ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

22 março 2015

Você conhece seu Romeu?


A coisa que escuto com frequência de algumas amigas sobre Romeus é:


-Você não tem tido sorte! O meu marido (namorado, ficante, namorido) é ótimo. Tenho certeza que um dia você vai encontrar alguém legal!

Pois é. Eu respondo que analisar a realidade não é uma questão de sorte, mas de escolha.
Minha teoria é simples, não conhecemos ninguém até brigar com a pessoa, seja homem ou mulher. Não adianta argumentar pelas beiradas, a essência aparece apenas no sufoco e na raiva. Então sim podem dizer que sua Julieta ou seu Romeu é ótima pessoa, mas antes disso é precipitado e um pouco infantil.

Tive um Romeu incrível, não gostei muito de como terminou o namoro, mas ele sempre foi acessível para conversar, nunca foi grosseiro e até hoje é meu amigo. Também tive um Romeu que era um doce, meigo, fofo, mas quando tudo terminou começou a me perseguir e ameaçar, tive que apelar para seus conhecidos e parentes, em um jogo de humilhação que não esqueço, porque as pessoas me diziam ''olha, eu posso falar com ele, mas o que você fez para o deixar tão puto da vida?''. Meu caráter era julgado conforme a intensidade da violência dele, ou seja, eu que tinha provocado e tirado o pior dele. Minha sorte foi que a situação dele era mais delicada do que a minha, ele precisava que o pai confiasse nele e passasse o controle dos negócios, percebeu que eu não iria ficar calada diante de suas ameaças e recuou. Eu fingia que lidava bem com esses ataques, mas morria de medo, fechei meu apartamento e fui dormir na casa de uma amiga, mudei meus horários. Mas até hoje esse Romeu manda recados com um amiga, dizendo que sente saudades e na época da briga tomava remédios controlados. É mentira isso, ele nunca usou remédios durante o namoro, pelo contrário, era contra e bebia.
No algodão, no doce, ninguém conhece ninguém. Eu já me surpreendi até com pessoas que não conheço, tanto para bem como para mal. Conheci uma blogueira e ficamos amigas, como moramos pertos nos vimos várias vezes e sempre tive um carinho enorme por ela, tínhamos muitas coisas em comum. Em um momento meu Romeu me traiu e ela foi um ombro amigo, mas um dia estávamos comendo em um restaurante e eu trouxe à tona a conversa do Romeu, ainda estava magoada, chateada e no fundo gostava dele. Ela se irritou, falou um monte, perdeu o controle, de repente se levantou e foi embora. Nunca mais falou comigo, bloqueou o Facebook e eu me pergunto até hoje o que aconteceu, porque nunca entendi.

Pessoas são assim e eu não sou uma alienígena, também tive meus momentos e surtos com os outros, por isso acredito que todos somos iguais, na hora do ''esquenta'' mostramos quem somos.
Existem Romeus ótimos, mas não dá para saber na hora, só o tempo mostra quem é quem. E não sou contra relacionamentos nem Romeus, me atrevo a dizer que minha vida sem Romeus seria chata demais, me divirto muito com eles e acredito nas coisas boas.
Mas sou contra a visão de relacionamento que muitas mulheres têm, fruto de uma educação deturpada. Eu também fui educada para achar que nada seria mais importante na minha vida do que um bom casamento e um dia eu seria feliz, na verdade dois dias, o primeiro seria quando Romeu se ajoelhasse e me pedisse em casamento, e o outro quando eu entrasse linda e poderosa na igreja. Foi isso que me disseram e ainda escuto em todas as  novelas quando aparece uma noiva ''é o dia mais importante de sua vida''.

Pois é, para mim não é, por isso começou um confronto com o mundo que me cerca. E depois do casamento vi as Julietas se entregando por completo, absorvendo a vida de Romeu e neutralizando a sua, amando mais do que eram amadas, apoiando mais do que eram apoiadas.
Não acredito nesse tipo de relacionamento, sei que ninguém ama demais, isso é ensinado desde que somos pequenas, para amar os Romeus acima de tudo.

