ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

07 julho 2014

Padrão FIFA: eles nunca disseram que eram éticos


Não acompanho futebol, mas já li várias vezes alguns jogadores estrangeiros reclamando dos dirigentes dos clubes e do calendário que montam, grudando muitos os campeonatos e levando os jogadores a exaustão e a lesões.

Também vi essa mesma queixa em outros esportes, sempre tem alguém dizendo que quem monta calendários de eventos esportivos nunca competiu, porque não sabe o cansaço que isso gera.

Mas como não sigo de perto o futebol acreditei que algumas coisas tinham mudado. Meu pai era fanático de biografias e sempre tive na minha casa muitas sobre jogadores, especialmente dos anos quarenta, cinquenta e sessenta. A história se repetia, jogadores explorados por clubes, empresários, torravam o pouco que ganhavam e depois cheios de lesões eram jogados no lixo pelos dirigentes, que nem atendiam mais os telefonemas deles.

Por ter sido o gênio que foi a história de Garrincha é a mais chocante, ganhou pouco, foi roubado por todos, teve o joelho arrebentado por cirurgias experimentais e acabou na bebida, sem dinheiro, como centenas de jogadores.

E muita gente me disse que a fortuna de Ronaldo hoje comprova que tudo mudou, jogadores não estão mais a mercê dos clubes nem sendo explorados, mas depois da tragédia que aconteceu com o Neymar, quando recebeu uma joelhada pelas costas que causou uma fratura de vértebra, durante um jogo do Brasil com a Colômbia agora na Copa do Mundo, fiquei com dúvidas.

Como qualquer brasileira tenho meses sendo perturbada com o que se chama ''Padrão FIFA'' e todas as exigências da entidade. Desde que o Brasil foi anunciado como o local da atual Copa dirigentes da Fifa vinham quase todos os meses checar o andamento das obras, se irritavam, ameaçavam com mudar de lugar e exigiam mais. O governo ajoelhou logo, tirou os impostos deles e garantiu o lucro de 100%.

Há três anos escuto sobre o ''gramado perfeito'', ''as cadeiras ideais'', ''a venda dos ingressos'' e coisas assim, mas só agora reparei que nunca escutei a FIFA dizer ''os jogadores''.

O padrão deles se estende apenas aos lucros e a parte material, era importante ter bons estádios para vender mais ingressos, não porque estão preocupados com a segurança do público. Não sei se foi inocência e ingenuidade de parte de nós brasileiros, mas eles nunca disseram que esse ''Padrão FIFA'' incluísse um padrão ético.

Eles nunca chegaram aqui dizendo que seriam tão rígidos e justos com os jogadores como são com a grama dos estádios. Jamais deram entrevistas falando sobre sua moral e ética na maneira de organizar os jogos ou diante das equipes, só falavam de dinheiro.

E durante o incidente onde Neymar foi atacado pensei nisso e fiquei gelada, um espetáculo desse tamanho passa na nossa frente e não percebemos que é apenas um espetáculo de cristãos sendo jogados aos leões.

Não sou médica, mas uma coisa eu sei, não se pode remover uma pessoa com suspeita de lesão da coluna como removeram Neymar no meio do campo. Qualquer ambulância do SAMU teria feito um trabalho melhor e por que não fizeram isso? Porque não existe ''Padrão FIFA'' para um jogador, a Fifa quer saber das cadeiras do estádio, mas não colocou nenhuma equipe de resgate que soubesse o que qualquer um sabe neste mundo, para remover alguém com suspeita de lesão na coluna é necessário uma espécie de prancha, não aquela maca ridícula que a FIFA usa, que poderia pelo menos ter as laterais removíveis.


Ah, mas a equipe que removeu o Neymar não sabia que ele tinha tido lesão na coluna!

É? E por acaso quando chega uma ambulância eles sabem o que a pessoa tem? Ninguém ali é médium, eles não sabem, por isso sempre protegem a coluna e o pescoço antes, eu já vi morador de rua que tinha levado um tombo ser removido de maneira mais adequada do que o Neymar foi.

Se Neymar tivesse tido uma lesão mais séria só pela maneira pela qual foi removido teria ficado pior.

Mas quem se importa com os jogadores? Eles são carne moída às ordens da FIFA, a maioria chegou cansada dos campeonatos europeus, foram colocados para jogar a uma da tarde debaixo de trinta graus e cadê o ''Padrão FIFA'' humano?

É justo fazer isso? Sem jogador não tem jogo, mas a FIFA não quer nem saber. Assim como a CBF também não se importou e manteve o Neymar em campo, mesmo depois do Brasil já estar garantido, poderiam ter tirado ele e evitado a pancada que levou depois, mas quem disse que jogador vale alguma coisa?

E vale tão pouco que agora dirigentes de clubes tentam desesperados reduzir o tempo de recuperação de Neymar, precisam dele em campo o mais rápido possível, antes que os anunciantes comecem a apertar. Rumores dizem que nesse último jogo se cogitou dar uma folga a Neymar, porque tinha levado uma pancada na coxa no jogo anterior, mas os patrocinadores não quiserem nem escutar, Neymar é o jogador que mais rende dinheiro e eles querem o menino em campo, se possível para agora.

