ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

17 setembro 2014

MasterChef: a linha que divide os vegetarianos dos carnívoros

Resultado de imagem para master chef


Alguém me disse uma vez que as diferenças entre as pessoas são o primeiro
passo para encerrar qualquer tentativa de dialógo.


Por mais que se tente nem sempre podemos lidar com a maneira do outro pensar, nem todos os dias acordamos tolerantes e cheios de paciência.
Assisti semana passada o programa ''MasterChef'' e vi como todos os candidatos vegetarianos foram eliminados. Em teoria essa escolha está correta, seria impossível para vegetarianos ficarem em uma competição onde até coelhos irão para a panela, seria um sofrimento terrível para quem gosta de animais ter que cozinhar todos.
Mas tirar os candidatos vegetarianos é uma coisa, faltar com o respeito é outra. Um deles apresentou um prato com proteína de soja e a chef Paola Carosella disse ''para mim proteína de soja tem aparência de comida de cachorro''.

A proteína de soja é como qualquer alimento, sua aparência depende da maneira como é preparada, mas são esses comentários que irritam os vegetarianos. Para começar não existe nada de errado com comida de cachorro, se a chef tem algum problema com a aparência da comida que vá a fábrica e mude isso.

Não acho a proteína de soja parecida com a comida de cachorro, mas se vamos começar a argumentar nesse assunto existem coisas que me incomodam, como a carne. Não entendo como uma chef acha que proteína de soja parece comida de cachorro mas acha normal pegar um animal, separar os pedaços e cozinhar, não consigo pensar em nada mais nojento e mais próximo de comida de cachorro do que centenas de ossos no chão. Para mim nada me parece mais assustador do que animais mortos sendo cortados em mil pedaços e ver o sangue caindo pelo chão, isso me parece a visão do apocalipse.

Já me vi obrigada a sair da mesa porque algumas pessoas começaram a comer frango à passarinho e a chupar os ossos, coisa que me parece tão grotesca que não posso descrever.
Também não vou a churrascarias porque não aguento ver os espetos com a carne pingando, me sinto no século XVII. Até quebrar um ovo me parece asqueroso, por culpa do cheiro.

E vou fazer o que? Fico quieta, não saio dizendo isso para os carnívoros que conheço, tento manter a linha do respeito porque cada um sabe o que quer de sua vida e se não sabe um dia vai saber, não precisa que eu diga nada.
Um namorado reclamava da minha geladeira, dizia ele que sempre cheirava a legumes podres e eu reclamava da geladeira dele, sempre cheirando a morto, parecia gavetas do IML (Instituto Médico Legal) sempre tinha presunto, carne, peixe, tudo que era bicho morto estava ali.

Entendo a importância da aparência na comida, isso é fundamental para os grandes chefs, mas não existe uma só regra, eles podem achar lindo um prato com costelas, já eu como vegetariana acho grotesco ver aqueles ossos saindo de um prato no meio do nada. Também passo mal com peixes inteiros na mesa, ali jogados com os olhos abertos, me parece uma visão do inferno.

Essa é a linha que divide os vegetarianos e os carnívoros, eles acham um nojo proteína de soja e os vegetarianos, nos quais eu me incluo, achamos um nojo abrir um animal, cozinhar e comer. Mas do que adianta  os dois lados se detonarem? Não resolve nada e só enterra as discussões que são necessárias, como a ética na alimentação. E a proteína de soja é uma grande solução para as pessoas que não comem carne, é cheia de nutrientes e fácil de cozinhar e já  chegamos ao ponto de começar a discutir o futuro de alguns alimentos, principalmente da carne por tudo que envolve em sua produção. Só Deus sabe que alimentos vão sobreviver a fúria humana e sua mania de destruir tudo e sair por aí dizendo que parece ''comida de cachorro'' não vai resolver nada, porque talvez em um futuro não muito distante só reste proteína de soja para comer e quando esse dia chegar não adianta se jogar no chão e chorar, vai ter que engolir a comida.

Iara De Dupont




3 comentários:

Fátima disse...

Penso que tudo deve ser dosado. As pessoas devem pelo menos por segundos, deixar de levantar a sua bandeira para ler o que está escrito na bandeira do outro. Se eu for xiita em relação aos meus hábitos e costumes, não vou me permitir abrir ao novo. Não sou vegetariana, já vi alguns pratos veganos para os quais meu estomago virou de costas, mas também não vou sair por aí, comendo coelhos e tartarugas. O programa de TV deveria abrir espaço sim para novas idéias e novos tipos de culinária, porém que esses pratos também sejam bem apresentados pelos seus criadores, sejam eles "carnívoros ou herbívoros"!

Anônimo disse...

Não sou vegetariana mas já comi alguns pratos vegetarianos muito bons. Uma vez comi um bolinho de soja que nem dava pra perceber a diferença da carne pra soja. O meu lema é: não interessa se é vegetariana, onívora ou vegana, se a comida é boa eu como. E se as pessoas fossem menos preconceituosas, talvez já houvesse pesquisas sérias e mercado pra substitutos de carne, substitutos que poderiam diminuir substancialmente o impacto ambiental da pecuária. E a tal da "carne de proveta", onde foi parar? Porque ninguém botou no mercado pra testes ainda? A verdade é que as pessoas não querem tentar mudar, abrir a mente pra experimentar novas possibilidades, coisas diferentes, é dolorido demais fazer isso. Preferem continuar como está e depois, quando tudo e esgotar e afundar, ficar chorando e perguntando por que aquilo aconteceu. Humanos...

Guilherme Batista disse...

Olá Iara!

Sou o candidato que fez a soja, justamente. Gostei muito de seu texto, defendeu uma posição que eu defendi bastante também.
Muito obrigado por acreditar no vegetarianismo como excelente estilo de vida.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...