ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

21 abril 2014

Roberto Justus: se é para mostrar gaste mais!








Roberto Justus: ''o povo pira ká ostentação''







Fabergé Egg: isso que é presente



Ah, deve ser nossa herança católica, mas o ''fator Brasil'' aparece até na Páscoa.

O empresário Roberto Justus foi e comprou para sua namorada um chocolate de cinco quilos, no valor de 990 reais, de uma loja tradicional aqui em São Paulo. Mas ele na sua vaidade, como diz uma amiga, ''num guenta ficar sem flash'', tirou uma foto e postou nas redes sociais e logicamente foi detonado, tão detonado que hoje o portal IG fez uma matéria, dizendo que com 990 reais a pessoa pode comprar açúcar por vinte anos! Ora, mas que pensamento miserável, Justus não é culpado da má distribuição de renda neste país e tem o direito de gastar o dinheiro no que quiser, seu único erro é ser constantemente guiado por um ego enorme e descontrolado.

As pessoas ''piraram'' nas redes sociais, como se Justus fosse o responsável por todas as crianças que não ganharam ovos de Páscoa, porque os pais não puderam comprar.

Esse é o ''fator Brasil'', as pessoas acreditam que todos que têm dinheiro são responsáveis pela desgraça econômica deste país e acabam alucinando com pouco.

De perto o gesto de Justus não é tão nobre. Se ele comprou, essa loja cobra duzentos reais o quilo do chocolate, não é barato, mas já foi mais caro. Caso quisesse realmente gastar, teria ido a umas lojas na rua Oscar Freire, chamadas de ''boutiques de chocolate'' onde o quilo pode custar até dois mil reais, dez vezes mais que na loja.

E Justus tem uma fortuna que ultrapassa os 300 milhões de reais, poderia muito bem, caso a ideia fosse agradar, fretar um avião e mandar trazer o melhor ovo de Páscoa de Paris, lojas também extremamente caras, que só trabalham por temporada, quando chega o cacau de alguns lugares. Ou podia mandar trazer o ovo da Bélgica.

Especialistas em cacau garantem que 99% da humanidade não sabe o que é um chocolate, porque não podem pagar o cacau, o que todos consomem é uma mistura de farinha com essência, mas chocolate mesmo só é encontrado em lojas especializadas e pode custar mais do que ouro. Existe até uma especialista mais radical que briga para que as empresas não usem mais a palavra ''chocolate'' em barras vendidas no supermercado, que ela diz não daria nem para seu cachorro.

Na história do Justus existem alguns pontos não mencionados, o primeiro deles é que na foto aparece a marca da loja, o que me leva a pensar em uma ação de publicidade, Justus é um homem de negócios, jamais posaria para uma foto com um produto de graça, nesse caso o ovo deve ter sido brinde no contrato.

Parece fofo, mas não é, e vou ser sincera, apesar de saber que isso sempre me rende emails muitos apaixonados, se eu namorasse um homem que tem na sua conta bancária 500 milhões de reais, e ele me aparecesse na Páscoa com um ovo, que trabalhando e juntando eu poderia comprar, posso garantir que o pau ia comer. Eu ia esperar no mínimo ovos de Páscoa de ''boutiques de chocolate'', não de uma loja mequetrefe.

Não me parece gesto de homem apaixonado e me desculpem por dizer isso, o homem apaixonado teria mandado trazer ovos de chocolate da Bélgica.

Mas o ''fator Brasil'' é esse, aqui qualquer coisa deslumbra, causa revolta e sou obrigada a defender Justus por um ponto, já vi gente sem condições gastar mais de 990 reais no seu churrasco, nem que fosse parcelado, mas não é uma quantidade que assuste tanto, já vi até pessoas comprando televisão de três mil reais quando ganham menos de mil reais mensais. Então para que detonar Justus? Ninguém viu o recibo, ele nem deve ter pago esse ovo, deve ter chegado lá na agência dele e na pressa pegou o ovo. Mas se ele deu um ovo de cinco quilos para a namorada é porque ela gosta de chocolate, então a moça tem que correr com o prejuízo, porque não foi um gesto de um homem apaixonado. 990 reais para quem tem tanto dinheiro é quase uma gorjeta.

