ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

03 março 2015

Quando o passado se mistura com o presente (não sei lidar com isso)


Hoje quando abri meu Facebook tinha um pedido de amizade de um rapaz. Sem amigos em comum mandei uma mensagem, perguntando de onde nos conhecíamos. Ele respondeu que nos conhecemos em 2002, durante uma festa e nos falamos por um tempo no falecido ICQ. Não lembro dele, mas me surpreendeu que lembrasse de mim a ponto de me procurar no Facebook. E não posso nem dizer que foi um ''ficante'', nem isso, acho que foi uma conversa rápida.

Me pareceu um situação muito desconfortável porque me lembrou a fragilidade da minha situação. Eu venho aqui no blog, escrevo e de vez em quando sou obrigada a reconhecer, não sei quem passa por aqui e nem sempre isso me parece uma coisa boa.

Fiz um grupo de amizades, foram ao Facebook depois de passar aqui, falo com várias pessoas, que mandam comentários e já fui até em um batizado de uma moça que ficou minha amiga. De uma certa maneira minha mente registra isso, parece que meu blog pertence a um grupo pequeno de pessoas, que sempre demonstram seu carinho e apoio, mas a realidade é outra, centenas passam todos os dias e não sei porque quem estou sendo lida.

Talvez se escrevesse sobre esmaltes, meu grau de exposição seria menor, menos direto.

Eu não lembro de tudo que escrevo e às vezes me surpreendo. Há pouco tempo fui a uma festa de uma blogueira e tinha no menu comida japonesa, ela se aproximou de mim e disse:

-Não se preocupe, pedi uma pizza vegetariana, sei que você não come peixe.

Perguntei a ela como sabia e me respondeu:

-Li no teu blog, em algum post.

É engraçado, mas foi um comentário sobre alimentação, não sei como eu teria me sentido se tivesse sido um comentário sobre alguma coisa pessoal que escrevi.

Mas sou obrigada a afastar todos esses pensamentos todos os dias, caso contrário não poderia escrever.

E quando o rapaz me respondeu não pude evitar pensar sobre esse assunto durante o dia, a exposição que todos estamos vivendo hoje em dia. Muita gente se acha blindada porque não tem Facebook, mas só com o Google dá para achar quem procuramos.

Não sabemos quem lembra de nós, nem coloca nosso nome em silêncio, no meio da noite, nos sites de procura. De repente tudo isso me pareceu assustador, mistura os tempos, parece que o passado pode invadir o presente a qualquer hora.

Se não fosse pelo Google, esse rapaz jamais teria me encontrado, nem sei como lembrou meu nome, mas quais seriam as possibilidades reais da vida dele cruzar com a minha de novo? Eu vi a sua foto e me lembrei remotamente, acho que não reconheceria na rua e sou obrigada a dizer, não me marcou em nada, não lembro nem o que conversamos.

Foi um figura em minha vida como centenas, é verdade que foi educado e mandou a mensagem pedindo a amizade, mas até agora não lembro o que temos em comum.

E claro que a vida não iria deixar de ser irônica, ser achada por algum Romeu que amei não acontece, mas por alguém que não lembro, sim.

Na época da minha mãe as pessoas se perdiam no mundo, perdiam contato, sumiam no ar. Hoje isso não acontece mais, só nos perdemos se queremos, mas caso contrário todos são fáceis de achar.

Fico feliz quando alguma amiga me encontra, mas também me irrito quando sou encontrada porque alguém que não quero. Passei  por isso há pouco, eu gostava de um Romeu, uma amiga se meteu no meio e depois de anos solicitou minha amizade no Facebook e eu fiquei me perguntando se ela tinha tido amnésia.

Nunca escondi que ainda tento lidar com meu passado e meu presente, não me sinto capaz de lidar com os dois misturados e juntos, como se um abismo de tempo não o separasse.

E não gosto de pensar que algumas pessoas, que não quero nem lembrar sua existência, passem aqui. Queria que meu blog tivesse uma porta invisível, permitindo o acesso apenas do presente, nunca do passado.

E talvez por isso são tao eufórica com pedidos de amizades e comentários de pessoas que não conheço. Sem saber elas me ajudam a esquecer o nível de exposição que estou passando e as visitas silenciosas que nem quero saber.

Comentei com uma amiga sobre essa nova vida que todos estamos levando, essa exposição e ela me respondeu:

-É, são os novos tempos.

Pois é, esse é meu problema, os novos tempos em uma alma antiga como a minha. Só quero meu passado lá trás, onde ele pertence.

Iara De Dupont

5 comentários:

Fátima disse...

Ele vai querer ser amigo depois desse comentário, de que não marcou em nada? Muitas vezes nos surpreendemos com a forma como as pessoas mudam com o tempo, para melhor ou pior. Tem uma chance de descobrir isso, talvez quem não te deixou lembrança, seja alguém diferente hoje em dia. O tempo nos molda. Abraços.

Iara De Dupont disse...

Fátima, esse é o ponto, se eu começar a me preocupar com quem vai ficar magoado com o que escrevi, quem não vai gostar, quem vai reclamar, eu não escrevo mais nada.....

E não menti em relação ao rapaz, não me marcou, assim como eu não marquei centenas de pessoas, acontece com todo mundo, ninguém é totalmente inesquecível.

Mas se eu começar a filtrar o blog, muda tudo e sabe o pior? Que nunca vai ter gente satisfeita, sempre vai ter alguém que não gosta do que foi dito, mesmo que sejam apenas fofuras..

Beijos e obrigado por passar sempre aqui!

Anônimo disse...

Eu me sinto um pouco blindada na internet. De vez em quando me procuro e acho poucos resultados, nada de redes sociais.

Suzana Neves disse...

Ah eu ja ouvi
Eu li no seu blog
Gela a gente né

Anônimo disse...

Não gosto de face, não gosto de ser achada, não gosto de quem ficou no meu passado apareça piscando na tela . Se eu quiser a amizade da pessoa eu procuro. Não gosto destes novos tempos.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...