ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

15 abril 2014

Os homens estão ''capitalizando'' seus pênis

QUER UM DESSES? TRABALHE MUITO, PORQUE CUSTA UMA FORTUNA

Se a matemática estiver certa o mundo não está melhorando, pelo contrário, comportamentos errados se espalham e hoje parece ser uma questão de orgulho copiar o que os outros fazem de besteira. Li em algum site que o departamento de investigações direcionado a pedofilia no FBI está quase jogando a toalha. Isso porque eles gastam milhões de dólares em desmontar uma página de pedofilia enquanto os pedófilos vão e montam outra.

Muitas coisas estão assim, em um mundo globalizado um bilhão de pessoas passam fome todos os dias, apesar do mecanismo que existe hoje de distribuição de comida e de todos saberem onde essas pessoas estão, mesmo assim não muda nada.

E nos relacionamentos aparece uma nova questão, mostrando como o mundo anda para trás, talvez ela sempre existiu e eu não sabia, mas nos últimos tempos vejo ela sendo jogada na roda constantemente.

Tenho um amigo que estava apaixonado por duas mulheres, um ótimo cara e as duas garotas pareciam ser legais. Ele queria ficar com uma e ter um relacionamento sério. A primeira vez que falei com ele sugeri que  jogasse na questão da química, aprendi isso com outro amigo, a gente faz um gráfico e coloca lá química sexual, espiritual, intelectual e emocional. Era para ele fazer o gráfico e ver com que garota ele achava que existia mais química, às vezes sou mais inocente que um carneiro e sugeri isso.

Hoje encontrei ele e perguntei como estava, me respondeu que muito feliz com seu namoro, a garota era ótima. Perguntei se era uma daquelas duas que ele ia ''escolher'' e me disse que sim, quis saber então como ele conseguiu chegar a conclusão de que essa garota era a certa e ele responde:

-Grana. A outra trabalha, mas tem outras responsabilidades, minha namorada atual trabalha porque quer, os pais vão morrer e deixar uma fortuna, fora a mesada que ela recebe.

Comecei a rir porque achei o jeito dele engraçado, mas como assim, grana? É brincadeira?

-Não! É sério, olha só, a outra era ótima, mas essa pode bancar viagens melhores, presentes mais caros e ainda pode me ajudar, com a outra eu ia acabar ''ajudando''. Qual o problema?

O problema é o machismo que eu escutei a vida inteira dizendo que eram as  mulheres que faziam isso, todo mundo sempre disse que mulheres são prostitutas e só querem saber de homem com dinheiro, quem não tem pega as mulheres feias. Cresci com isso e sempre achei terrível que falassem isso das mulheres, mas agora vejo homens assumindo que fazem a mesma coisa e acho deprimente, poxa, o mundo não pode andar pra frente sem que uma pessoa explore a outra no relacionamento? Não, se o namoro tiver um homem, ele vai explorar.

Tive um ex-Romeu que sempre me levantou essa desconfiança, como bom mulherengo ele vivia ''caçando'' mulher e tive a impressão que jogava por dinheiro, o foco dele eram  mulheres com grana, até que um dia achou uma. A sensação de ser trocada por uma mulher que tem dinheiro é muito ruim, mas eu não levei tão a mal porque acredito que mesmo que eu tivesse um milhão de dólares nunca pagaria um centavo para um homem, jamais daria dinheiro, não penso bancar um homem nem morta, então pensei que esse Romeu nunca ficaria comigo porque não ia tirar nada de mim.

O problema é que homens héteros são minoria e sabem disso, então como diz uma amiga estão jogando seus pênis na bolsa de valores e capitalizando, hoje se dão o luxo de escolher as que querem e mulheres com dinheiro são as primeiras da lista.

O que me chama a atenção é  a grande quantidade de mulheres que estão ''bancando'' esses homens e eles são vagabundos, não vejo trabalhando, estudando, apenas com ''grandes planos'' e  cheios de conversa. Uma coisa é namorar alguém com grana e ir bons lugares, outra é namorar alguém que pague tuas contas enquanto você não faz nada da vida.

E uma amiga veio me dizer que isso era feminismo, a mulher poder ''bancar'' o homem que quiser, mas isso não é feminismo, é machismo, porque a mulher continua na ponta da corda que está sendo explorada, agora economicamente, mas já foram séculos de exploração sexual, emocional e física, só faltava essa mesmo, a econômica.

Acho isso errado em relacionamentos, por meus princípios ninguém deveria explorar ninguém, mas se vai ser assim então não quero ser a parte explorada, imagine agora sustentar um homem, Deus me livre. Não quero que me sustentem, mas me recuso a gastar um centavo com os homens, prefiro entrar no time dos assexuados do que pagar a fortuna que muitas estão pagando por um sexo medíocre, porque esse é o outro lado da moeda, elas estão sustentando homens medíocres, que não são bons na cama nem fora delas, são sub-homens e estão no mercado como se valessem fortunas.

Ah, muito lindo sonhar com um mundo onde ninguém pense em dinheiro na hora de se relacionar.
Voltamos ao ponto inicial, onde os casamentos não eram baseados no amor ou tesão, mas no jogo de interesses das famílias e da sociedade, o amor apareceu apenas no século XX como importante para que duas pessoas se unissem, mas durante um século vimos que isso não foi boa ideia, parece que todos ficamos infelizes, o casamento não cumpriu as expectativas de ninguém, pelo contrário, a única coisa que conseguiu acalmar a sempre sedenta alma humana foi o dinheiro, por isso voltamos ao ponto dos relacionamentos baseados em interesses econômicos e cada um capitaliza o que tem e se alguns homens só tem ''pênis'', paciência, estão no direito deles, azar de quem compra.

Iara De Dupont



2 comentários:

Anônimo disse...

Isso me lembra aquela história de que quando uma pessoa acusa outra insistentemente, sempre com a mesma coisa, em geral ela está falando do próprio caráter. Os homens falam que as mulheres só querem usá-los e os tratam como objetos descartáveis, bastando pra isso acharem um cara mais rico. Entretanto... bom, creio que a história acima fala por si.

Anônimo disse...

já que é para pagar por sexo que seja com um do clube das mulheres, pelo menos está ali pra isso msm, é uma coisa justa, eles vendem e vc compra, agora vender "amor" isso sim é mto mais sujo do que os stripers fazem

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...