ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

11 maio 2014

Errei, acertei, quase errei de novo e não entendi mais nada!


Às vezes a gente erra feio. Eu errei, mas não me sinto tão mal porque sempre disse que não entendo nada de homem, se entendesse seria mais divertido, não teria saído tão magoada dos relacionamentos que tive.


Quem me conhece sabe disso e se pede conselho está avisado, adoro homens, mas em termos de conhecimento não domino a matéria.


Há anos uma amiga ignorou tudo isso e me pediu um conselho, estava dividida. De um lado seu doce namorado, desde os quinze anos, um rapaz meigo, inteligente, tímido e gentil. O namoro bateu naquela questão do tédio, da rotina, mesmo com os planos de casamento. Do outro lado um colega novo no trabalho, simpático, expansivo, risonho, talvez mulherengo e sedutor.


Na superfície não dava para ver grandes diferenças, pareciam apenas dois perfis, o típico homem doce e o meio cafajeste, parecia uma decisão óbvia. Mas minha amiga me contou alguns detalhes picantes, o tímido era isso, tímido, o outro era rodado e isso parecia fazer a diferença na cama.


Fui no pensamento conservador, falei para ela que se fosse casar o tímido era a escolha certa, mas se fosse só para o sexo o cafajeste era melhor, mas ela disse que o cafajeste não era cafajeste e queria um relacionamento sério.


Então mudei de ideia, de novo me apeguei as minhas raízes tradicionais e pensei que não confio em tímidos, tem alguma coisa ali que pode ser mais perigosa do que parece.


Alguns tímidos são pervertidos e fechados no seu mundo. Namorei um que o dia que abri seu computador caí de costas, por isso peguei bronca. Disse a minha amiga que como mulher eu prefiro um homem rodado, no caso dela o cara do trabalho já tinha tido sexo com homens, mulheres, travestis e paredes, tinha experiência e pelo menos já tinha tentado outras coisas.


Mas o tímido podia ser um problema, um homem quieto, que não se expressa e um dia a esposa chega mais cedo e pega ele na cama com um travesti. Não digo ''todos''  os tímidos, digo ''alguns''.


Disse a minha amiga que meu voto era no colega de trabalho, o cara já tinha rodado e queria um relacionamento sério, era uma pessoa aberta a vida, com experiência e isso algumas vezes se reflete no comportamento, são homens acessíveis para conversar, muitas vezes eu me vi diante de homens tímidos e travei, porque a conversa não ia a lugar nenhum.


A mãe dela, irmã e amigas, todas votavam para ela ficar com o tímido, fui a única que disse que era melhor um ''homem vivido'', como dizia uma amiga ''um homem que já puteou bastante''.


Conheci os dois lados da questão, o namorado tímido era um doce, mas tedioso, o outro era um encanto de homem, carismático e engraçado.


Também pensei e disse a ela que às vezes o amor tem data de validade, não adianta querer arrastar por anos, de repente aquele amor de adolescente deles já era, não adiantava ficar dando voltas na situação.


A irmã dela insistiu que eu estava sendo preconceituosa com os tímidos, mas não é isso, eu apenas não confio, porque homem pode ser tímido ou não, mas não deixa de ser homem e de aprontar do seu jeito. Timidez não é defeito, mas eu tenho dificuldade em ''ler'' um tímido, tenho a sensação que eles me enganam mais fácil, se o homem chega e  tenho a impressão que é um cafajeste sempre penso o pior dele, mas se é tímido eu caio mais rápido e acabo acreditando no que diz e depois percebo que fui enganada.


Mas minha amiga passou por uma situação, sua sobrinha ficou doente e ela já tinha terminado o namoro com o tímido, mesmo assim o colega de trabalho não apareceu no hospital nem deu apoio. Eu marquei bem essa situação, acho que elas mostram quem é a pessoa.


Semanas depois uma amiga dela resolveu fazer uma festa surpresa e resolveu ligar para o ex-namorado, o tímido, para pedir umas dicas. Eu falei que era péssima ideia pedir ao ex-namorado essas informações, mas moça insistiu e fui com ela falar com o rapaz, que foi muito gentil.


