ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 maio 2014

Não sou namorada nem mãe do Neymar

Neymar, é fofo, mas não é meu namorado nem filho

Quando fica difícil de entender eu explico de novo. Tenho um amigo mexicano que é jornalista e está aqui em São Paulo por conta da Copa do Mundo. Ele não se conforma com o silêncio das pessoas em relação ao evento e com as ruas sem bandeiras. Já expliquei mil vezes que a Copa coincidiu com um momento econômico ruim e uma atividade política suspeita. Também disse que em dia de jogo isso vai mudar, brasileiro gosta de futebol e vai surtar com a seleção em campo, mas até lá parecemos um país de viúvos e viúvas, fica patético sair comemorando um evento que só está atrasando nossa vida.


E meu amigo diz:

-Mas Iara, eu não vejo nem emoção com os jogadores, sabia que o Neymar já está no Brasil?

Bom, nessa parte vou ser mais direta. Alguma coisa acontece com todos os jogadores brasileiros e eles parecem ser meigos, não carregam aquela arrogância e prepotência dos jogadores europeus, Neymar parece um garoto doce, mas existe um ponto em relação a ele, eu não sou irmã, mãe nem namorada dele, ou seja, não me importa se está ou não no Brasil, se vai ganhar a Copa ou não, simplesmente porque ele ganhando ou perdendo eu não recebo nada, minha vida continua igual, não vão cair milhões na minha conta.


E não tenho nenhum apego a jogadores porque há anos eles jogam pelas suas contas bancárias, não estão na seleção por um gesto patriótico, aqueles tempos de miséria de jogadores como Garrincha que eram explorados por clubes e levavam migalhas graças a Deus acabou, hoje jogador de alto nível não coloca os pés na grama de graça. E são tantos patrocinadores que eles acabam se desvinculando da camiseta amarela, parece que jogam apenas pelo patrocínio, não dá nem pra ver o país a qual a camisa pertence.


E Neymar tem sua vida garantida, ganhando ou perdendo, vou sofrer por que? Se fosse meu filho eu estaria grudando bandeiras até no céu, mas não é e eu não levo nada com a vitória do Brasil, então que se dane.


Meu amigo ficou chocado, como mexicano tem um apego maluco a futebol e é apaixonado pelo futebol brasileiro, mas está sem acreditar, já rodou metade do país e disse não ter encontrado até agora um cidadão emocionado com a Copa, disse que a maioria quer que o Brasil exploda.


Não é falta de patriotismo da minha parte, é tédio e revolta, vou fazer o que com essa Copa se o Brasil ganhar? Nada. Mas sei que durante a Copa vou pagar mais caro pela minha comida e água, fora os impostos para pagar a festa. Vou comemorar uma dúzia de jogadores que só para levantar de manhã ganham milhões? Eles não me representam, não têm culpa do que está acontecendo no Brasil, mas neste momento representam o grande abismo que separa este país, os milionários que ganham mesmo em circunstâncias ruins e o resto do povo, que paga a conta.


Sei que o mundo está olhando e achando estranho a pouca reação até agora dos brasileiros a um evento histórico, mas tudo isso seria explicado se eles passassem uma semana aqui no Brasil vivendo como todos nós, então entenderiam a sensação que carregamos de ver os preços dos alimentos dobrarem, a água ser racionada e ainda querem o que? Que a gente encha a rua de bandeiras e saia cantando? Eu faria isso se fosse mãe de algum jogador, pensaria nos milhões e comemoraria cada gol, mas de graça não.


Sei que muitos políticos dependem desse show para continuar no poder, querem mostrar um país unido, feliz e torcendo para ganhar todos os jogos. Nada contra quem faz isso, mas meus dias de palhaça já terminaram. Pago meus impostos porque não tenho escolha, mas nunca mais saio a rua para comemorar um evento que não me traz nenhum benefício. Chega de ser otária.


Iara De Dupont

2 comentários:

C.Belo disse...

Foi exatamente isso que eu quis dizer no meu cometário sobre "quebrar tudo" na copa, que até uma de sua leitoras não entendeu bem e achou que eu me referia ao quebrar no sentido literal da palavra.

Eu acho mesmo que o mundo inteiro tem de ver que o povo brasileiro não está compactuando com esse evento, que estamos cansados, temos que protestar no meio dos jogos ao invés de nos conformarmos e marcar de ver os jogos com amigos em casa. Se não podemos mudar o fato de que a copa vai acontecer mesmo contra nossa vontade, ao menos temos obrigação de manchar a imagem de nossos governantes!

Anônimo disse...

Neymar meigo?? Acho esse garoto insuportável, se acha o tal, tenho é nojo!! Está mais interessado em fazer comerciais do que em jogar bola. Deveria mudar o nome para Neymarketing.
E qto a Copa, quero que o Brasil se exploda mesmo! Mesmo achando que a Copa será comprada...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...