ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

14 março 2014

Por que você?


Não dormi ontem. Estou morrendo de sono. E não consigo parar de  me perguntar, por que você?

Isso aconteceu desde que soube que talvez nossos caminhos se cruzem de novo, apareceu um raio de sol no meio da estrada indicando que talvez, talvez, talvez, a gente possa se encontrar em um ponto, depois de anos sem nos ver e com um continente nos separando.


Só por isso não consegui dormir, apenas com a simples possibilidade de voltar a te ver.


E por que você? Porque aquela teoria da vida deve ser verdade, ela é simples, quem complica é a gente.


Não sei se é assim, mas pode ser, talvez a vida seja apenas isso, plantar umas árvores, escrever uns livros e gostar de alguém.


Você nunca disse que gostava de mim, mas provou isso durante anos. Poxa, não é isso que todo mundo quer na vida? Que alguém goste sinceramente de você? 


Ao contrário dos anteriores a você e os que vieram depois, sei que você gosta de mim. Tua voz sempre foi gentil e não importava o assunto, você estava ali. Não esqueço disso nunca, todas as vezes que te liguei você atendeu, todas as vezes que precisei de você senti tua mão segurando a minha.


Por que você? Porque larguei muitas coisas no caminho e só hoje entendi a importância de ter conhecido alguém que gostasse sinceramente de mim. Parece que a vida não tem muito disso. Romeus que se encantaram com meu cabelo preto e longo foram muitos, até hoje recebo elogios. Mas você me consolou quando pintei o cabelo de roxo e aquilo lá ficou rosa. Lembro até hoje de você na porta do banheiro dizendo:

-Iarita, cabelo cresce, não chora!

Também lembro que quando tudo terminou e você começou a namorar uma chata e ela não te deixava ir a minha casa, nos jantares que eu fazia lá. E você passava cinco minutos, subia meio minuto e dizia:


-Só vim dar um beijo e desejar que o jantar seja um 

sucesso. 

Nunca te disse isso, mas depois que você ia embora minha noite terminava. Ficava imaginando você com ela e achava tudo injusto. A primeira amiga que tocasse a campainha só de ver minha cara sabia se você tinha passado ali.


Também não lembro de você me cobrindo de elogios nem de promessas. Mas você cumpriu todas as que vi nos teus olhos.


E ontem mesmo percebi, eu precisei falar de você e ao fazer isso vi como nosso rio é limpo, e digo nosso, porque algumas vidas se unem e as águas se misturam. Só ontem pensei nisso, nunca tivemos uma discussão, nem briga, nem  falta de respeito. Nunca nos ofendemos, tudo entre a gente sempre foi civilizado, até aquela ligação tua quando você me explicou porque não queria continuar o namoro.


E acho que nunca cai com você nesse buraco de ódio porque sempre te amei demais e quis preservar isso, queria cuidar tua alma, queria te proteger da minha fúria.


E por que você? Porque me perdi em você desde o primeiro dia que te vi. Ontem quando você me disse:


-Talvez eu passe por aí, vamos nos ver?


No começo achei a frase estranha, como assim  ''passe por aí?''. Você sempre esteve aqui, sempre vai estar. Não precisa passar, já está. E por que você? Porque é você que eu amo, que eu tive a sorte de amar, o prazer de conhecer, a eternidade de sentir. Ontem com a simples possibilidade de voltar a te ver o mundo sumiu, tudo perdeu importância e dores foram esquecidas.


E não se preocupe com o tempo, o avião pode chegar amanhã, depois, mês que vem, não importa. Eu te esperaria mil anos. 


E por que você? Porque você gosta sinceramente de mim e hoje sei que isso é a única coisa que tem valor neste mundo. E eu gosto sinceramente de você. E por que você? Porque você é começo e meio, sem o fim.


Iara De Dupont



Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...