ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

16 setembro 2014

''Podia ser pior''. É sério isso? É.





Tive um namorado que trabalhava muito, mas era grosseiro comigo e cortante. Uma vez disse isso para minha avó e ela respondeu ''agradeça a Deus que ele gosta de trabalhar, podia ser pior!''.

Escutei essa frase ser dirigida a todas as mulheres da minha família, não importava qual era o problema do Romeu porque ''podia ser pior''.

Essa frase ''podia ser pior'' esconde muitas coisas, entre elas aquela velha história de que nós, mulheres, temos que tolerar comportamento masculinos absurdos e violentos. Parece então que todos os homens são agressivos e loucos, se a mulher achar um homem que não apresente mais de um comportamento maluco então está tudo perfeito.

Uma das minhas primas se casou com um mulherengo e escutou a vida inteira que ele era um ''ótimo marido'' porque pagava as contas e era responsável com os filhos. Essa prima era metida, se achava linda, maravilhosa e sofreu demais com esse casamento, se sentia humilhada com o marido que tinha várias mulheres, mas todos diziam que nada disso importava, o ponto principal é que o rapaz era ótimo marido e mulherengo não era uma coisa tão ruim assim, já que ''podia ser pior''.

Como fui educada de maneira machista aguentei muitas situações porque fazia a matemática errada, pensava que se o Romeu não bebia, não era mulherengo e se concentrava no trabalho era um bom namorado. Ignorava que me tratava mal, humilhava e me cercava por todos os lados. E recebia o apoio de todos porque Romeu parecia um grande rapaz.

Não sei a origem nem onde nasceu essa ideia de que mulheres são obrigadas a tolerar todas as falhas de caráter de um homem porque ''podia ser pior''. 

Como tenho afiado muito meus ouvidos fico assustada de ver como essa história se repete, a quantidade enorme de mulheres ignorando defeitos que as atingem. Uma amiga namora um ''ótimo Romeu'', mas na primeira vez que fui com eles comer uma pizza percebi a situação, muito simpático o rapaz, mas tudo o que minha amiga dizia ele respondia com ''isso ou aquilo é bobagem dela''.

Se chego em um grupo de pessoas e falo que procuro um Romeu de bom caráter e decente vão me dizer que estou sonhando e sou uma romântica, alguém vai me lembrar que não existem príncipes. Mas eu não sou uma princesa e tenho bom caráter, então se eu existo, o outro também pode existir.

E essa questão pode cobrir os dois lados, tanto existem Romeus que são trabalhadores e sérios, mas abusivos com suas mulheres como existem Romeus meigos e gentis, mas encostados que vivem às custas da mulher. Parece que a mulher é obrigada a aguentar qualquer falha de comportamento do homem, como se isso fosse o preço da convivência com o outro gênero.

E não falo sobre seres humanos perfeitos porque eles não existem, falo sobre a suposta obrigação social que jogam em cima das mulheres para que tolerem todas as falhas de caráter do seu Romeu, como se isso fosse normal, mas não é. Ser maltratada, abusada ou humilhada não é uma coisa saudável nem um comportamento aceitável e não importa que esse Romeu trabalhe e pareça ser boa pessoa.

Mulheres não são depósitos de tolerância e assim como ''podia ser pior'' também ''pode ser melhor''. O mundo não é feito apenas de homens que prestam fora de casa e são péssimos dentro dela.

Tolerância nos relacionamentos deve ser abaixo de zero se envolve alguma violência. Já escutei mulheres dizendo que vão se separar e alguém diz ''pensa direito porque fulano é bom marido''. Ora, se fosse a mulher não iria pensar em se separar!

Eu aguentei demais porque me diziam que as coisas eram assim, já que ''podia se pior''.

Mesmo com a mudança de leis não houve ainda uma mudança de mentalidade, mulheres continuam sofrendo com a falta de apoio quando se deparam com um Romeu maluco, ainda existe a crença de que homens são animais descontrolados, empurrados pela testosterona e ninguém segura. 

Ser violento, agressivo, se drogar, beber, ter várias mulheres, agredir a namorada, nada disso é característica masculina, isso é falha de caráter e qualquer mulher que perceber isso deve se afastar na hora.

E o sentido real da frase ''podia ser pior'' é ''mulheres tenham medo dos homens, porque se eles quiserem vocês morrem em suas mãos''. Parece que é isso que nos dizem por todos os lados, é melhor ignorar qualquer falha de caráter masculina porque se ele quiser você morre.

Fico cada vez mais atenta as coisas que acontecem ao meu lado e na minha cama durmo de olhos abertos. Já aprendi que não sou obrigada a tolerar falhas de caráter nem abusos de ninguém, mas sei que o outro lado ainda não foi informado. O mundo continua machista e fora de controle, tratando as mulheres como carne moída. Não acho que ''podia ser pior'', já está sendo. E um dia vai ser ruim para eles também, não existe na história grupo de oprimidos que não se levantou, é a lógica da existência humana se libertar do sofrimento e nós, mulheres, já sofremos demais vivendo debaixo de tanto medo.


Iara De Dupont


3 comentários:

Anônimo disse...

Minha maneira de ver a coisa pode nao estar certa,mas acho que com tudo o que conquistamos ainda damos ao homem o poder de nos subjugar,sim poderia ser muito melhor. A mulher ainda ve o casamento como um trofeu e se submete muito,hoje com independencia financeira a mulher poderia impor certas regras,porque se sujeita a tanta humilhacao? Ah porque fomos criadas assim e assadas. Se nao mudamos nossa mentalidade os homens continuarao deitando e Rolando,ahh mas eles dominam o mundo e fazem questao de manterem as coisas como estao,mas e nos,fazemos o que? O principe nao existe,mas se exigimos deles uma postura digna das duas uma,ou ele cede ou some,e nas duas hipoteses saimos ganhando,pode parecer simplista demais,mas e assim que vejo. Vou ler um livro de um psicologo que se chama "O poder dos outros", sobre o poder que transferimos aos outos na nossa vida,talvez me esclareca as ideias.
Bjs

Anna

Alessandra Tofoli disse...

E ainda hoje vejo alguns movimentos de mulheres dizendo que não precisam do feminismo. Tá bom !

Claudia disse...

A resignação consegue tirar a voz de quem pode vir a ter dúvidas, como se querer algo diferente fosse ruim.
Acham que é trocar o certo pelo duvidoso, mas só quem está ali sabe o que passa, palpites "pra ajudar" muitas vezes atrapalham mais que qlqr coisa...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...