ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

19 março 2015

É machismo meu? Então é! Não gosto de homens com o rosto depilado!

TEM COISA MAIS LINDA NO MUNDO? NÃO CONHEÇO

Tentar ser normal nunca deu certo para mim. No começo eu queria, porque aquelas frases jogadas na minha direção como ''você é estranha'', ''você é isso ou aquilo'' , me machucavam. Tem até um Romeu, até hoje quando lembro me incomoda, ele dizia que eu era ''esquisita''.
Mas talvez minha avó tinha razão, o tempo conserta tudo e o que não conserta, apaga.

Percebi depois de muitos anos que ser estranha não era tão ruim, não me impedia de ter bons amigos nem de me divertir, então acabei desistindo de ser normal.

A única coisa é que ser estranha afetou minhavida amorosa, ser ''estranha'' pode ser assustador para alguns Romeus, nem todos se acostumam.
E nem sei dizer o que ser ''estranha'' significa. Depois de tanto questionar o machismo percebi que o mundo considera qualquer mulher ''estranha'' se ela se expressa ou diz ''não''.

Então vi que não era tão estranha, era apenas uma mulher que fazia o que não pode ser feito, ou seja, falar.
Também apareceu outra possibilidade, cresci em um ambiente machista, fui educada por pessoas machistas e vivo em um mundo machista. Mesmo que eu acorde todos os dias consciente de onde estou e o que quero mudar, ainda assim tenho resquícios machistas no meu sangue, que tento todos os dias eliminar, mas nem sempre é fácil. Isso gera um comportamento às vezes contraditório de minha parte, sou humanista e defendo a igualdade, mas ainda me irrito com homens chorando, não sei o que se mexe no meu mecanismo, que o choro masculino me tira tanto do sério, sei que isso são gotas de machismo meu e tenho que evoluir nessa parte.

E umas das coisas que traz meu machismo à tona é a onda da metrossexualidade, os homens que se cuidam demais. Na prática eu gosto, me parece mais higiênico e não resisto a um homem perfumado, mas os bastidores me perturbam. Entendo racionalmente que homens têm o mesmo direito a se cuidar que mulheres e as mesmas vontades, mas às vezes isso me deixa sem saber o que pensar.

Tive um namorado que tinha o cabelo comprido e no seu banheiro tinha mais xampoos e perfumes do que no meu. Mas graças a isso aprendi a usar creme de hidratação em casa, antes dele nunca tinha comprado. A gente ia a uma loja aqui em São Paulo, de seis andares e ele se perdia lá dentro, surtava. Levava horas para escolher os produtos para seu cabelo. Eu era bem mais rápida do que ele e cansei de fazer hora.

Anos depois lembrando disso percebi que sempre que saímos da loja acabávamos brigando por algum motivo besta. Hoje sei que eu me irritava com a situação, não entendia o que estava acontecendo e me sentia deixada de lado. A gente se via nos fins de semana e no fundo de minha alma me perguntava porque ele não preferiria ficar em casa fazendo sexo do que perdendo a tarde comprando condicionadores. A vaidade dele era um golpe na minha. Eu cresci em uma época que a metrossexualidade não existia, me disseram que homens gostavam de sexo, não de ficar em lojas procurando cremes de hidratação.

Por ser viciada em cremes e perfumes, enchia meus namorados de todos eles e sempre gostei do perfil de homem  ''cara limpa'' e cheiroso, jamais me senti atraída por homens rústicos e com barba. Sempre perguntava aos meus Romeus se usavam cremes no rosto e se a resposta fosse negativa eu logo dizia ''tenho um ótimo para você''.

Uma vez cheguei à casa de um Romeu e ele estava passando uma máscara no rosto. Ficamos ali conversando sobre o produto e suas maravilhas. Mais tarde comentava com uma amiga sobre a visita a casa de Romeu, eu tinha ficado uns dias sem o ver e ela disse:

-Adoro isso! Com meu namorado é assim, a gente passa uns dias sem se ver e depois vai logo se jogando no colo um do outro e fazemos sexo à noite inteira.

Poxa, comigo não foi assim. Romeu abriu a porta com sua máscara, conversamos e acabamos saindo depois para jantar, quando o sexo rolou foi morno.

Comentei o que tinha acontecido, reclamei dos costumes de beleza de Romeu e ela disse:

-Você está sendo machista! Ele tem tanto direito a uma máscara facial quanto você!

É, mas eu não uso uma quando ele vem na minha casa!

E nem lembrava mais de quanto os hábitos de alguns Romeus me deixam desestruturada até ontem, quando encontrei uma amiga e seu Romeu. Vi o rosto dele super liso, parecia de bebê e perguntei que creme estava usando. Me disse que tinha pelos nas costas, não gostava e fez depilação a laser, gostou do resultado e fez também no abdômen e finalmente estava fazendo no rosto, não queria nunca mais fazer a barba.
Eu não disse nada, sou uma dama, mas assim que ele saiu dali, perguntei a ela o que pensava a respeito e me respondeu:

-Não penso nada, o corpo é dele, ele que paga e concordo com o que diz, pelos não são higiênicos.

