ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

09 março 2014

''Para uma mulher de letras você é rasa''




Sou rasa, mas segura

Ofender alguém não é tão simples como parece. Todo mundo tem graus diferentes de se sentir ofendido.

Eu sempre fui muito sensível e tudo me ofendia, tudo machucava, mas com o tempo aprendi a diferenciar o que era ofensa e o que era besteira.
Até esse dia chegar sofri muito, ficava chateada quando alguém dizia uma coisa como '' esse teu jeito é muito assim, muito assado'', eu me escondia e chorava, parecia não ter pele.

Mas o tempo não traz só rugas ao rosto, também cicatriza e cria uma defesa na alma.

E hoje a coisa tem que ser muito específica para me ofender e me deixar chorando.

Um dia desses um Romeu me disse que preferia mulheres magras, isso realmente ofendeu e doeu, tanto que mereceu um POST na cabeça. Mas depois esse mesmo Romeu me disse que ''para uma mulher de letras você é rasa''.

Não sei até hoje se ele queria mesmo ofender ou só provocar, mas passou reto essa frase, não considerei como ofensa, porque não acho que ser ''raso'' é ruim. Achei até engraçado e meio clichê a pessoa pensar que ser rasa é uma coisa negativa.

Ora, mas por que eu gostaria de ser profunda? A profundidade é assustadora, muitas vezes gelada, escura e sem segurança. Já a parte rasa é fácil de ver, agradável, segura, é só pensar no mar, minha primeira imagem vem de lá. Na parte rasa do mar a gente pode deitar, ficar ali sonhando, vendo a água brincando nos pés e vemos a areia debaixo da água. Já a parte profunda é perigosa, cheia de animais que não podemos ver, de um chão que nunca vamos encostar e de uma escuridão enorme.

Já me disseram antes isso uma vez e também adorei, que eu era ''superficial'', amei isso, a superfície cobre o planeta inteiro, enquanto a profundidade depende do ponto onde você está, ela não existe em todos os lugares. Se sou superficial e rasa isso quer dizer que todos podem me ver e sou um lugar seguro e cálido, que jamais ameaçaria a segurança de alguém.

E para que ser profundo? Ah, mas tem quem goste! Sorte deles e dos milhões de blogs profundos que existem no mundo, eu não quero isso para mim, quero ser rasa e superficial, cobrir o planeta e que todos que chegarem aqui possam ver e entender, sem precisar de manual ou corda de segurança.

Descobri tarde que eu poderia ser mergulhadora, adoro o mar e sua profundidade, mas ela exige cuidados e atenção, um segundo em falso ali a pessoa pode se perder e morrer. Já na parte rasa a gente pode ficar olhando para o céu e se perder nos pensamentos, sem cuidar a sombra.

Romeu quis me ofender dizendo que sou ''rasa'', mas adorei, isso quer dizer que o que eu escrevo tem maior alcance do que eu pensava, sempre quis passar reto de textos eruditos, discussões acadêmicas e conceitos matematicamente calculados. Só queria escrever e que as pessoas pudessem entender o que sinto. Esse é meu ponto, quero que entendam o que sinto, não o que escrevo, isso não faz diferença.

Sou rasa sim, e com muito orgulho, sou essa parte onde o sol bate e todos podem ver e confiar, Deus me livre de ser escuridão e água fria, na profundidade existe muita solidão e isolamento. Ser rasa é a melhor coisa que me aconteceu e sou grata por isso, a parte cálida que cobre a superfície. E não sou uma mulher de letras nem de números, sou apenas alguém que escreve o que sente. A quem procura a profundeza da vida e a escuridão não sou a pessoa certa. Romeu, boa sorte com tua procura, espero que ache logo a profundidade que tanto quer e quando sentir a água gelada no meio da escuridão lembre de mim, rasa e cálida, aquela que um dia você quis ofender e não conseguiu.


Iara De Dupont

3 comentários:

C.Belo disse...

Viajei e demorou pra eu me atualizar da leitura do blog, UFA! Mas foi Rs!

Bem, sendo assim eu tb sou rasa, e com MUITO orgulho!

Iara De Dupont disse...

Pois é C., tô que tô, mas ainda bem que deu pra atualizar né? Beijos!

Suzana Neves disse...

Eu sou rasa infantil cheia de dodói e reclamo mesmo,
Queria mostrar dedo do meio pro Romeu pena que não dá.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...