Ah, mas o que importa é o gesto! Isso é bobagem de mente pobre, de achar que é a lembrança que interessa e digo, a gente até tolera isso se sabemos que a pessoa não tem grana, aceitamos na alegria a lembrancinha e o amor, mas se o cara nada em dinheiro vamos pensar isso? Quero ver que pessoa ia receber um ovo e depois descobre que alguém mandou de brinde, teu namorado pegou e te deu? Ah, tá, que não dá vontade de quebrar na cabeça dele?

E Justus foi também jeca na foto, se era para se exibir tivesse dado jóias para a moça ou aquela famosa peça de decoração, conhecida no mundo inteiro, o Fabergé Egg, um pequeno ovo desenhado e feito em ouro e pedras preciosas que pode chegar a custar dez milhões de dólares, e não serve para nada além de decorar.

Então Justus quis ser fino e elegante e acabou sendo bem jeca, bem Brasil, mostrando um ovinho pobre de 500 dólares, queria ver ele dando a namorada um Fabergé de milhões de dólares, poxa, se é para exibir que faça a coisa com gosto e vontade, mas até um namorado classe média pode comprar um ovo de 990 reais e parcelar em vinte vezes. Até eu posso fazer isso e não sou o Justus!

Às vezes eu ''num guento'' essa capirice aqui no sítio, de se deslumbrar com qualquer coisa e achar que um ovo de 990 reais vai contra os princípios sociais do país. Um ovo de 990 reais, que uma pessoa no caso do Justus, comprou, caso ele tenha comprado, fez isso com seu dinheiro, fruto do seu trabalho, não é da conta de ninguém, da nossa conta é o salário dos políticos e seus ''gastos extras'', é esse dinheiro que temos que vigiar e controlar, porque enquanto Justus fica dando uma de pobre e exibindo seu ovo de 990 reais, tenho certeza que a classe política está passando a Páscoa em lugares caros e gastando todo nosso dinheiro e para os políticos famintos e corruptos 990 reais não é nem gorjeta para eles, eles gastam milhões e nós pagamos a conta. A quem está perseguindo Justus e seu ovo de 990 reais na redes aconselho a procurar saber onde estão os políticos, esses sim nos devem explicação.


Iara De Dupont

6 comentários:

Claudia disse...

O problema é que aqui todo mundo adora cobrar do outro aquilo que ele mesmo não faz.
SE a pessoa dá uma festa cara, compra algo e divulgam o valor, ajudam os animais o mimimi é sempre o mesmo: pq não vai ajudar uma criança carente/, pq não ajudma os pobres/, pq não dá o dinheiro pra uma instituição?...
Enfim, como se o que a pessoa usar seu dinheiro fosse errado já que gente por aí que não tem.
Confundem as estações e jogam a culpa em quem não é responsável e nem tem nenhuma obrigação social ou moral de fazer além do que faz....

Alessandra Tofoli disse...

No mínimo um chocolate belga vai...mão de vaca!!
Fiquei imaginando nós duas quebrando esse ovo na cabeça dele.kkk

Suzana Neves disse...

Não tenho nada a dizer gosto tanto dele que até me dói, idiota babaca.

Anônimo disse...

"Parece fofo MAIS não é e vou ser sincera": gosto da sua opinão, MAIS (lê-se "mas") o seu Português precário tira um pouco da credibilidade das suas idéias. De resto, continue assim, criativa!
(eu sei que não vai aceitar o comentário por tratar-se de uma crítica, mas a considere como construtiva e como uma ferramenta para te motivar a melhorar) Boa sorte!

Iara De Dupont disse...

Agradeço a correção e diria que não é só meu texto que é precário, a vida também é....

Anônimo disse...

Se vocÊ namorasse um cara rico desse oq voce ia esperar era um ovo caro presentes caros... se vender blz mais deixar isso publico é chato kkkk

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...