ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

15 maio 2014

Só choro fim de namoro se ele for rico...


É estranho como de repente acontece alguma coisa e a gente lembra de alguma pessoa.

Ontem aconteceu isso, lembrei de uma amiga da minha mãe, muito engraçada, divertida, parecia sempre de bem com a vida.

Quando eu tinha dezesseis anos cheguei em casa chorando, tinha brigado com um namoradinho, nem era Romeu de tão inocentes que éramos.


Essa amiga estava na minha casa conversando com minha mãe e me perguntou porque estava chorando e eu contei a história, dei aqueles detalhes bem adolescentes, ''ele disse isso e depois aquilo'', ''falou que ia ligar e não ligou''.


Ela escutou tudo com calma e me perguntou:

-Bom, o namoro terminou? E se acabou o que você perde?

O que eu perco? Imagina, era o amor da minha vida!


E ela insistiu:

-O que você perde com esse fim de namoro? 

Como não entendi ela me explicou:

-A gente nesta vida só pode perder dinheiro e saúde. Você perde a saúde com o fim do namoro? E dinheiro? Ele é como você ou te dá alguma coisa a mais?

Minha mãe não gostou da conversa e cortou, disse para a amiga dela parar de encher minha cabeça de ''maluquices'' e que finalmente meu coração estava quebrado, não era assunto para discutir. E a amiga dela não gostou e soltou os cachorros e falou:

-Ah, me poupe, Lupe! Essa menina tem dezesseis anos e está chorando como se tivesse cinco. O que eu quero saber é o seguinte, ele te dava bons presentes, coisas caras? Se o namoro acabou você não tem mais acesso a castelos na França nem restaurantes em Mônaco?

Não entendi nada e disse que ele era como eu, de classe média, da onde ela tirava essa história de castelos na França? A gente morava perto, ele nem tinha carro e íamos a Avenida Paulista no cinema que a gente dividia, às vezes o pai dele liberava mais grana e a gente corria para o McDonalds e como os pais dele trabalhavam o dia inteiro a gente ficava horas na casa dele. De que porra de restaurante em Mônaco, ou Bélgica ela estava  falando?


E os olhos dela brilharam e começou a me dizer:

-É isso que quero te explicar, se você for chorar por homem vai chorar a vida inteira, seja realista, só chore por coisas perdidas, se você estiver namorando um cara muito rico e então ao terminar o namoro você perde acesso a aquela vida de rainha, então chore mesmo, afunde sua cabeça em um balde, mas se começar a pegar essa mania de chorar por um ''pobre diabo'' não vai parar de chorar nunca mais, porque o que não falta nesse mundo é homem fudido. Minha filha a vida não se faz de lembranças, se faz de matéria! Chore em cima de um colar de diamantes, mas vai chorar em cima de uma caixa de chocolate Bis? Presta atenção, a vida é uma troca, a gente conhece o homem pelos presentes que ele dá e sempre o atual tem que ser melhor que o anterior. Não se troca só amor e energia em um namoro, presentes sempre são bem vindos e de preferência caros!

Essa senhora era divorciada, casou duas vezes, sabia do assunto. Mas minha mãe ficou muito brava e começou a dizer para ela que dinheiro não é tudo na vida, sentimentos não tem preço e ninguém deve esperar nada de ninguém, se eu quisesse um castelo na França que trabalhasse para comprar, não ficasse dependendo de homem pra isso. E minha mãe estava tão brava que disse:

-Minha filha não é prostituta! Se quiser um castelo ou comer em Mônaco que conquiste isso!

Dei total apoio a minha mãe, ela estava certa, se eu quiser um castelo na França, que diga-se de passagem é mais barato que um apartamento em São Paulo, eu trabalho e compro, não preciso de homem para isso.


Mas a amiga dela não parava e disse:

-Vocês estão sendo duas ilusas, achando que a vida é isso, pelo amor de Deus! Todos os homens são a mesma coisa, a única coisa que muda é o prazer que cada um pode te dar e se você considera orgasmos prazer, então vai pela vida catando esses pobres diabos, mas se um  dia evoluir vai perceber os milhões de prazeres que só o dinheiro compra. E vou dizer uma coisa as duas, não adianta se comportarem como damas com os homens, para eles todas são ''putas''. Os presentes que vocês se recusarem a receber porque são muito ''dignas'' não serão devolvidos a lojas, as amantes aceitam. E sabem o que mais? Não leva a lugar nenhum ter uma ''xoxota assistencialista'', só serve para os homens se aproveitarem de vocês, puxarem a energia e no fim vocês acabam pagando as contas, por culpa dessa ''xoxota socialista''.

Não lembro depois o que foi dito, minha mãe sempre foi muito firme, quando ela diz '' a conversa se encerrou'' nem o diabo teria coragem de continuar, então acho que  terminou ali mesmo.