É apenas contra isso que vou, esse amor louco, socialmente direcionado e a maneira com a mulher se neutraliza. Hoje as mulheres mudaram um pouco o movimento, trocaram se neutralizar por ser uma presença onipresente, viraram a mulher maravilha, se esfolam vivas mas seu centro continua sendo Romeu, suas vontades, caprichos e necessidades.

Acredito no amor, nos relacionamentos, mas não às custas de quem sou e de toda minha energia. Me dizer que ainda não encontrei um homem que mereça tudo isso é desprezar o que sinto e desmerecer meus Romeus, porque alguns deles foram ótimos e mereciam o melhor de mim, mas não tudo.

E não podemos esquecer o mais importante, existe uma estrutura no mundo desenhada para ajudar, facilitar e incentivar os homens. Cada vez que uma mulher saí de um relacionamento ela vai sentir o peso da mão do patriarcado. Se o Romeu se revela violento, ela paga por isso, mas Romeu também pode se revelar o ''gatinho na chuva'', o coitado que foi largado pela mulher má, que tirava seu dinheiro, seu tempo.
Namorei um Romeu que estava terminando medicina, foi um péssimo namoro e não lembro de ninguém com pior caráter, até mereceu um post meu (link). Mas quando ele terminou fui eu que escutei de todo mundo, minhas tias surtaram, diziam que eu era atriz e tinha que pensar em um marido com uma carreira sólida, que bancasse minha loucura, e tem coisa melhor do que um marido médico? Não recebi apoio nem consolo, apenas críticas por ter sido uma mulher chata que deixou o namorado ir embora.

Quando um relacionamento termina, salvo alguns casos onde a violência é evidente, quase nunca a mulher recebe apoio, já escutei de algumas pessoas que são as mulheres que ''destroem'' as famílias quando resolvem ir embora. E não se dá a mulher o mesmo tempo do homem, ele pode sair de casa e ir morar com outra no mesmo dia, ninguém fala nada, mas se a mulher sai de um casamento e resolve namorar alguém meses depois, é porque não passa de uma vadia.

Muitas coisas têm mudado, a maioria das mulheres já assimila esses comentários e segue sua vida, até porque elas pagam suas contas. Mas o que não muda é a maneira intensa e totalitária na qual as mulheres amam, todas passam por esse processo de adorar Romeu acima do bem e do mal, que as impede de ver com quem estão lidando.

Eu também fiz isso durante décadas, mas aprendi que temos que ser flexíveis e entender que não sabemos tudo, estamos aqui no mundo também para aprender a gostar de maneira equilibrada, esse jeito louco e intenso derruba qualquer uma, emoções assim tão fortes nos deixam fracas e fáceis de manipular.
                                                                         
Dá para gostar, amar, respeitar, tudo com medida e devagar, dando tempo do outro mostrar quem é.
Pode se levar anos para dizer ''Romeu é incrível'' e horas depois mudar de ideia por algum acontecimento. 
Toda vez que me dizem que o amor é natural, que o ser humano nasce sabendo amar, me parece uma bobagem sem tamanho. Temos que ser educados até nisso, ninguém sabe a dose certa e cheios de ideias impostas acabamos fazendo besteira e amando demais quem não merece.

E quando se aproximam e me dizem ''você detona os Romeus, porque não conhece o meu! Ele é maravilhoso!''.

Eu sempre penso ''é? E você, conhece mesmo seu Romeu?''.

Iara De Dupont

       

2 comentários:

MARI disse...

Eu também dediquei tempo e dinheiro para um homem que não valia nada.
Deixei de lado os meus pais que me amam e sempre me apoiaram nos momentos ruins.
O cara é um canalha que com o passar do tempo foi progredindo no trabalho e tendo vários casos com as suas funcionarias.
Me tratou feito cão de rua e possou de vitima para os conhecidos.


Anônimo disse...

Conhecer eu conheco,mas dai a reconhecer os abusos emocionais disfarçados de carencia e injustice são outros quinhentos. Muitas vezes fechamos os olhos porque nao queremos reconhecer nossa fraqueza e demora em reagir. Fomos educadas para acharmos que forte é quem aguenta,hoje vejo que forte é quem dá um basta. Muitas vezes não é questão de não enxergar,é questão de não querer ver mesmo.

Anna

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...