ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

05 maio 2014

O dia que perdi a lua

Meus amigos alienígenas e suas revelações

Nos últimos tempos não estou acertando nas amizades. Até meus queridos amigos alienígenas tem quebrado meu coração, como fizeram hoje.


Eu nunca sei quando é lua minguante, não conheço todas as fases da lua, apenas a cheia, por mais idiota que isso possa parecer, as outras três eu confundo.


Mas sempre tive uma relação estranha com a lua, desde pequena. Eu ficava horas olhando e sentia como mexia com meus humores. Uma vez me explicaram que era a ''síndrome da Iara'', seres de água que circulam pela terra, por isso tem uma conexão tão intensa com a lua que controla as marés. E de um jeito que não sei explicar eu sentia que a lua ''escutava'' meus pedidos. Algumas vezes eu olho pela janela e se vejo a lua escondida por nuvens me dá agonia, vontade de subir ao céu e empurrar elas para um lado. Parece que ela sabe quando estou triste e quando estou feliz e gosto dela cheia, acho a coisa mais linda do mundo, às vezes meio azulada ou se alguma nuvem está por perto dá pra ver umas cores diferentes. A parte das marés sempre me fascinou, como a lua podia ter tanta influência? E adoro aquelas histórias onde ela aparece, como a do lobisomem. Gosto do sol, mas a lua tem uma profundidade misteriosa, suas mudanças, sua luz no meio da escuridão. Conheço mais poemas dedicados a ela do que ao sol e sei da sua energia de ''companhia'', porque sou um ser mais noturno que diurno, por isso olho pela janela no meio da madrugada e sinto ela me acompanhando.


E hoje vi uma lua, acho que minguante e me deu um pouco de melancolia. E comentei isso com meus amigos que estavam comigo, os alienígenas, que logo começaram a olhar para o céu e perguntar:

-Que lua?

Apontei ela e mostrei, parecia um sorriso. E eles me disseram:


-Mas aquela lá não é lua, é nossa base de pouso para as naves e um satélite para controlar o planeta e o que os seres humanos pensam e fazem, é como um rádio gigante sabe? A gente coloca vocês na frequência que queremos, vamos fazendo as coisas de longe, então nossa base é lá.


Como assim? E a lua que me acompanha desde que nasci?


-Não tem lua nenhuma.


Poxa, essa semana já deu. Romeu se casa e ainda por cima fico sabendo que a lua não existe? É demais para uma pessoa. Mas mesmo os alienígenas sendo meus amigos achei melhor dar uma geral no Google, confio neles, mas o Google podia me ajudar. Comentei brincando que ia fazer isso, dar um Google nessa informação e eles responderam:


-Vai dar em nada inocente! O Google a gente também controla, mas com ajuda dos americanos, você só acha ali o que queremos que você ache e não tem nada de importante sobre a lua, nunca deixaríamos uma corda solta.


Caramba! Também perdi a confiança no Google? Mas achei um LINK pelo menos.


Hoje foi um dia tenso, fui com meus amigos alienígenas a Parada Gay, que serve para muitas coisas, inclusive para entender onde estão todos os homens lindos de São Paulo, estão ali com outros homens mais lindos. E ainda por cima a Parada estava cheia de travestis com corpos perfeitos, sem celulite e eu me pergunto, como eu que sou mulher não tenho aquele corpo?


Enfim, emoções demais para uma garotinha como eu. Duvidei dos meus amigos, fiquei sem a lua, o George Clonney vai casar e não posso mais confiar no Google. É, acho que estou precisando trocar de amigos ou de planeta.


Iara De Dupont


Um comentário:

Patricia disse...

ahaha,Iara,não te aguento,nega!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...