ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

15 maio 2014

Errado é quem vende criança, não quem compra...?


No desespero diante da violência e correndo com medidas populistas o presidente do México, Enrique Peña Nieto anunciou um pacote de medidas contra o tráfico de crianças. Garantiu que não vai ''segurar custos'' e vai gastar o que for necessário para acabar com esse problema.


Nos últimos tempos a fronteira mexicana vem sendo a responsável de um tráfico enorme de mulheres e crianças, roubadas pelos traficantes quando tentam atravessar a fronteira. E ao perceber o lucro que dá roubar e vender para exploração sexual os traficantes estão invadindo cidades afastadas  e sumindo com as crianças.


Em uma história fragmentada e sem nomes, uma repórter mexicana contou o que ouviu de uma adolescente de doze anos que tinha sido sequestrada, na verdade ela morava em uma cidade pequena do México e passou por lá uma moça precisando de meninas para ''fazer faxina'', os pais dela acreditaram e cederam a filha, que depois foi levada a um bordel na fronteira, Tijuana. Dois anos depois ela conseguiu fugir, mas não diz como nem quando. Chegou até a Cidade do México e procurou a polícia, não fez isso antes porque tinha medo da polícia da fronteira. Teve a sorte de conhecer um bom policial no plantão que a avisou para não continuar com isso de querer denunciar seus sequestradores, o policial explicou que no México existem meses nas delegacias, ''mesas boas e ruins'', se o caso dela caísse na mesa de um bom policial, tudo bem, mas se caísse na mesa de um corrupto ele venderia ela de volta aos seus sequestradores. Foi orientada a sair do país, conseguiu se esconder até chegar a maioridade  e não diz como nem com que dinheiro fez isso, mas saiu de lá e hoje mora na Espanha.


Essa história foi contada pela repórter que estava na delegacia o dia que a menina chegou para pedir ajuda. A repórter começou a fazer perguntas, queria saber detalhes, mas a menina foi esperta e não soltou nada que pudesse comprometer. Mesmo assim a repórter quis saber uma coisa ''por que você acha que as pessoas vendem crianças para exploração sexual?''.


E a menina com doze anos respondeu:

-Porque tem gente que compra.

Essa é a toda a questão. O presidente mexicano promete reforços na fronteira, mais policiais, leis mais rígidas para quem vende e explora crianças, mas o ponto não é esse, os traficantes apenas seguem a lei do mercado, se alguém compra eles vendem. Do que adianta encher a fronteira de policiais se o problema não é esse? O problema é quem compra, são esses que devem ser perseguidos e punidos como animais, merecem no mínimo a castração química.


Não adianta mudar as leis, isso não ajuda, punir apenas quem vende é uma piada, quem compra é pior ainda.


E qual a diferença? Ah, essa eu escutei da minha amiga que adora os direitos humanos, a diferença é que quem vende uma criança é bandido, mas quem compra é doente, porque pedofilia é um distúrbio psiquiátrico!


Mas que porra de mundo é esse? Eu já escutei demais essa merda, é como o cara que vende cocaína, é traficante, mas quem usa é um coitadinho doente, entediado com sua vida. Mas é o usuário que mantém a roda girando. No caso das crianças é a mesma coisa, traficantes roubam porque sabem que tem onde vender, mas se ninguém comprasse eles iam fazer o que com um monte de crianças?


Em uma palestra sobre abuso sexual que tive que assistir por trabalho uma moça perguntou a terapeuta se era justo condenar pedófilos e a terapeuta respondeu que eles precisavam de tratamento, em geral pedófilos também sofreram abusos de crianças e precisam de ajuda.


E se fosse a filha dela sequestrada e vendida? Também ia sugerir tratamento ao pedófilo? E quem paga o tratamento das crianças que foram vendidas e abusadas?


Não adianta comprar carros para a polícia na fronteira, são as pessoas que compram crianças que têm que responder a sociedade, não apenas os que vendem.


Pra mim quem vende e compra crianças e mulheres merece a pena de morte, mas eu sou má, por isso penso assim. Nem discutiria quem é o mais errado, os dois merecem a forca.


Mas no mundo inteiro se ignora ''quem compra'', ficam aí invadindo um bordel e achando que resolveram o problema, acham que tráfico de crianças é falta de segurança, pensam que só por jogar uns centavos na polícia vão segurar a pedofilia.


E um amigo que sabe tudo de comércio me dizia, ''se você quer aumentar o preço, suma com o produto''. É bem isso, se a polícia aperta de um lado, os traficantes vendem as crianças mais caro, mas continuam vendendo porque têm doente comprando.


E o Brasil garante que vai ser a melhor Copa do mundo, isso é fato, os traficantes de drogas e crianças estão salivando, vão ganhar rios, mas o governo pensa que se deixar um carro da polícia perto do estádio vai inibir isso. Ah, tá.


O mundo não acorda, mas se um dia acordar vai perceber que tudo isso era mais fácil de resolver do que parecia, era só sair atrás de quem compra crianças e enfiar a pessoa em uma masmorra. Mas ficar dando brinquedo novo para a polícia é uma piada de mau gosto. Como tantas.



Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...