E há uns dias me peguei pensando uma coisa e disse isso pra minha mãe. Eu estava lembrando de um ex- Romeu e senti saudades, mas logo lembrei que a situação econômica dele era muito precária, então se eu estivesse com ele agora teria mais contas do que alegrias na vida e me deu um alívio pensar que não estou com ele, esse pensamento foi um consolo, porque fiquei pensando em tudo que teria colocado na mesa até hoje e como isso teria me enforcado, então em teoria não perdi nada com o fim do namoro, foi até uma benção.


Não acho que as pessoas valem o que têm no banco, sou humanista, jamais diria isso, mas hoje entendo o que a amiga da minha mãe quis dizer, isso vale para os dois lados, sempre me vejo obrigada a esclarecer isso, falo de homens porque sou hétero, mas é a mesma coisa para os dois lados, tanto é assim que meu último namorado me trocou por uma milionária e está super certo, ela pode dar o que eu no momento não posso dar e se pudesse não seria tão otária de dar, porque sei que ele é um encostado.


Mas acho que já saiu de moda sofrer por alguém, principalmente se isso não muda em nada tua vida, se vai continuar nas mesmas, pra que se jogar no chão chorando? Lágrimas são diamantes e não devem ser derrubadas por qualquer um.


Hoje entendo cada palavra do que foi dito aquele dia. Até porque lembrei de um detalhe, quando eu me mudei para meu apartamento meu namorado na época me deu todas as panelas e coisas de cozinha, mas como eram coisas de qualidade e caras estão comigo até hoje, foi o único namorado que tive que me deu um bons presentes. O namoro acabou, mas minha cozinha ainda está bem equipada porque ele comprou tudo. Acho que era isso que a moça queria dizer, se for para chorar que seja pela matéria, nunca pela pessoa, porque pessoas passam, magoam e vão embora, mas as coisas materiais ficam, que o digam minhas super panelas.


Iara De Dupont

3 comentários:

C.Belo disse...

Muitos pensariam que vc é uma materialista (prepare-se para o "anônimo"...rs), mas eu entendo BEM o que vc quer dizer.

E que bom que vc mencionou que isso vale para os dois lados, isso, espero, já vai de antemão acalmar feministas radicais e machos de direita.

Acredito que, de fato, amor é mais importante que grana, mas amor não sustenta uma relação sozinho, como vc bem esclareceu, uma relação é troca. Sábio é vc se doar na medida em que recebe, seja emocionalmente ou financeiramente, senão vc certamente levará à ruína a relação que até poderia vir a ser excelente! Isso pq o lado que só recebe dificilmente será estimulado a dar algo se não houver uma demanda, vai encostar até desgastar de todas as formas possíveis o parceiro e, desse jeito, a relação vai acabar da pior forma: com um altíssimo prejuízo emocional, financeiro e de tempo de apenas uma das partes! Portanto, TEM SIM que cair fora o quanto antes!

EU penso assim: o cara até pode ser pobre, mas se eu vir que ele faz sacrifícios por mim, financeiros inclusive, se eu notar que ele não poupa em me presentar com algo que para ele eu sei que custou muito, eu vejo por aí o quanto ele me vcaloriza e pretende investir na relação, sim, pq não? As pessoa tem essa necessidade de mostrar que dinheiro não importa pq acham isso fofo, mas no fundo, quando uma relação acaba, ainda mais quando acaba mal, a primeira coisa de que se lembra é dele, o dinheiro; quem fica com o quê, etc...né? Então, negar a importância do que se investe financeiramente no relacionamento pra quê?

Anônimo disse...

Concordo com o que disseram: não é nem o dinheiro: até pq sempre me relacionei com lascados como eu. Mas sim o que a pessoa faz, o esforço: já tive namorado paupérrimo juntando moedas para me dar algo que eu havia comentado... E já namorei um cara que ganhava bem e me deu um presente que não tinha nada haver comigo e era falsificado. É ai que você vê as coisas. Não é o cara ganhar muito ou pouco é ele investir algo do tempo ou dinheiro pra agradar. Eu conheci uma pessoa com condições acimas das minhas, moradora de bairro melhor, com família toda com curso superior que parecia uma amor: parecia: Era um cara que sugava as namoradas emocional e profissional: tinha inveja da força de vontade delas estudarem, e ficava de mimi reclamando de falta de atenção e o pior quando conheceu uma pobre mais que trabalhava achou que seria uma ótima se encostar nessa também. Então jovens o homem as vezes é gari e nada falta em casa, e um riquinho deixa faltar com sua preguiça.

Tadeu Diniz disse...

Gente de Deus!!! Assuntos complexos!!! Concordo!!! O esforço da pessoa mostra a importancia q vc tem pra ela! Lembrei de post da Iara falando sobre o presente q a pessoa te dá... Nao eh o q vc dá mas como vc dá... Se a pessoa precisa de luvas pra esquentar se no frio nao adianta dar um colar de perolas... Devemos apoiar a pessoa que esta conosco, financeira e emocionalmente...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...