ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

20 novembro 2014

Papa Francisco: o senhor é dez!




Depois de uma idade começamos a ver tudo com desconfiança e somos mais cuidadosos com as informações que chegam as nossas mãos.
Não admiro nenhum líder religioso, observo de longe, mas tenho minhas reservas, conheço as trevas da alma humana e aprendi que nada é o que parece.

Mas  poucas coisas têm mais minha admiração do que pessoas que honram seus cargos, por mais altos que eles sejam.

Desde que o Papa Francisco foi eleito figura máxima da Igreja Católica venho reparando que ele discretamente no discurso sempre dá um jeito de colocar o que pensa no que já está matematicamente calculado e não tem medo de dar sua opinião, mesmo que more no meio de tubarões empalhados. E parece ser uma pessoa de excelente caráter, coisa que vem mostrando de diferentes maneiras, mas o escândalo de  ''Granada'' (Espanha) mostrou um Papa que vai além de uma religião, mas uma pessoa consciente do seu papel.

Um jovem de vinte e quatro anos, espanhol, morador da cidade Granada, resolveu escrever uma carta ao Papa contando sobre os quase dez anos de estupro que sofreu em um colégio católico. Na carta ele contou detalhes, disse já ter procurado ajuda na igreja espanhola e todos mandaram ele se calar. Contou que os padres de um determinado lugar vivem como em uma seita, fazem rituais terríveis com menores e abusam de maneira violenta de todos.

Me pergunto como essa carta chegou direto as mãos do Papa, porque pensei que ele deveria ter um secretário filtrando sua correspondência e evitando ao Papa esses ''perrengues'' de ler cartas tão pesadas.

O Papa logo depois de ler a carta ligou para o rapaz e pediu perdão em nome da Igreja, o rapaz aceitou, mas se disse preocupado, os padres e demais envolvidos ainda mantinham menores em seus rituais. O Papa poderia ter desligado o telefone e não ter se envolvido, mas não fez isso, correu para ligar a Igreja Espanhola e exigiu que se abrisse uma investigação, dizendo que ele tinha ordenado ''tolerância zero'' para casos de abusos, mas a Igreja Espanhola ansiosa de sumir com a história, deu uma enrolada, então  o assunto foi encaminhado as autoridades da cidade por ordem direta do Papa. Até agora foi como abrir a tampa de um esgoto, parece uma rede de pedofilia enorme, que envolve até políticos, mas os sacerdotes considerados os mentores de todo o esquema são mais de quatro e trabalhavam como se fosse uma seita.

Todo o escândalo veio à tona, outras vítimas apareceram e a sociedade espanhola quer punições mais severas do que apenas mudar os padres de paróquia.  E a pressão do Papa vai eventualmente ajudar em alguma punição mais severa.

O que me pareceu incrível dessa história foi o lado humano dele, não precisava ter lido a carta, poderia ter jogado no lixo com outras centenas de carta que deve receber com denúncias sobre padres estuprando crianças, mas não jogou fora a carta, ligou ao para o rapaz e quando percebeu que estava agoniado e pedindo ajuda se mostrou disponível para fazer o que fosse preciso, mesmo que isso seja outra pedra no teto de vidro da Igreja

Vivemos em um mundo onde as indústrias mentem, o governo esconde e a religião abusa, ver que uma pessoa na máxima posição de uma igreja se presta a ajudar um jovem que todos tentaram calar é um dos maiores gestos que ele poderia ter  tido. Com certeza isso vai mudar a vida do rapaz, trazer um pouco de luz depois de tanta dor, saber que alguém escutou seu calvário e ofereceu apoio pode devolver a fé ao seu coração, ao mesmo tempo que o Papa dá um grande exemplo ao mundo, do importante que é prestar atenção as pessoas que estão denunciando abusos sofridos, é fundamental que todos percebam como essas pessoas precisam de ajuda, elas são as vitímas e jamais se deve encobrir o estuprador, mesmo que ele seja um padre de uma igreja poderosa.

Ajudar uma pessoa em uma situação tão extrema é não comum de se ver, mas ainda se pensamos que o Papa não nasceu ontem e sabia que um escândalo desse tamanho iria arranhar a Igreja.

O Papa tem todos os méritos e merece todas as glórias por ter escutado esse rapaz, ter levado a ele um pouco de paz depois de uma infância de abusos. E esse rapaz também foi corajoso de procurar ajuda, depois de tantas ameaças.

Em uma curta entrevista, já que não pode falar ainda do assunto, perguntaram ao rapaz o que tinha achado do Papa e ele disse:

-Nunca imaginei que existisse um ser humano assim, que não fugisse diante do grito de desespero de outro. Nunca imaginei mesmo.

Nem eu.


Iara De Dupont 




4 comentários:

Anônimo disse...

E a imprensa soube é Iara??? A Igreja catolica esta tentando limpar a imagem abaladissima,nem falo nada quanto ao carater do Papa Francisco pois parece ate um bom homem,bom ate a pagina dois,porque ha quantos anos esses escandalos de abuso tem vindo a tona? Decadas,tem alguem na cadeia? Agora se um padre fala a favor do casamento gay é excomungado como foi um brasileiro esses dias. Abusar pode,ir contra os dogamas não.Tambem sou pessimista (ou seria realista) quanto as pessoas no poder,mas nesse caso a historia mostra que a igreja catolica nunca fez nada que nao fosse em beneficio proprio,o poder importa,o individou nao,não é minha opiniao apenas,vejo como um fato.

ANna

Anônimo disse...

Até agora, ele me pareceu uma pessoa íntegra. Tem seus defeitos como todos, mas o que mais se destaca nele é dar a impressão de integridade e comprometimento, coisa rara ultimamente. Sempre pensei que a renuncia do seu antecessor tivesse algo de sombrio, algum segredo que ele preferiu se manter distante.

Patrícia disse...

Não imaginavam no que ia dar quando o elegeram como Papa. Eu o vejo diferente de muitos que passaram antes, mas exatamente por este jeito que ele tem, acho que não dura muito lá não. O que ele, ou a instituição que ele representa saiu ganhando nesta história? Nada. O pessoal do Vaticano deve estar de cabelo em pé com ele!

Anônimo disse...

As pessoas boas sempre foram minorias nas posições de poder, mas quando elas chegam lá você vê o quanto faz diferença, mesmo que seja só pra algumas pessoas. Pra esse rapaz e pras outras vítimas com certeza o caráter e a atitude do papa Francisco fizeram diferença.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...