ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

19 dezembro 2015

O que faz a roda girar


Gosto de teorias, tanto que coleciono. Tem gente que coleciona latas de refrigerante, eu coleciono teorias. E tenho minhas preferidas, gosto das mais absurdas e aparentemente sem sentido, mas cheias de verdades.

É só escutar uma e logo pergunto ''posso escrever no blog?''. Até hoje ninguém me negou isso.

Um amigo me ligou e disse ''vai lá, me conte tudo sobre esse Romeu que apareceu, desapareceu, e você perdeu o chão''.

Não! Chega de falar dele, já falei, escrevi, perturbei todo mundo e dei a história por encerrada, não posso lidar com a situação e ela estava lidando comigo, resolvi fechar a porta.

-Já sofreu o suficiente?

Depende da hora, em alguns momentos eu penso ''foda-se'' e de repente penso ''poxa''. Mas tudo bem, vai passar.

-Pois é, não tem pior sofrimento do que o que se sofre em vão. Pelo o que li era um movimento que parecia de dois e virou de um, por isso não adianta sofrer, você não pode saber o que aconteceu do lado dele, mas na hora que ele soltou a corda, acabou, não adianta chorar.

Eu nem sei se ele segurou a corda.....

-Digamos que sim, que ele te procurou sem saber bem o que queria e depois mudou de ideia. É só isso, não é tão complexo de entender e a explicação te tira da dor. Tenho uma teoria a respeito, pensa só, se todas as pessoas que se conhecem neste mundo e se apaixonam ou se reencontram, imagina se todas elas precisassem passar por todas essas questões do que foi dito, não dito, se ligou, não ligou, ninguém estaria com ninguém, porque é um processo chato. As pessoas ficam juntas porque as coisas acontecem, assim de simples.
Repara no que aconteceu, vocês namoraram há um século e se reencontraram quase vinte anos depois, e isso mexeu com você, te tirou do chão, mas se tivesse mexido com ele a situação teria sido resolvida de outro jeito. Você ficou no vácuo, aquele que ficamos quando a outra pessoa não está tão a fim como nós estamos. E não tem drama nisso, a vida é assim. Não sei a posição dele, não nego que possa ter gostado muito de você, que ainda goste, mas não o suficiente para fazer a história girar. Quando estamos na mesma sintonia da pessoa a vida coloca as coisas no lugar sem precisar de nós, se ele tivesse ficado tão a fim como você ficou, ele teria resolvido isso. E não adianta pensar ''ah, pode ter sido medo, ele tem namorada, moramos em países diferentes''. Na hora que o coração bate não existem argumentos, a gente pula, mesmo morrendo de medo, a vida te obriga a se mexer, não te dá paz, é isso que as pessoas não entendem e sofrem à toa, a vida resolve, o que tem que acontecer, vai acontecer, não precisa sofrer tanto, nem ficar se perguntando o que aconteceu.

Mas ainda penso, poxa, se ele está lá, com sua namorada, tranquilo, pra quê mexer no passado e me procurar?

-Você nunca vai saber os motivos dele e poderia se surpreender de ver que podem ser bobos. De repente estava ali no celular, deu a louca e te procurou. Não pensou nas consequências, nem se ia sentir alguma coisa, foi espontâneo, isso também faz parte, você não pode culpar ele de ter feito isso. 
Te aconselho a chorar bastante, se ainda dói, se desespere e depois que tudo terminar pense nisso, acabou, você é responsável pelo que sente e pela tua parte, se ele não quis, é direito dele. 
As pessoas sofreriam muito menos se entendessem que coisas tão importantes como relacionamentos não estão nas nossas mãos, elas chegam e acontecem na nossa vida, é um movimento de duas pessoas na mesma sintonia. Quando começa esse sofrimento de ''por que isso ou aquilo'', é porque um já foi embora, ou nunca esteve ali. Se os dois estão ali, a roda gira, caso contrário emperra.
É bem como aquela frase fofa do Facebook, ''só quero na minha vida quem quer estar nela''. É um fluxo, é um rio, ele vai sozinho, não precisamos querer nada, as pessoas chegam e algumas ficam, algumas vão embora.
Eu li os posts, entre vocês teve uma história mal resolvida, um desencontro, que ele insiste em dizer que foram dois e cordas que se soltaram. Tudo bem, isso aconteceu, mas não teve força o suficiente agora para ser resolvido e talvez nem tenha. Um dia você pode encontrar com ele e resolver não dizer nada, porque vai perceber que não faz mais sentido dizer alguma coisa, ou pode ser o contrário, de repente você diz o que sente e se liberta. Mas lide com este momento e agora não aconteceu nada, a história não girou. É melhor se libertar disso, mantém na mente o que foi bom no passado e esquece essa volta dele que só te atrapalhou.
E fica a lição aprendida, história é o que vivemos, não o que supomos. Se a história de vocês tivesse girado a roda você não teria nem atendido meu telefonema, estaria pendurada nele, beijando a noite inteira. Mas se não está, é porque não girou a roda. 
Sei que tem dor nisso e frustração, mas as coisas são assim, elas acontecem ou não. O dia que as coisas acontecerem com alguém na mesma sintonia você não vai  nem perceber, porque tudo ali se dá sozinho, sem precisar do teu verbo nem das minhas teorias. Quando a gente começa a falar muito, sofrer demais, bater a cabeça na parede, tudo isso indica que estamos tentando preencher o espaço do outro para que a roda gire, mas isso não vai acontecer. Ela gira sozinha e de maneira inesperada. Ela gira Iara, e você nem percebe, nem se pergunta porquê ele não ligou, e não precisa se perguntar nada, porque ele vai estar ali ao seu lado, girando a roda.

Iara De Dupont

2 comentários:

Erres Errantes disse...

Iara, tive poucas experiências românticas na vida, até porque estou num relacionamento há muitos anos. Mas tem uma coisa que eu aprendi: não bote fé em relações complicadas demais, em histórias intrincadas. Se o Romeu quisesse estar ao seu lado, ele estaria. Simples assim.

Rosa.

C.Belo disse...

Concordo. As coisas são simples, muitas vezes somos nós que complicamos. Algumas coisas ficarão sem respostas mesmo, temos q aceitar.

E concordo com o seu amigo, algumas coisas quando têm q acontecer, acontecem com ou sem nossa intervenção.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...