ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

23 outubro 2014

Aécio Neves: chega desse machismo ''disfarçado''

Aécio Neves




Significados de Leviano :



Por  (AP) em 20-11-2007
Que julga ou procede irrefletidamente, inconsiderado, imprudente, sem seriedade, precipitado.



Decidi desde o começo das eleições que não iria escrever sobre isso, tudo para fugir propositalmente das loucuras que acontecem no mundo virtual e de toda a violência verbal que gera.
Mas hoje saiu no portal do UOL esta matéria mostrando que o uso da palavra ''leviana'' pelo candidato Aécio Neves durante um debate com a Presidente Dilma incomodou as mulheres.

Um amigo ficou revoltado, veio me dizer que esses portais sempre escolhem seu lado e fazem questão de não esconder de ninguém  a famosa  ''linha editorial'' e que estavam explorando ''uma bobagem para fazer uso eleitoral dela''.
Mas como ele ficou muito irritado resolvi explicar a situação, que não tem nada a ver com política nem com corrida presidencial e não é nenhuma bobagem. E também não gostei da matéria da UOL, que deu voltas, falou, falou, mas em nenhum momento teve coragem de dar o nome a situação, que se chama ''MACHISMO''.

Existem palavras que só as mulheres  ''sentem'' o que foi dito e uma delas é  ''leviana''. Aécio chamou a Presidente Dilma de  ''leviana'' durante o debate, demostrando falta de respeito com o cargo que ela representa e um machismo assustador.
Até por estar em um debate poderia ter dito milhões de coisas, para isso existem adjetivos sobrando, deveria ter evitado os adjetivos preferidos dos machistas, até para dar uma disfarçada e não reforçar os rumores que correm por aí, dizendo que ele não trata bem as mulheres.

Já fui chamada de  ''leviana'' por razões profissionais e não esqueci. Assim como Dilma também poderia ter sido criticada pelo trabalho onde errei, mas alguém preferiu me chamar de ''leviana''. Quando entrei no teatro minha mãe foi chamada de  ''leviana'' por permitir minha entrada, novamente a mesma questão, poderiam ter usado milhões de adjetivos, mas escolheram esse.

A parte mais importante no discurso machista é desmontar o que a mulher diz, tudo sempre é colocado de maneira a duvidar ou fazer acreditar que a mulher é uma retardada que não sabe o que diz, ou pior ainda, é  ''leviana''.

E isso mostra claramente o machismo de Aécio porque Dilma tem motivos de sobra para ser criticada, eu como mulher critico abertamente seu governo que ignorou todas as questões que envolvem o universo feminino, não sou a favor de governar para um gênero ou outro, mas Dilma continuou mantendo os direitos da mulher brasileira no século XVIII. Aécio tinha material suficiente para jogar na mesa, mas preferiu ignorar tudo e chamar ela de ''leviana''.
Me assustou também a falta de respeito na qual se dirigiu a ela, fiquei pensando se trata todas as mulheres de sua família assim, com um sorriso sarcástico e ofensas. E se fosse um oponente homem? Também receberia dele as mesmas ofensas? Acho difícil.

Na época do presidente americano Bill Clinton, sua mulher Hillary Clinton era a que recebia os ataques. Dele diziam que era um ''caipira bobão'', já ele era uma ''maluca ambiciosa''. Até o jornalista Paulo Francis ao criticar Hillary disse que ela tinha ''uma bunda gigante e desproporcional''.

Não é aceitável em pleno século XXI que a política continue tratando as mulheres como intrusas e levianas. Deveriam receber os mesmos adjetivos jogados aos homens, competentes ou incompetentes, corretos ou corruptos.

E não me incomodo apenas pelo o que Aécio disse, o que me tira do sério é a quantidade de homens que eu conheço que usam o mesma violência verbal camuflada com suas mulheres. Que mulher nunca escutou de um homem que era uma  ''leviana''?

Lembro de uma vez que fui ao supermercado e meu Romeu me pediu algumas coisas. Não lembro o que aconteceu, mas me confundi com uma marca e comprei outra, quando ele viu disse que eu tinha errado, mas morreu ali o assunto. Meses depois que terminamos eu estava namorando com outro e ele disse a amigos em comum que esperava por isso, porque eu  ''era uma leviana''.

Na hora que cometi um erro bobo em um supermercado o machismo dele entendeu que era uma situação normal, mas estar com outro homem era coisa de mulher  ''leviana''.

Meu post não é a favor da Dilma nem contra o Aécio, é apenas a favor da vigilância verbal, essa que tantas agressões esconde.
Não podemos tolerar o machismo nem sua versão light, essa que vem em palavras que são ofensivas que tem sido utilizadas durante séculos para humilhar e submeter as mulheres.

Uma corrida presidencial sempre acaba em baixarias, os ataques são normais e acontecem em todos os países, a vida do candidato é revirada e fatos pessoais sempre interessam aos inimigos, mas o machismo não pode entrar como  ''fator extra'' na briga, porque já começa a desvantagem, em um mundo machista é muito fácil atacar uma mulher, sobram armas.

