ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

16 novembro 2014

Não era dúvida, nem certeza, era amor


Lui, ontem foi teu aniversário e não te parabenizei. Mas a vida é assim mesmo, as coisas perdem sentido, não importa se um dia foram construídas com amor,  elas passam como tempestades de areia que somem com tudo.

E a data só chegou a mim porque meu correio do Yahoo me avisa os amigos que tenho que parabenizar. Olha só aonde chegamos, você na minha fria lista de amigos de um correio que não uso há anos! Como foi possível você ter ido parar lá?

Mas talvez eu lembraria do teu aniversário de qualquer jeito, porque entrei em uma loja e o chão parecia o da cozinha da casa da tua mãe, aquela doce dama.

Há uns dias uma cigana leu minha mão na rua e disse que sou sensível demais, posso perceber toda a energia em um olhar. Já tinha pensado em algo assim, de repente a pessoa me diz uma coisa e sinto que está dizendo o contrário. E lembrei do teu olhar naquela noite, eu sabia que era o fim, mesmo assim não consegui mudar a situação. 

Já voltei a cena mil vezes na minha mente, tudo o que aconteceu naquele momento, naquele dia, depois da tua festa de aniversário. Lembro que eu estava sentada na cozinha, comendo umas batas fritas, quando tua mãe entrou e começou a conversar comigo. Me disse que nos viu juntos na festa, mas parecíamos distantes e frios um com o outro.  Disse a ela que estava cansada, mas talvez não sabia bem o futuro do namoro, algumas coisas atravessavam o caminho e eu não sabia lidar com tudo que vinha na minha direção. Com aquele jeito doce ela respondeu:

-Iara, não se complique, o amor em si é muito enrolado, jogue apenas de dois lados, em uma mão você tem todas as dúvidas em relação ao namoro, na outra todas as certezas, pense qual pesa mais e resolva em cima disso.

Você estava parado na porta da cozinha, percebi que esperou tua mãe sair e me perguntou:

-Então Iara, em relação ao nosso namoro você tem mais dúvidas ou certezas?

Fiquei quieta e você me olhou de um jeito que só hoje entendo e respondi:

Que colocação mais simplista, nada é assim!

-É sim. Você pode ter mil dúvidas em relação ao namoro, mas se tivesse a certeza de que me ama, a resposta teria sido outra.

Eu quis falar alguma coisa, argumentar, mas era tarde, madrugada, fim de semana, lua cheia, era eu, não era eu, não sei o que aconteceu, mas não consegui falar nada e só escutei você dizer:

-Entendi.

Levei anos para me conhecer e saber que sou indecisa, penso demais, tento colocar tudo em ordem na minha cabeça antes de me expressar. E naquele momento congelei, aconteceu. Não sou dada a grandes emoções nem pulo em pescoços, tenho medo de ser rejeitada e fico quieta.

Quis dizer naquele segundo que te amava e perto disso qualquer dúvida desapareceria, mas não consegui.

E quanta razão tem tua mãe! Dei tantas voltas aos meus amores e  era só fechar os olhos, pensar em todas as dúvidas e certezas, a resposta chegaria por uma questão matemática. Tudo ao redor do amor são dúvidas, mas amar alguém sempre é ou não uma certeza, não tem erro.

No fundo da minha alma continuo chateada com essa noite, não queria que você saísse da minha vida sem saber que foi amado e que sempre tive certeza do que sentia por você.

Sei que voce teve mágoa disso por um bom tempo, eu também fiquei ferida. Mas nunca duvidei do meu amor por você, eu duvidava de mim, do mundo, do planeta, mas naquele dias teus olhos castanhos eram toda a minha certeza.

Já pensei em te ligar, mandar email, apenas para te dizer isso, sei que você já fez tua vida e eu fiz a minha, mas me arde na alma pensar que alguém que amei tanto e ainda amo nas lembranças, possa pensar que não foi amado.

Dúvidas em relação a tudo ainda carrego muitas, mas me jurei nunca mais me confundir e perder alguém por isso. Hoje entendo que o amor sempre vai estar rodeado de dúvidas, mas se eu tiver a certeza de amar a pessoa posso segurar a corda, caso contrário não. Posso duvidar de mim, do mundo, mas se a certeza do amor está no meu coração vou continuar, lutar, fazer o que achar certo.

Lui, se um dia você me escrever no livro da tua vida, por favor, risque a palavra dúvida, esqueça essa noite, apague tudo o que foi dito. Tenha em mente apenas o que vou te dizer agora: meu amor por você jamais foi uma dúvida, mas sim uma enorme certeza, dessas que vou carregar para sempre. E de tudo que sei e não sei da vida, posso te dizer, tenho certeza hoje que você foi uma das melhores coisas que já me aconteceram, um dos meus amores mais amados e mais chorados, todos os dias que senti tua falta foram vazios e frios. Mas carrego a certeza de que te amei e isso me basta. Saiba disso.



Iara De Dupont



Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...