E percebi uma situação incrível, a moça queria saber sobre comida, porque ia cozinhar para a amiga, mas não sabia de todos os pratos que ela gostava, ele ia dando as coordenadas, dizendo o que ela gostava, mais ou menos, ou não. Ele foi tão cuidadoso, apontou tudo em uma papel, separou até as músicas favoritas dela.


Quando saí de lá fiquei pensando nisso, eu tinha me enganado. Achei que nessa vida era melhor alguém rodado, mas percebi que o segredo não era esse. Estar com alguém inclui que essa pessoa se interesse por você, que tuas coisas tenham uma importância.


Depois da festa contei tudo isso a ela, que não parecia tão indiferente ao ex-namorado. Não chegou a assumir o colega de trabalho, mas estava com ele.


Anos se passaram e fiquei sabendo que ela tinha voltado com o tímido e finalmente iam se casar.


Não cheguei a receber o convite de casamento porque cancelaram antes, fiquei sabendo pela irmã dela que a moça uns dias antes de casar descobriu que seu ''tímido'' tinha outra mulher e era pai de gêmeos.


Contei essa história a um amigo, disse que o ex-namorado tinha rodado, o ex-colega de trabalho também, e eu nunca entendi nada. E meu amigo me disse:

-Você errou no conselho porque se apegou a dois fatores superficiais, a timidez e a cafajestice. A essência humana é mais complexa do que isso, todo cafajeste tem seus momentos de timidez e todo o tímido pode ser um cafajeste. No fundo tua amiga tinha o mesmo homem nos dois, a única diferença é que um era bom de cama e outro não.

Então pode concluir...

-Não importa o disfarce, nenhum homem presta.

Ah, não sou eu que disse isso, até porque não penso assim, foi meu amigo, mas entendo o que ele quis dizer e para mim isso inclui homens e mulheres, a gente se mexe conforme nossa conveniência e ela pede diferentes roupas, por isso trocamos. Não ter ido ao hospital prestar apoio a moça quando ela precisou não é selo de cafajestice, apesar de que eu considero que sim, mas também ser cuidadoso com a moça no seu aniversário não é sinal de amor. Enfim, nada nesse mundo é nada, as pessoas se mexem como querem e esperto é quem percebe isso.


Iara De Dupont


4 comentários:

Anônimo disse...

Você, com esse discursinho de vítima, é a maior armadilha que existe para o homem. O homem que cair nas suas garras certamente vai sofer MUITO abuso. Tomara que ninguém nunca se sujeite às suas cobranças e frustrações.

Iara De Dupont disse...

Poxa anônimo, nem pra colocar teu nome? Assim eu fico triste e frustada, tô cobrando que dá próxima vez você se identifique né?

Ah, olha, tem fila viu pra cair na minha armadilha e ser vítima dos meus abusos e cobranças, tá cheio de homem querendo esse posto, não se preocupe, meu discursinho de vítima sempre me garantiu homens à vontade, vou mudar isso por que né? Eu gosto de homens e eles de mim, adoram ser '' abusados''.....

Anônimo disse...

iara não se apegue a esse lance de tímido ou simpático, sério. Quando for com vc ou com uma amiga é quem está lá por vc, o caso desse rapaz não era tímido era sonso, as pessoas erram a confundir ser envergonhado com ser sonso. Já tive o desprazer de conhecer as duas faces... Mas em honesto pior mesmo independente de ser casado, solteiro ou mentir sobre isso. Pior são as especies de conquistam e falam eu faria tudo por vc, daí vc adoece e nem pra levar vc ao medico o lixo serve. Nesses caso eu prefiro quem esteje ao meu lado em todos os momentos, pode ser falho, mentiroso, mas pelo menos é útil. A pior coisa é gente que faz o fofo mas é a inutilidade em pessoa.

C.Belo disse...

Nossa, eu ia comentar coisas muito parecdidas com a que o anônimo logo acima coemntou. Faço as dele, dela, minhas palavras.

Agora quanto ao primeiro "anônimo", bem, nem preciso comentar tb pq vc mesma já fez um post sobre. Vamos a ele! rs!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...