ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 abril 2014

Brasileiros: estão prontos para a guerra?

Meus amigos alienígenas, adoram cerveja e o Brasil

Sou uma garota de tanta sorte que tenho uns amigos alienígenas e de vez em quando eu saio para conversar com eles, que adoram cerveja.

E me contaram estar preocupados com um assunto, segundo a ONU em menos de cinco anos vai começar a guerra  pela ''água'' , último recurso natural disponível e eles queriam saber o que o Brasil está fazendo a respeito, já que somos donos da maior reserva de água potável do mundo.


Ah, eu falei para eles não se preocuparem, o Brasil faz muito, inclusive contaminar essa reserva, já que não regula indústrias nem constrói esgotos, então tudo está sendo poluído. Mas temos exército na fronteira para nos proteger, eles são poucos e com um armamento dos anos setenta, mas é o que tem pra hoje.


E os alienígenas querem saber:


-Mas, e vocês brasileiros, como estão sendo preparados para defender seus recursos? Porque quem vier pela água vai querer levar o pouco que sobrar do petróleo, do ouro, da comida....

Então, não sei. Isso também me preocupa, não temos a consciência de muitos povos em relação ao seu país nem somos bélicos, pelo contrário, a gente gosta mesmo é de música e conversa mole.


E um deles disse:


-E vão ser colonizados de novo? Não sabem se defender?

Não sabemos e não estamos sendo preparados, estamos morando em um país com enormes recursos diante de um mundo que já está sem eles e salivando para pular em nós. Mas sou otimista, falei para os alienígenas que quando o exército invade uma favela são de uma violência sem nome, então se forem assim na fronteira podemos ter uma chance de sobreviver.


E um deles insistiu:


-Mas vocês, cidadãos, vão fazer o que? Guerra é guerra, não vai adiantar apenas o exército, todo mundo vai ter que se mexer, porque o Brasil pode ser invadido por dois, três países ao mesmo tempo. Você é brasileira o suficiente para defender tua bandeira?

Ô, não sei, acho que não. Deixa eu pensar......não. Sinceramente não. Sair as ruas para defender um país que enforca a todos em impostos, afunda na corrupção, espalha lama por onde passa? Não, não me vejo defendendo a bandeira, por mais terrível que isso possa parecer.


Vou defender um país que me obriga a pagar impostos, mas não se da o trabalho de fazer os serviços públicos funcionarem? Vou defender um país injusto, desigual, corrupto, onde os critérios são outros e quem estuda ganha menos do que quem mostra a bunda?


 O que o Brasil me deu até hoje para que eu saia as ruas defendendo a nação? Ah, mas eu moro aqui. Sim, e posso garantir que muitos podem sair a rua e defender sua pátria, mas toda a classe política vai estar acompanhando isso pela televisão, desde seu hotel na Suíça. E eu vou ficar de trouxa enfrentando tanque de guerra sozinha?


Os alienígenas surtaram:

-Mas Iara, você não é patriótica, não tem noção de pátria nem de amor por ela, só quer o lado bom do país? Não quer pegar em armas para defender?

Que lado bom? E do que adianta amar uma pátria que até hoje não mostrou o mesmo amor por mim? E vou defender quem nunca me defendeu? Eu gosto do meu país, mas não penso morrer defendendo que nunca apareceu na minha vida.


Vivo em São Paulo, um Estado sem lei. Não tem segurança, o sistema de saúde e educação está falido e pago mais impostos que uma sueca e ainda por cima vou me alistar para defender um país que já deve ter vendido sua água sem minha autorização?


Isso já deve ter acontecido há anos, assim como estrangeiros compraram partes gigantes da Amazônia, os americanos já devem ser oficialmente donos da nossa água.


Se o Brasil quisesse minha ajuda tivesse pensado nisso antes, mas agora já foi. Fico tensa de pensar que não estamos prontos nem sendo preparados para essa guerra, que pode acontecer muito mais rápido do que parece, mas vou fazer o quê? Não tenho impulsos bélicos nem amor pela pátria, digamos que esse amor não foi cultivado.


Estou exausta de tantos governos corruptos, tanto dinheiro jogado no lixo, tanto atraso de vida, cansei de morar no país do futuro que só faz merda no presente e nem adianta me falarem para ''votar bem'', porque não existem candidatos bons, os principais são todos pilantras.


Não sou daquelas que querem que o Brasil exploda, pelo contrário, eu gostaria de ver isso aqui andar, mas não vou morrer pela pátria, nem vou me alistar pra defender uma água que já está vendida.


Os meus amigos alienígenas ficaram chocados comigo, mas a vida é assim, cansei de ser trouxa, não defendo um país que não me defendeu. E eles ainda me disseram:

-E você vai fazer o que quando o Brasil for invadido?

Ah, eu vou embora de carona com vocês!


Iara De Dupont

3 comentários:

Anônimo disse...

Patriotismo também passa longe aqui. O dia em que esse país afundar de vez eu me recuso a ir junto com ele.

Anônimo disse...

ahahahahaha...a parte da carona foi ótima...!

Marcelo Pantazis disse...

Não só o patriotismo passa longe como interesses próprios e o povo que se lixe.
Mas o que sempre falo, concordo de todas as formas e "PARABÉNS" pela colocação, "arruma emprego mais rápido e ganha mais quem mostra a bunda". ME REVOLTA em saber as pessoas que estudam são "trocados" por um simples e ridículo videozinho de celular mostrando suas partes íntimas para serem reconhecidos, ganhar ibope etc. Esquecem que a beleza é passageira e um dia acaba. Infelizmente temos que conviver com isso e peço desculpas por ter extendito um pouco meu dasabafo, estava entalado.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...