ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

30 agosto 2014

Assim nunca gozei



Ainda tento entender o mundo, apesar dos meus esforços. Cansei de escutar que a humanidade avançou, mas desconheço toda a profundidade desse avanço.

Querendo ou não tudo o que vemos na televisão é reflexo do que está acontecendo no planeta. Se alienígenas chegassem amanhã poderiam tentar nos entender assistindo as propagandas que invadem nossas televisões e celulares.

Há muitos anos eu deixei de ser uma consumidora ''perfil'', já que nenhuma marca me representa, pelo contrário, a maioria faz questão de me afastar, como essa do sabão em pó que tira manchas. Nunca gozei como as moças do comercial quando a roupa sai limpa da máquina. Talvez eu seja uma ''frígida'' para o fantástico mundo da publicidade, mas não lembro ter tido orgasmos ao perceber que o tal sabão em pó tira manchas até de molho de tomate.

Vendo a felicidade alheia só posso concluir o que sempre desconfiei: sou anormal. Eu deveria esconder isso e sorrir, mas diante da propaganda fica claro que não sou uma mulher ''normal''. Também não apresentei sinais de taquicardia nem suspirei ao ver um produto de limpeza três-em-um.

Não sou a modelo de corpo e pele perfeita que aparece no anúncio do sabonete, não sou a dona de casa que goza com seu sabão em pó, nem a moderninha que dá pulos de alegria ao perceber o cheiro que um produto deixa no ambiente. Sendo assim não existo para o mundo da propaganda, sou invisível. Esquecem que ainda consumo, apesar de ninguém me ver, vou ao supermercado e compro, escolho o sabão em pó e já usei esse do orgasmo, o tira-manchas, mas nada aconteceu comigo, acho que tenho a libido baixa.

Mulheres sempre foram usadas de maneira depreciativa para vender todos os produtos, mas agora as coisas mudaram, a humanidade avançou e elas foram além, segundo os publicitários, porque elas vendem os produtos e gozam com o alto desempenho deles na máquina de lavar roupa e na esponja da pia.

Eu assisto tudo e me pergunto ''poxa, o que tem de errado comigo?''. Não consigo vibrar com todas essas possibilidades de prazer que a propaganda me oferece.

Sou invisível para esse mundo que não consegue perceber a presença de mulheres como eu, que trabalham, estudam, levam sua vida, mas por algum motivo hormonal não conseguem gozar com um sabão em pó que tira manchas.

A melhor parte de ser ''anormal'' é quando se reconhece isso. Não sinto falta de ser incluída na publicidade, mas fico magoada quando não vejo ninguém como eu e os sonhos vendidos ali me parecem pequenos demais.

Uma vez me disseram que eu não ''enlouquecia'' com o sabão em pó porque não lavo roupa e não sei como ele é maravilhoso. Mas eu lavo minha roupa há anos e nunca achei nada de incrível no sabão em pó.

O sabão é bom!

Verdade, já usei, funciona de vez em quando. Em um Natal coloquei uma toalha de mesa e uma vela verde chinesa, que derreteu e manchou tudo, mesmo com meu choro o sabão não tirou a mancha. Está até hoje ali, me lembrando que nem todas as promessas são cumpridas e nem todos os produtos de limpeza levam ao orgasmo.

Talvez um dia mande um e-mail para algum terapeuta de site famoso e pergunte porque sou tão frígida ao assistir televisão. Não tenho a menor ideia de qual seria a cura, mas se existe quero saber. Tenho essa vontade no fundo da minha alma, não quero mais ser invisível para os publicitários. Quero ser incluída no perfil de consumidora, porque meu dinheiro é igual ao de todos, não é porque eu não gozo com o sabão e seus efeitos que posso ser discriminada dessa maneira. Aviso aos publicitários: com ou sem orgasmos de sabão eu existo.

Iara De Dupont



3 comentários:

Patrícia disse...

A maioria das propagandas são tão idiotas que tenho vontade de soltar foguetes por não me sentir representada, acho que também sou anormal rs

Dani Zanelato disse...

Quase gargalhei no escritório agora Iara!

Fátima disse...

Sabe o que me faz rir nos comerciais de produtos para uso domestico? As donas de casa são sempre modelos, lindas, magras, mãos bem cuidadas, delicadas...nunca mostram uma pessoa realmente usando aquele produto, ou no mínimo sabendo como usar...comerciais de produtos para limpeza de piso, e quem usa não sabe segurar uma vassoura, ou uma dose de sabão em pó na máquina que causaria certa bagunça na área de serviço...me lembram o comercial da carne em que o possivel consumidor famosão até se esquiva na cadeira, quando vê o bife. Um amigo diz que nunca viu um comercial de shampoo, antes da invenção da progressiva, com modelos que realmente possuiam um cabelo que necessitasse daquele produto. Sempre cabelos lindos que lavando ficam ótimos...rs

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...