ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

14 março 2015

Não é falta de aviso


Trabalhei com um diretor de teatro que sempre me dizia:

-Preste atenção ao que te dizem na primeira vez, assim você não erra na segunda.

Parecia uma simples direção, mas hoje diria que é um ponto vital na vida. Pessoas são mais expressivas do que parecem e quase sempre nos avisam quem são logo.

Se a gente finge não escutar, ou acha que aquilo que foi dito é pode ser mudado, então é nosso problema, não do outro.

E tenho visto em alguns portais uma história que resume como algumas mulheres podem ser surdas quando querem. Na casa do Big Brother, entrou uma moça Aline, mas quando ela entrou, um rapaz, Fernando, já estava meio enrolado com outra, Amanda. Resolveu trocar Amanda pela Aline, mas contou a Aline que tinha duas histórias mal resolvidas fora da casa. Ou seja, ele avisou desde o começo que não era um homem para ser levado a sério. Mesmo assim Aline investiu no relacionamento dentro da casa e depois ao sair não se cansa de dar entrevistas dizendo que vai se casar com Fernando, que estão apaixonados e serão felizes. Mas Fernando continua dentro da casa, com Amanda lá e parece que a carência o jogou nos braços dela novamente.

E Aline continua dizendo que eles se amam e tudo vai dar certo.
Quantas vezes não fazemos isso? Eu já fiz milhões, ignorei, passei em cima do que era dito e continuava, acabava sempre quebrando a cara, lembrando de uma amiga que me dizia isso, a maioria dos homens avisa quando está  procurando namoradas ou ficantes.

Ficar de orelha em pé pode ser chato, porque então parece que estamos ''filtrando'' os Romeus, mas se  esse filtro não funcionar quem paga o preço somos nós.

Já fui enrolada por canalhas profissionais, mas os outros me avisaram quem eram, eu é que abaixei as orelhas e fingi não escutar.
Aceitar o que escutamos é mais difícil do que parece, teríamos que encarar que talvez Romeu não queira a mesma coisa que nós, que talvez temos objetivos diferentes.

E não falo de gostos, falo de metas de vida, caminhos escolhidos. Não adianta jogar açúcar, cada um tem o seu e nem sempre são compatíveis com o da pessoa que queremos. E toda essa conversa de flexibilizar, ceder ou tentar alinhar os objetivos nem sempre dá certo, principalmente nos tempos de hoje, onde prevalece o individualismo e o pouco interesse em investir em algo tão volúvel como um relacionamento.

Acredito em sonhos similares, muitas pessoas encontram isso, mas hoje percebo o horror que pode ser enterrar um sonho para poder estar em um relacionamento. Mulheres ainda são educadas para se ''adaptar'' ao mundo e aos homens, por isso a margem de sofrimento é tão alta.

Um Romeu me disse que vem de uma família conservadora e ele quer se casar com tudo que te direito, inclusive Igreja. Acho fofo, o sonho é dele, mas para minha vida isso não funciona, Deus me livre casar na Igreja, vai contra todos meus princípios. Vou ficar ali ,insistindo na relação?

Ah, mas não dá para saber o futuro! Dá sim. Estamos de acordo em que os dois preferem relacionamentos sérios, mas não estamos de acordo com a conclusão deles.

Posso namorar Romeu e não dar em nada, mas o aviso está dado, para ele o objetivo de um relacionamento é o casamento, o meu é ser feliz. Podia ser ao contrário, algumas mulheres querem se casar e os homens não.

Nao importa o ponto de chegada, mas o de saída, onde tudo é dito e avisado. Se Romeu quer casar, quer brincar, quer apenas uma noite, tudo é dito ali, às vezes entrelinhas, mas está ali.

Achar que lá na frente dá para arrumar os sonhos do outro e incluir nos nossos não é a melhor solução. Sonhos são uma coisa íntima e abdicar deles por um relacionamento quando já estamos ali dentro, é apenas acelerar a sensação de sufocamento, que vai acabar aparecendo em outro aspecto da vida do casal.

Deixar rolar, ver o que acontece, tudo isso é válido, mas desde que sem cobranças, porque o aviso foi dado. Eu cansei de escutar de homens ''só quero curtir'' e mesmo assim insisti no relacionamento, foi uma escolha minha me fingir de surda. Errei, sofri, mas consegui sobreviver e hoje tenho ouvidos apurados, gravo as frases ditas na primeira vez e depois analiso com calma, sei que o aviso está ali, é só escutar.

Iara De Dupont


Um comentário:

Anônimo disse...

Juro que não sei porque ensinam às meninas que elas podem mudar um homem. Sério, não rola. As pessoas só mudam quando elas mesmas querem mudar. Às vezes acho que fazem de propósito; mas uma hora mesmo a mulher mais iludida tem que acordar.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...