ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

18 novembro 2014

Patriarcado, liberem a televisão!


Em um aspecto supostamente raso, inútil e superficial do patriarcado lamento sua presença na televisão.
Muita gente acha que é bobagem, mas televisão é o veículo de comunicação mais importante do mundo, mais rápido e perigoso. Pode ter sido substituído em algumas áreas pela internet, mas continua tendo um poder de fogo.

Graças à televisão aprendemos a maneira de viver dos americanos, sabemos o que comem, pensam e como agem, já que são décadas de domínio. Assimilamos seu valores e medos, mas não sabemos nada dos chineses, nem dos russos, porque eles não invadiram nossa televisão.

Em termos de qualidade o Brasil só tem uma emissora, a Globo, as outras ainda estão engatinhando e não sabem nem fazer uma novela com uma boa iluminação.

Pelo fato do machismo ser uma constante no mundo inteiro não existem grandes diferenças entre emissoras nos países, talvez a sueca, mas essa eu nunca assisti. De resto as mulheres aparecem sempre lindas e sofrendo de amor em séries e novelas e os homens são sempre bem resolvidos e charmosos.

Depois que começamos a perceber como funciona o doutrinamento machista televisão começa a cansar muito.

Eu assisto novela e fico discutindo com os personagens femininos, porque são lerdos, passivos ou sempre são as más. Fico revoltada de ver como as mulheres são tratadas em novelas e séries e pior ainda, nos outros programas.

Todas as apresentadoras e já falei mil vezes disso, se comportam e agem como bonecas e os homens são de uma chatice sem nome, todos dentro da cristalizada vida heterosexual, casados, com filhos e aquele ar de homem chato que pega no pé.

Se Deus aparecesse e me pedisse para escolher um apresentador para me casar com ele e salvar o mundo, eu seria obrigada a dizer a Deus que não vai ser dessa vez, todos são um porre, engessados, presos no seu discurso de perfeição e sempre exibindo um ar de superioridade, corrigindo as mulheres, porque eles estão para isso né?

E o ano que vem esse pesadelo vai se intensificar por uma dança das cadeiras, César Filho vai assumir o lugar de Brito Jr. , no Programa da Tarde, ou seja, vão trocar um chato por outro mais chato ainda. Fábio Porchat, o ícone do patriarcado jovem, o menino da  ''elite branca'', que faz piadas com Jesus, e olha, não sou religiosa, mas sempre me pergunto porque tanta piada com Jesus, não tem outro? Não, não tem, se for se meter com outro é capaz de alguém jogar uma bomba na produtora dele. 
Mas ele vai levar toda a sua falta de graça para o SBT, largando a Globo, coisa que mostra até onde pode chegar a falta de um bom assessor. Largar a Globo que banca todas seu humor raso e besta pelo SBT é a coisa mais estúpida que já vi.

E a Bandeirantes vai trocar o machista, misógino, Marcelo Tas, que um dia quis processar uma blogueira famosa apenas porque ela reclamou do seu machismo, pelo  ator Dan Stulbach, um cara sem graça, mas também outro representante exemplar do patriarcado, é bom moço, com ótimas credenciais.

Eu só queria assistir televisão e me divertir um pouco! Mas não aguento tanta apologia aos valores do patriarcado e isso aliado a jequice brasileira só piora. Cansei de tanto machismo, até na televisão, a dança das cadeiras aqui incluem homens feios, sem charme e com aquele ar de  ''sermão''.

Tenho todos os motivos do mundo para querer que o patriarcado exploda, mas agora sou obrigada a acrescentar esse, eu queria assistir televisão com gente normal, não com figuras que fazem propaganda de um sistema que me oprime.

Passei a vida inteira escutando que beleza é um fator essencial para quem quer fazer televisão, isso me jogou ao escanteio porque meu corpo nunca foi considerado  ''belo''. Mas então por que só exigem beleza das mulheres? 

Os apresentadores brasileiros são tediosos, arrastados e feios.

Mas é machismo cair no mesmo parâmetro e exigir homens lindos! É,  pode ser, mas se eu tenho que aguentar essa propagação do patriarcado na televisão, não poderia pelo menos ser com homens bonitos? Aguentar aqueles que estão ninguém merece e chega uma hora que não tenho mais filme para assistir, quero ver televisão. Gostaria de ser evoluído o suficiente para não precisar assistir televisão, mas eu adoro televisão, o que cansa é esse bando de homem feio dando sermão e posando de compreensivo. 


Já que copiamos tudo dos americanos deveríamos copiar o fato deles investirem em homens descolados para apresentar os programas. Não aguento mais ligar televisão e ver um cara igual ao meu tio ali. Já aguento machismo demais em tudo, por favor, liberem a televisão.


Iara De Dupont



2 comentários:

Anônimo disse...

Iara, como deve ser do seu conhecimento, temos apresentador gay, casado e com filhos, apenas porque admitir ser gay significa perder patrocinadores e telespectadores. Como voce disse num post, vale mais o dinheiro que um Romeu, para ele também! Vale mais a pena ter um salário de milhares de reais, sustentar uma mulher que a qualquer momento pode jogar farofa no ventilador, posar para fotos com os filhotes em revistas do que assumir um homem na sua vida!

Anônimo disse...

É um dos motivos pelo qual eu praticamente não assisto mais TV. Cada vez que vejo uma propaganda dos programas que fazem sucesso, tenho vontade de passar álcool gel nos olhos. É horrível. Viva a internet! Não sei como eu sobreviveria sem ela.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...