, depois ele se casou e teve filhos. Um dia ele me ligou porque tinha ingressos para ir a um lugar e sua esposa não podia, acabei indo com ele, que por algum motivo bebeu todas. Levei ele para a casa, eu tentava fazer ele se apoiar em mim, porque ele não podia caminhar e de repente ele disse ''você sabe que não certo entre nós, mas eu te amo, você sempre vai contar comigo, principalmente no sexo, se você um dia estiver sozinha e carente, me liga, eu sempre gostei de transar com você''.
E eu respondi ''para de falar merda'' e ele falou ''olha, eu amo a minha mulher, mas se não tivesse me casado com ela teria voltado com você, porque vocês duas são as únicas mulheres que eu amei até hoje, vamos nos mudar para Dubai e todo mundo se casa!''.
Ele estava totalmente bêbado, mas eu nunca o tinha escutado dizer nada sobre o assunto ou seus sentimentos em relação a mim. Depois disso ele nunca mais disse nada, não tinha dito nem antes.

-Tá vendo? Com bebida homem entrega o jogo, por isso te digo, se Romeu está fora de casa, em um ambiente diferente, cheio de distrações, bebendo muito e não corre as duas da manhã para te ligar e dizer que te ama, é porque não te ama. Ele bebe muito?

Não sei agora, mas é farrista e sei que bebe, mas não sei o quanto.

-Então já era, sempre aviso minhas amigas, se o homem não ligar de madrugada falando merda é porque não lembrou de você e se não o o fez é porque não gosta.

Não é meio radical essa ideia? E se o cara não beber?

-Em algum ponto todos vamos nos quebrar, olha só você, não bebe e acabou envolvida no saquê, ligando e dizendo merda, por que fez isso? Porque gosta!

Mas acho que ele está com a namorada....

-E daí? Você acha que isso segura homem de fazer o que quer? Se ele tiver vontade de falar com você vai ligar, nem que seja enquanto ela está no chuveiro...pelo amor de Deus, Iara, homem não presta em nenhuma circunstância......

Não vou chorar lágrimas de sangue por essa história e já tive uma ligação dessas, mas foi tão confusa. É tão estranho, porque foi na mesma época desse Romeu, na escola que estávamos tinha um garoto que era meu amigo, eu gostava dele, mas para mim ninguém se comparava ao Romeu. Um dia minha mãe me acordou as duas da manhã, dizendo que tinha uma ligação para mim. Não existiam celulares naquela época, a pessoa tinha que ir a um telefone e passar a vergonha de ligar para a casa da garota e pedir aos pais para falar com ela. Eu peguei o telefone e o rapaz disse ''sou fulano, lá da escola e te acho linda'', fazia muito barulho, ele parecia estar em uma danceteria, enfim, ficou uns minutos dizendo que gostava de mim e desligou.
Na segunda-feira passou reto por mim na escola, nunca disse nada.

-Tô te falando, esquece Romeu, se ele não ligar bêbado antes do fim do ano, já era, só a bebida te traz a mente quem você ama em um momento mais tenso. Ou você acha que ele vai ligar depois e dizer o quê?

Ele é o homem mais educado que já conheci, super correto, tenho certeza que vai ligar, mas vai ser uma ligação burocrática, naquela base de ''olha, adorei teu recado, mas tenho namorada, enfim, te desejo o melhor e espero que você encontre alguém que te ame muito, porque você é uma garota muito legal, fica com Deus''.
Já sei de cor o texto dos foras que levo.

-Vai responder?

Não, burocracia não respondo nunca, porque é como um carimbo, não tem nada para dizer depois disso. E pensando bem, não tem graça, você tem razão, legal seria ele ligar super bêbado, dizendo que nunca me esqueceu, nossa, eu iria ao céu, porque saberia que está dizendo a verdade, mas uma ligação burocrática para lavar as mãos é broxante. 
Sou totalmente contra bebida, mas nesse caso me parece até romântico!
Poxa, mas pra quê as pessoas precisam de bebida para dizer o que sentem?

-Ninguém precisa de bebida para isso, não é uma situação normal, a bebida só funciona para situações que não se definem sozinhas e de uma maneira ou de outra, não tem solução. Se você está com a mulher que ama, e ele te ama, você não precisa beber para dizer isso, mas se está enrolado com uma e de repente aparece a ex e você sente alguma coisa, enfim, são nesses momentos que você sabe que não vai mudar nada, mas precisa falar aquilo, aí você bebe e se libera, tudo vem à tona. 
Quando eu saio para beber, você sabe, só vou com meus amigos e eles confiscam meu celular, porque se passo do ponto acabo ligando para a Celina e dizendo que ainda a amo.

Ainda? 

-É, mas só lembro disso quando bebo e começo a sentir falta dela. Por isso te falo, se esse cara te ligar antes do fim do ano bêbado, pode confiar, é amor, mas se ele não ligar, esquece, você não mexe mais com ele.

Eu adoraria receber essa ligação, mas não sinto que vai rolar, porque também me causaria um conflito moral, caramba, não é covarde só dizer que me ama bêbado? Não gosto disso, quero ver ser homem (ai meu Deus, meu machismo no amor) e dizer na minha frente ''eu ainda gosto de você''. Ligar bêbado de outro país não tem glória, ele fica protegido pelo celular e sabe que no dia seguinte pode se desculpar e dizer que foi culpa do tequila. Dizer que me ama, mas precisou da bebida para isso não me deixa feliz, se quisesse me deixar louca ele que batesse na porta da minha casa, sóbrio.

-Você continua sem entender nada de homem né!

Não, por isso que eu gosto, porque não entendo nada, o dia que entender é fim de jogo.

-É a única ficha que te resta, porque só tem dois jeitos do homem dizer que ama, quando está com a mulher e sabe que é correspondido ou bêbado. Levando em conta toda a história de vocês, tua única chance é ele tomar um porre homérico no ano novo e te ligar, caso contrário, esquece.
Vocês confiam muito na ''fofice'' do homem, mas somos mais pré-históricos do que vocês querem aceitar, não agimos nunca da maneira que esperam porque somos primitivos. Você fica aí sonhando com uma ligação dele, toda meiga, cheio de flores e posso te falar? Nem sei se vai ser sincero, mas se ligar bêbado você pode apostar tua vida que a coisa ali é séria.
A regra é uma, o homem está na praia, no paraíso, com bebida e aquela brisa, é nesse momento que vai lembrar de sua Eva e se ela não estiver por perto, ele vai ligar. Se essa ligação não acontecer Iara, esquece, você pode até estar na mente dele, mas não está no coração, no instinto, na vontade louca de te ver, na vida, nos planos. Você não existe para ele.




Iara De Dupont

Um comentário:

Patricia Gabriel disse...

estranho isso,mas penso como você,se um cara tiver que beber muito ou pouco para criar coragem de se reportar a mim,eu acho que é um frouxo!Aliás,homem que bebe é o fim!...homem que farreia,também...!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...