Espero que a família de Neymar tenha lido alguma biografia de jogador e possam perceber a importância de resistir, nem que isso signifique quebrar contratos e levar processos. Neymar precisa de tempo para se recuperar, a FIFA não sabe, mas eu conto, ele é um ser humano, um menino, não é um boneco de cera que gera milhões e suas vértebras não são feitas de plástico. É importante que a família de Neymar tenha isso claro, só eles e os fãs querem o melhor para Neymar, o resto, todas as organizações e clubes, querem apenas o dinheiro que ele gera, mesmo que isso signifique colocar ele de pé até os ossos todos se desfazerem. O seu clube na Espanha, o Barcelona já mandou um médico e tenho certeza que estão se lixando para Neymar, o menino, querem saber quando vão poder colocar em campo Neymar, a máquina de fazer dinheiro.

E não foi só Neymar que mostrou a cara da Fifa, todos os jogadores vem apanhando horrores no campo, mostrando a real preocupação da Fifa, que sempre manda molhar e arrumar o gramado antes dos jogos, mas fecha os olhos para todos esses jogadores se espancando no meio do campo, a agressão é aberta e ninguém faz nada, parece uma competição entre dois times para ver quem deixa mais adversários machucados, parece mais importante quebrar as canelas de quem está com a bola do que fazer gols.

A FIFA é assim, se a polícia pega um cambista meio- boca a FIFA surta e manda a assessora dizer que isso não será tolerado, mas se o cambista é o filho do vice-presidente da organização, então tudo bem. Se falta dinheiro ou alguém não cumpre com as regras, eles caem matando e na mesma hora exigem uma punição, mas se um jogador lesionar o outro a punição será estudada durante dias e sempre é uma coisa passageira e sem maiores consequências.

Fica claro agora que o ''Padrão FIFA'' não inclui a ética nem o ser humano, se limita a lucros e gramados perfeitos. O melhor seria então que a FIFA pudesse se unir com outra organização que levasse em conta os jogadores e suas lesões, porque eles não são animais no abate, nem feitos de borracha, são seres humanos que estão ali para jogar, não para serem usados por uma entidade.

Ah, mas os jogadores ganham milhões!

Isso não muda nada, respeito é respeito, o ser humano não é objeto nem caixa eletrônico. Qualquer pessoa que passar por um acidente e tiver suspeita de lesão na coluna será removido pela ambulância do SAMU de maneira mais correta do que Neymar foi, na hora do vamos ver trataram ele como se fosse um cachorro sarnento que pode ser removido de qualquer maneira. E agora a FIFA e a CBF devem estar chorando pelos cantos, por todo o dinheiro que perderam com a lesão de Neymar.

Fiquei de coração quebrado quando vi o menino jogado aos berros naquele campo e sendo removido de maneira inadequada, quando ele mesmo apontava para sua coluna e chegou a dizer a outro jogador que não sentia as pernas. Lembrei de todos os jogadores que foram machucados e o clube se limitava a dizer ''manda outro'', como se fossem gado.

Essa tragédia do Neymar deveria servir para a humanização do futebol, acabar com toda essa violência, colocar multas altas e expulsão a quem machuca seus adversários e para pensar duas vezes em que tipo de humanidade nos transformamos, onde um gramado é mais importante do que uma prancha simples para a remoção de alguém com lesão na coluna. Que inversão de valores é essa que permitiu um estádio ser decorado com lindas cadeiras e não tratou um jogador da maneira adequada?

A FIFA é uma multinacional, uma empresa poderosa e apenas reflete os valores atuais, onde só importa o lucro e as vendas, os jogadores para eles não passam de carne moída que usam para fazer seus hambúrgueres. Mas a dor no rosto de Neymar durante a pancada e depois ao deixar uma mensagem para todos nos mostra que nada supera o fator humano, podemos negar, mas ainda somos humanos e devemos ser tratados como tal. Neymar provou isso, não existe ali um robô, é apenas um menino de vinte e dois anos. 

Nenhum lucro no futebol pode estar acima da integridade física de um jogador. E este planeta não é feito de bonecos de cera, se tantas pessoas amam o Neymar é porque podem ver ali o menino que joga futebol com arte, a essência humana, não é um robô.

Há anos este mundo se perdeu, colocou preço na cabeça de todos e convenceu o planeta que a única coisa que importa são os lucros, mesmo que isso custe a vida de alguém. Ver Neymar jogado no campo aos berros deveria marcar um novo começo no futebol, que nunca existiu antes, onde jogadores são mais importantes que o gramado e o estádio com as luzes certas. Isso poderia mudar a humanidade, um novo começo onde a vida humana deve ser preservada e respeitada, um novo mundo onde um ser humano vale mais do que um ingresso para um jogo.

Iara De Dupont

Um comentário:

clarissa disse...

Oi, Iara, concordo com você em tudo... ontem eu vi na tv que queriam fazer um bloqueio, uma espécie de analgesia direto no nervo, e botar o menino em campo!!! a primeira coisa que pensei foi: MEUDEUSDOCÈU!!! ainda bem que não deixaram... Que bom que não sou só eu que pensei na SAMU quando vi este guri sair a la louca de campo... beijos

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...