ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 outubro 2014

Novela Império: essa Maria Clara não é humana

Maria Clara: não importa o problema, ela transforma

Tem coisas que acontecem em novelas que me pergunto se existem na vida real. Não acredito na divisão entre realidade e ficção, novelas são atraentes para o público porque misturam o fator lúdico com algum sentimento que todos carregamos e essa mistura gera uma identificação.

Nesta semana na novela  ''Império'', uma moça, Maria Clara, iria se casar. Seu namorado parecia um bom rapaz, até descobrir que seu pai era gay, tinha um amante jovem e sua mãe sabia da história. Em um surto de menino mimado o rapaz não se conformou e brigou com a família, mas a noiva, Maria Clara, apesar de não concordar com o seu comportamento homofóbico e o criticando por isso manteve o relacionamento.

O casamento já estava marcado quando o rapaz começou a surtar, mesmo assim a noiva confiou e manteve a data, mas no dia marcado o rapaz não chegou na igreja. Ela então foi vestida de noiva procurar o noivo, o achou em um hotel, chorando e dizendo que não queria mais se casar, não queria enfrentar as pessoas na festa, com medo de aguentar gozações já que todos sabiam do caso do seu pai e o amante. A noiva chamou o rapaz de fraco e frouxo, logo em seguida foi à sua festa, pegou no microfone e disse que não haveria casamento, mas valia a pena celebrar sua vida, o fato dos amigos e família estarem ali. Dito isso caiu na farra, bebeu, dançou, comeu e se divertiu até a festa acabar.

Dentro de todas as histórias que já escutei na vida jamais lembro de uma assim. Nunca conheci nenhuma noiva que tivesse sido abandonada no altar, nem na época da minha avó, mas sei que essa história é comum. 

Perto da minha casa tem uma igreja e uma vez me contaram que a cada duzentos casamentos um não se celebra, porque o noivo ou noiva não chegam, mas eu nunca vi nada nem conheço alguém que já tenha passado por isso.

O que me chamou a atenção na novela foi o comportamento da personagem, me pergunto se é possível uma pessoa acordar no dia do seu casamento, se arrumar, ficar esperando, depois fica sabendo que foi abandonada no altar, vai procurar o noivo e em vez de um discurso de mulher apaixonada acaba ofendendo o rapaz. Se isso acontecesse comigo só perguntaria ao noivo o porquê dele ter feito isso, não consigo me imaginar ofendendo alguém que eu acreditava amar uns minutos antes, até porque em um momento desses me parece mais lógico tentar entender o que está acontecendo, mas chamar o rapaz de ''fraco'' me pareceu coisa de alguém que já conhecia o duvidoso caráter do amado, sabia que o rapaz não era boa coisa mesmo.

Não me pareceu reação de mulher apaixonada, me deu a impressão que ela também não queria se casar, no fim adorou ele ter pulado fora, nem chorar ela chorou.

Fiquei sem entender o momento que ela vai para a festa e acaba curtindo horrores, ignorando que o noivo não estava ali.
Não duvido que existam pessoas assim, capazes de transformar um momento ruim em uma coisa boa e especial, mas eu nunca conheci ninguém com essa capacidade quase de  ''Yoda'', de transformar tudo ao seu redor. 

Na minha cabeça mulher apaixonada não consegue ser fria em um momento de abandono, pode até não reagir na hora, mas entrar na festa e ficar na maior alegria me pareceu coisa de outro mundo.

Em um mundo onde as reações humanas são as piores possíveis, a de Maria Clara é ideal, deve ser a mais recomendada pelos psicólogos e analistas. Já que tinha sido abandonada e isso não poderia ser mudado, então por que não curtir a festa preparada durante meses? Quantas vezes na vida podemos reunir em um salão a família inteira e os amigos?  Fora o custo,  os personagens são milionários e se essa festa fosse na vida real custaria pelo menos meio milhão de reais e para que jogar tudo fora? É melhor mesmo cair na farra e aproveitar, porque o dinheiro ninguém vai devolver.

Pena que nada disso possa ser fácil de entender na hora do abandono, eu pelo menos assumo que jamais teria a cabeça fria de curtir a festa. Imagino que quando alguém está tão apaixonado a ponto de se casar não assimila um abandono em alguns minutos e vai para farra, justo a festa que planejou com seu amor.

Pelo menos até agora esse personagem da Maria Clara é um porre, boazinha, sempre certinha, arrumadinha e agora com essa reação super tranquila de um ser humano desenvolvido, maduro, consciente e equilibrado, deu vontade de quebrar a televisão, espero que mude e acorde para a vida, porque ela é tão chata na sua perfeição que acabei concordando com o noivo, tinha mais é que deixar ela na porta da igreja mesmo.

Iara De Dupont





3 comentários:

Anônimo disse...

Ola!!

Eu ja entendi a situação de maneira diferente,não achei que ela levou numa boa,achei que ela curtiu a festa por alivio e por orgulho,ela surtou a maneira dela,se sentiu sim humilhada,mas sempre soube que o cara era um mala,ela posou de superior para se sentir melhor,não transformou a situação,apenas explorou o outro lado da tragedia,que poderia ser pior,porque casar com aquele cara seria pior do que ser deixada no altar. Agora nao entendo como a familia do ex noivo dela é meio louca,não pelo lance gay do pai ,mas porque descartaram o filho problematico,tipo,se nao me aceita suma da minha vida,isso sim de pai e mãe pra filho eu nunca vi.

Anna

Anônimo disse...

Ai você falou tudo: uma mulher apaixonada é cega...
Mas ela amava e conheceu a pior face do seu noivo...
Eu tenho um relacionamento cujo amo a pessoa porém sei de suas falhas de caráter, assim como ela sabe das minhas...
O discurso que ela fez eu faria mesmo o amando de todo meu coração, pois quando vc ama, diz a verdade.
Já os apaixonados criam uma imagem falsa pra si da pessoa, idealizam...
Naquele momento a clara pôs toda sua frustração em relação a personalidade dele para fora, eu já achei bem corajoso e legítimo, não foi falta de amor, foi excesso de coragem...

Anônimo disse...

Tive contato com dois casos de noiva abandonada: O primeiro uma amiga da minha mãe. O noivo não apareceu, houve muita fofoca, ela se sentiu humilhada, largou o emprego e se aventurou a trabalhar de doméstica no RJ, só para fugir de tudo. Por lá ficou cinco anos, voltou e acabou se casando com o mesmo cara. Viveu um casamento terrivel, acabou se separando anos depois e ainda hoje sofre com esse relacionamento fracassado. O outro caso, de uma conhecida que investiu muito num casamento que não se realizou, porque o noivo desapareceu no dia marcado. Ela entrou na justiça no dia seguinte, por danos morais e materiais, não quis ouvir explicações furadas e exigiu ser ressarcida de todas as despesas com vestido, festa, cerimônia, móveis,decoração, roupas de cama, mesa e banho compradas para o novo apartamento, também comprado em sociedade com o noivo. O rapaz teve de vender o imovel e um carro para pagar a ela, ficando ainda devendo uma parte, que ela boazinha, dividiu em parcelas, para ele ter o desprazer de pagar mensalmente. Hoje ela mora com um outro homem e não quis mais saber de casamento formal. Duas atitudes diferentes, geradas por um problema em comum.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...