ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

19 fevereiro 2015

Só porque o vestido é lindo, não quer dizer que a calcinha é de seda


Minha amiga veio correndo, chorando e disse:

-Me roubaram um cliente e tenho quase certeza que foi aquela moça que trabalha comigo!

Quis saber porque a ''quase'' certeza.....

-Não quero ser maldosa, nem pensar mal. Acho que ela me roubou o cliente, mas ao mesmo tempo não me parece coisa de sua natureza, poxa, ela é tão boa! Passa os fins de semana cozinhando em um refeitório da igreja para os pobres e faz toucas de lã para as crianças com câncer. Quando pensei nela me senti até mal, que Deus me perdoe.

Não sei quantos posts tenho aqui sobre esse assunto, perdi a conta. Sofri demais por isso, demorei a entender como o mundo funciona e agora que sei um pouco fico escrevendo sobre o assunto, de tanto que me intriga.

Quando cheguei a este mundo as regras já estavam na mesa, não inventei nada, eu apenas tento seguir. E já entendi que não importa a origem da pessoa nem aonde vai, todos somos divididos pela luz e sombra, uns ficam mais de um lado que de outro, mas tem a mesma divisão.

Nós todos usamos diferentes ''roupas'' todos os dias e isso também serve para comportamento. É uma exigência do mundo, ninguém pode sair de casa nu e fazendo o que quer, todos somos domesticados e condenados a agir de acordo com o que está escrito.

E não dá para sair assumindo que é um filho da puta, a sociedade exige disfarçar suas intenções.

Canso de dizer isso, religião ou fofice não são garantia de caráter, na maioria das vezes é apenas uma ''roupa'' que foi colocada e deu certo.

A moça cozinha para os pobres, certo, pode fazer isso porque é uma questão interna dela, não sei seus motivos, mas isso não a deixa imune as tentações humanas, como roubar um cliente de uma colega. Mas ela costura toucas para crianças doentes! Não quer dizer que é santa, nem uma pessoa ética, faz porque quer, costura porque gosta, mas isso não é garantia nem selo de honestidade.

As pessoas fazem uma leitura míope dos outros, olham e pensam ''ah, é budista, então é uma pessoa justa'', ''ah, trabalha para os pobres, então é uma pessoa consciente'', ''ah, é religioso, então é uma pessoa amável''.
Mas nada disso é verdade, a pessoa pode ser mil coisas, ninguém é apenas seu lado bom. Todos saímos à rua com diferentes roupas, é a mesma coisa em relação ao comportamento, temos diferentes maneiras de agir o dia inteiro, ninguém é apenas uma coisa.

Tenho uma tia que me roubou e sabe bem em que momento foi, ela sabia como eu vivia e que eu precisava do dinheiro que ela levou. E não adianta falar, ninguém acreditaria, minha tia é professora de crianças com síndrome de down, é uma senhora amável que ajuda o vizinho e cumprimenta as pessoas na rua. 

Foi só depois de ser roubada por ela que comecei a entender como o mundo funciona. Só porque ela é professora de crianças especiais não quer dizer que é boa pessoa ou tem caráter. E a única vez que reclamei com ela sobre o dinheiro roubado, me respondeu:

-Não sei do que você está falando!

É! A vida é assim, ainda tive outra puxada de tapete de mais duas pessoas para entender definitivamente que não significa nada colocar incensos de canela em casa, qualquer filho da puta pode fazer isso. Minha tia enchia sua casa de incensos de lavanda e velas rosas, mesmo assim me roubou. Mas para ela funciona a ''roupa'' da senhora boa, generosa, por isso ela usa todos os dias.


Para viver melhor temos que aprender a ler ''debaixo'' da roupa que a pessoa está usando, não podemos julgar apenas pela superfície, é como olhar alguém com um vestido de festa e garantir que sua calcinha é de seda. Pode ser de algodão e rasgada!

Ninguém é apenas uma frase, uma ideologia, uma ideia, todos navegam em milhões de águas e algumas vezes águas sujas. Não adianta achar que filhos da puta levam placas na testa e podemos logo saber quem são, a vida não é tão simples, muitas vezes os piores filhos da puta estão debaixo das pessoas fofas, meigas, legais e religiosas.
E dar aula para crianças especiais, costurar toucas de lã, ajudar os pobres, nada disso prova o caráter de alguém, não é diploma de bondade nem certeza de retidão.

O ser humano vai ser sempre como aquela pessoa e seu lindo vestido de seda preto, dançando pela sala, só Deus sabe o que está debaixo, ali grudado na pele.

Iara De Dupont

Um comentário:

Musicista Feminista disse...

Tudo tem um lado podre, sempre falo isso. Depois que tive consciência disso me decepcionei menos, aí não espero que só porque fulanx me ajudou uma vez, vai fazer isso sempre, ou fez porque é uma boa pessoa.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...