ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

21 novembro 2014

A ciência colaborando com a violência


Em um grupo de teatro que estive um ator alemão passou umas semanas estudando.
O pessoal do teatro vivia brincando com ele, faziam piada sobre a segunda guerra mundial, só  diziam besteiras.

Uma vez eu estava na sala de cabelo solto e um ator me disse:

-Você com esse cabelo preto solto parece judia. E olha, temos um alemão aqui, vai virar sabão!

Duas semanas depois e centenas de brincadeiras estúpidas o alemão se cansou e na maior calma disse:

-Algum de vocês estava lá? Tiveram parentes mortos em campos de concentração ou oficiais alemães que se esconderam por anos? Não. Então façam o seguinte, calem a sua boca, porque só estão fomentando um assunto que não sabem e colaborando de maneira ignorante para que a ideia de que todos os alemães odeiam os judeus continue circulando no mundo e fazendo mal a muitos. Por estupidezes que pessoas como vocês dizem ainda existem células nazistas na Alemanha. E só pra constar, nós alemães não falamos disso, quem insiste em fazer filmes e falar besteiras sobre uma época que não viveram são os americanos.

Nem sempre pegamos as coisas na primeira, mas entendo o que ele dizia, a ignorância de muitos acaba fortalecendo o pensamento dos idiotas, as crenças dos imbecis, as ideologias das pessoas violentas. Soltar uma informação errada é como dar de comer a animais famintos.

E esta semana aconteceu uma coisa que não sei se é piada de internet ou realmente aconteceu, mas se for verdade é outro lamentável episódio da ciência.

Cientistas filmavam o comportamento de focas e pinguins (link) quando viram umas cenas chocantes, de focas estuprando pinguins. Caso a história fosse real e os cientistas sérios deveriam ter segurado a informação até ter uma ideia do que está acontecendo, mas vieram a público dizer que não sabiam porque as focas faziam isso e talvez fosse falta de fêmeas da espécie, mesmo assim é estranho, porque não são nem da mesma família, pinguins são aves e focas são mamíferos, não faz nenhum sentido uma violência entre duas espécies que não brigam por alimento nem território.

A imbecilidade de soltar a informação e ao vídeo  não tem justificativa,  o mundo não tem preparo mental para entender e acaba usando a informação de maneira equivocada.

É uma luta enorme das feministas acabar com a cultura do estupro, sumir com essa ideia de que estupro é uma coisa natural e pelo lado oposto da causa circula uma teoria com bases na biologia que garante que o estupro é uma coisa normal entre diversas espécies, mas esquecem de explicar que nós, humanos, vemos e tiramos conclusões, muitas cenas que parecem estupros são a consumação de dias, semanas e meses de rituais de acasalamento.

Outra corrente de pensamento afirma que o estupro é uma coisa normal no ser humano, só virou ''estupro''  porque caiu na rede de comportamento e teve um freio social, entraram as regras e isso mudou tudo.

Mas se essas duas correntes afirmam que o estupro é natural, elas não assumem que se esses estupros acontecem também na natureza as vítimas são os machos e as fêmeas, não existe distinção. Também ignoram muitas coisas violentas que aconteciam em séculos passados e graças a evolução foram deixadas de lado. O ser humano vai entendendo ao longo dos anos que a violência é um atraso em todos os sentidos.

E nada que alimente a cultura do estupro deveria ser liberada nos portais, tudo deveria estar lacrado e não deveria chegar as mãos de ninguém até que respostas cientificas pudessem fechar a questão.

Esse material dos pinguins foi solto por algum cientista idiota que não tem mãe, nem filhas. É chocante  ver a quantidade de piadas a respeito disso e ver como alguns sites masculinos estão usando isso para justificar um dos crimes mais horrendos do planeta, foi um dia de festa para a famosa internet escondida e os ''mascus'', que vivem correndo atrás de qualquer argumento para justificar a violência sexual.

Recentemente li uma matéria que falava dos horrores que estão acontecendo na África (link)  em relação aos estupros em homens, uma coisa chocante e que deveria servir para muitos homens refletirem sobre o que realmente é um  ''estupro'' e perceber que não tem nada a ver com as mulheres, mas com o ser humano. Não sou africana, não sou homem e fiquei muito agoniada com o que li, meu coração apertou. Humanos precisamos ter compaixão para entender a dor do outro e afastar todas as possibilidades de violência, não importa se é com homens ou mulheres, o terror é o mesmo.

Dessa vez não posso reclamar dos ''mascus'' que circulam coisas asquerosas pela internet,  foi culpa da ciência, aquela que usa animais em laboratórios, trabalha para governos, manipula remédios, esconde informação e agora joga um lixo desses na direção de todos.

Estupro não é uma questão científica, é um crime. E no caso dos pinguins os cientistas deveriam se preocupar primeiro em saber o que está acontecendo e depois jogar as informações como se fossem qualquer coisa.

Não preciso ser cientista para dizer que qualquer comportamento animal fora do normal deve ser consequência da  presença do homem no meio ambiente deles, uma das teorias sustenta que as focas por questões ambientais não estão conseguindo se reproduzir e são poucas as fêmeas, mas é complicado de saber.

Espero que os cientistas não tenham nenhuma mulher em suas vidas, não sei se vão descobrir o que está acontecendo com os pinguins, mas podem ter certeza de uma coisa, acrescentaram outro tijolo na cultura do estupro. 

Nessa parede que o mundo insiste em construir, do outro lado tem muita gente batendo martelos dia e noite para derrubar. Em algum momento ela vai cair e a cultura do estupro será passado, assim como os cristãos que eram jogados aos leões. Um dia tanta violência será apenas uma parte da história que passou, aquela que nós mulheres mudamos.

Iara De Dupont





   

Um comentário:

Anônimo disse...

Algum mascu infiltrado jogou o vídeo no mundo pra causar... pois é, provavelmente esse comportamento bizarro é culpa do homem mesmo. Podem ter jogado algo no mar que confundiu o olfato das focas, alguma substância química que atrapalhou a produção de feromônios das duas espécies, sabe-se lá o quê. Mas tenho certeza que foi culpa do homem. E se não foi um estupro, mas algum tipo de técnica de caça, como esmagamento? Alguns animais esmagam as presas subindo em cima delas e se debatendo até a presa morrer, e aí, mascuzada? Como vocês explicam isso?

O caso dos homens estuprados na África é mais uma prova do quanto o machismo é prejudicial pros homens e o quanto eles ganhariam se o combatessem. Tomara que cada vez mais homens percebam as limitações que o machismo impõe e se revoltem contra isso.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...