Mas no rosto?

-Qual o problema?

Mas não muda o cheiro?

-Que cheiro?

Ah, quando você vai beijar um homem e tem aquela mistura do cheiro da pele dele com o perfume, fala sério!

-Ele não arrancou o rosto, apenas se depilou.

Tá bom então.

Depois lembrei, acho que estou velhinha. Homem com pele de bebê no rosto? Para mim não dá. Homem sem cheiro de loção pós-barba? Não dá. Homem sem aquela barba de dois, três dias? Não dá. Homem que não parece homem, parece um adolescente? Não dá.

E lá veio minha amiga:

-Credo, Iara, deixa de ser atrasada! Não tem mais essa de pele de homem, pele de mulher, cada um faz o que quiser! E olha, entre os amigos dele virou febre essa depilação no rosto, poxa, eles são escravos de fazer a barba, não aguentam mais e pessoas como você são as que incentivam essa ideia de ''rosto limpo'', eles sofrem, por isso estão tirando a barba, você não tem ideia de como ele se machucava para fazer a barba, vivia com esparadrapo, pelo menos agora é livre e acabou essa tirania de acordar cedo para se barbear. Deixa o moço ser feliz!

Concordo, ele é livre, mas para mim não funciona e agradeço a Deus todos os dias porque nunca me apaixonei por um Romeu assim, ia ser demais para minhas poucas gotas de machismo no sangue e minha alma conservadora. Não gosto de plástico nem de peles que parecem de bebê.

É, sou estranha mesmo, assumo, escrevo, digito e não volto atrás. Gosto de homem limpo e cheirando bem, mas não quero dividir esmaltes nem passar à tarde em uma loja comprando cremes, muito menos acariciar ou beijar um rosto de bebê, me dá até nervoso.

Caramba, depilar o rosto? Não quero cair naquele 
clichê nem prisão verbal de  ''homens sejam homens'', mas porra, depilar o rosto?

Deus é testemunha que apoio todas as depilações que os homens quiserem fazer, até porque têm uns que sofrem e precisam, mas acho o rosto sagrado, o resultado com o laser fica bom, mas fica rosto de bebê, nem mulher tem o rosto tão liso.

Não é só fruto da depilação, minha amiga disse que ele está investindo pesado em máscaras, cremes e tratamentos para esfoliar.

Tudo bem, mais um item para adicionar a minha lista de menina da família Adams, outra estranheza minha, acabo de concluir que não gosto de homem com o rosto depilado. É, paciência, a vida é assim, eu sou estranha e continuo amando rostos masculinos naturais. Não sei se é a metrossexualidade, a modernidade, o mundo moderno. Só sei que não gosto.


Iara De Dupont

6 comentários:

Anônimo disse...

Ele é "cuidadoso" pq é homem. Se vc fosse ia ser uma fútil que não sabe onde enfiar o salário. Que perde tardes escolhendo cremes.

Queria saber qual Romeu agiria como as suas amigas. Achando superlegal que a namorada apareça com a cara melecada quando encontrasse ela.

Eu acho que isso vira chatisse com qualquer pessoa. Eu não aguento minhas irmãs neuróticas com a unha, fazem toda semana. Chapinha no cabelo que já é liso e neurose com tudo.

Só que me faltava aturar namorado com isso. Não é pq é homem, é pq é insuportável.

Patrícia disse...

Acho que estão exagerando tanto homem quanto mulheres. Elas agora querem ser bombadas, ficam parecendo cavalos e agora os homens querem parecer princesas. Eu acho lindo homem bem cuidado, vaidoso. Mas certas coisas acabam ficando muito afemidas para eles sei lá.
Acho que vai chegar o dia que não vamos mais saber quem é o homem e quem é a mulher.

Fátima disse...

Gosto do homem que se valoriza sem perder a essencia, homem de unhas pintadas, cabelo milimetricamente penteado, que so usa roupas da moda, se enche de creme e sabe tudo sobre depilação não me atrai. Procuram uma perfeição inacessível, sem se dar conta disso. Concordo com a Patrícia, daqui a pouco as mulheres vão estar ainda mais masculinizadas com suas barrigas tanquinho e coxas do Roberto Carlos ( jogador!!) e os homens com a delicadeza de um Ken depois da cólica renal!!!

Suzana Neves disse...

Eu ganho no quesito estranha,não curto barba porque a pele do meu rosto é sensível mas adoro cheiros acho que cada pessoa tem um aroma .

Anônimo disse...

Um texto feito para você:

http://thoughtcatalog.com/janet-bloomfield/2014/11/7-reasons-why-dating-feminist-men-truly-sucks/

Anônimo disse...

Bom, pra ver como os gostos são diferentes. Eu acho que nem todo homem pode ter barba, e prefiro que tenham o rosto liso ao invés de uma barba espetada que pinique o meu rosto ou pescoço. Mas o legal da vida é que tem visuais pra todos os gostos e todo mundo pode ficar feliz rsrs.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...