Dilma tem cometidos grandes erros no seu governo e Aécio podia ter lembrado alguns, mas mostrou que nada disso importa a ele que só consegue ver uma  ''mulher leviana’’ no poder. E se Dilma fosse mais jovem essa palavra teria uma segunda conotação, mas revela a ignorância de Aécio, porque Dilma pode ser qualquer coisa, menos leviana, sua trajetória política revela uma pessoa que pode ter todos os defeitos do mundo, mas não é  ''leviana''.
Imagino o terror mental que Aécio deve viver tendo que brigar pela presidência com uma mulher, deve ser uma tortura.

E falo disso porque sofri durante muitos anos violência verbal e conheço suas consequências. Não me importo se é um candidato a presidente ou a síndico, machismo não pode mais ser aceito dessa maneira disfarçada nem cheia de sorrisos sarcásticos. É verdade que com Dilma na presidência os direitos da mulher não saíram do lugar, mas pelo menos ela sabe que nós existimos. Já com Aécio fica a certeza de que ele considera todo o eleitorado feminino um bando de ''levianas''. Alguém deveria avisar o rapaz que são as ''levianas'' que fazem história e botam os machistas para correr.

Iara De Dupont


11 comentários:

Anônimo disse...

Sou mulher, não sou feminista e voto Aécio. Eu tenho certeza que ele não quis dizer que as mulheres políticas são levianas, mas sim que a Dilma é leviana. E concordo totalmente, além de ser despreparada e corrupta.

Anônimo disse...

Mas que bobagem! Fui militante partidário na juventude e perdi a conta das vezes em que ouvi o adjetivo "leviano" ou "leviana" ser usado como ofensa em contextos políticos, tanto contra homens quanto contra mulheres, indistintamente. Essa palavra é um verdadeiro clichê do debate político, independentemente do sexo da pessoa a que se refira. Leviana não é sinônimo de vagabunda! Emprestar conotação sexual a essa palavra é um sinal claro de incompreensão, de falta de vocabulário, de leitura e de experiência. Você não passa de um peão do PT reproduzindo a propaganda partidária na reta final de uma campanha indefinida, no sufoco de uma derrota imininente ou de uma vitória apertada, em que até os rebeldes mais periféricos precisam deixar a zona de conforto para se converterem em apoiadores, ainda que evitando o ônus de assumir a defesa explícita do partido, mas rebaixando o seu oponente a um nível inferior, sob um pretexto qualquer, com ou sem consciência do papel que exercem.

Iara De Dupont disse...

Esse é um dos motivos pelos quais resisti bravamente em escrever sobre a corrida eleitoral, a maneira rasa e primária como o debate é visto no Brasil.
Se eu disser alguma coisa positiva pela Dilma é porque sou um ''peão ignorante do PT'' e se eu disser alguma positiva sobre Aécio seria então uma radical burguesa da direita.
Perco assim meu direito fundamental, que é analisar os dois candidatos sem ser julgada por um lado ou outro. Mas aqui no sítio Brasil um debate desses é colocado no mesmo nível que um debate religioso, com fanáticos fundamentalistas de ambos os lados.

Por isso o Brasil é um país tão precário de estrutura mental, ainda não saiu dessa divisão de ''rosa ou azul?''.

E pelo o que vi no debate quando Aécio disse ''leviana'' não me pareceu que estava dizendo ''vagabunda'', o seu tom e sorriso sarcástico cheio de raiva parecia dizer ''estúpida''. Mas levando em conta o que dizem de Aécio por aí e como ele resolve as discussões com as mulheres, tenho que concordar, é melhor ser chamada de leviana do que levar uns tapas.....

Anônimo disse...

Engraçado que nos dois comentários aqui eu vejo pessoas aliviando a barra pro lado do Aécio do mesmo jeito que costuma- se fazer quando uma mulher é molestada no ônibus, assediada pelo chefe, perseguida na rua ou acuada por algum projeto de estuprador na balada que não respeita o não. "Ah, é exagero, ele só é insistente, não tem nada demais, você não devia ter feito isso, foi falta de educação, blá blá blá defecação oral" quando o sujeito só faltou estuprar a mulher em plena rua, ou ônibus, ou balada, na frente de todo mundo, e a mulher reagiu. O velho esquema de aliviar a barra pro lado dos homens em detrimento das mulheres. Perceberam? Não é porque a criatura é mulher ou militante de esquerda que não são machistas. Pelo contrário, os machistas tão avançando em todos os espaços... e marcaram presença firme aqui...

Anônimo disse...

Só quem acompanhou de perto o governo aecio em MG pode dizer o que é ser governado por ele...não sou militante do pt e considero essa eleição, a eleição da falta de opção.

Anônimo disse...

Não concordo, ele disse "leviana" no sentido de irresponsável. E se a Dilma o tivesse chamado de leviano??
Desculpa Iara, mas às vezes o seu feminismo faz vc enxergar pelo em ovo ou chifre em cabeça de cavalo. Não acho que o Aécio tenha dito a palavra "leviana" por machismo. Foi uma maneira de expressar que ele a considerava irresponsável a respeito do tema em discussão.

Iara De Dupont disse...

Não se preocupe, várias pessoas já me disseram que meu feminismo me faz ver chifre em cabeça de cavalo, mas as milhões de mulheres mortas pelo machismo ninguém vê..........

Iara De Dupont disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Iara De Dupont disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana Lorena disse...

Adorei o texto. A palavra leviana é realmente pesada. No nordeste ela ainda é muito usada no sentido de 'mulher da vida'.

Carol disse...

Concordo com cada palavra!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...