ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

19 fevereiro 2014

Vou defender o Caio Castro (fator Brasil)

Caio Castro, a nova geração do malandro brasileiro 

Semana passada o canal GNT mostrou uma entrevista com o modelo Caio Castro, galã de novelas. Ao ser perguntando sobre teatro, ele foi direto "não gosto nem de ver''.

Isso deu uma polêmica enorme e Caio foi alvo da fúria de centenas de atores, já que Caio se diz ator.

Eu não discuto mas isso, para mim ator só sai de teatro, assim como médico só sai de universidade, nem perco mais meu tempo discutindo essa questão, jamais consideraria Caio ator apenas porque fez umas novelas, isso não existe e ele foi honesto, não gosta de teatro e ponto.

E por que defendo ele? Pela distância que nós brasileiros estamos fazendo do centro do país. Abrimos nossas janelas de manhã e vemos lá longe Brasília, aquele ninho de cobras e corruptos. Todos que nos roubam estão ali, é como uma cidade doente, uma cidade de leprosos, que achamos que por manter a distância não nos contaminamos com o pensamento anti ético e corrupto deles.

Pensamos que somos melhores que os políticos, esses ladrões, nós somos a parte honesta do país, que não funciona porque temos eles no comando.

E vem Caio e cala a boca de todo mundo, Brasília é aqui, Brasília acontece na sala de muitos. Caio pode dizer o que quiser, mas ele não tem como trabalhar em uma novela só porque quis, para entrar ali precisa passar por um diretor de elenco, diretor de novela e ser aprovado por um autor. Ou seja, para chegar lá dentro pelo menos cinco pessoas precisam carimbar a entrada. E essas pessoas sabem que Caio não tem formação de ator, que não faz teatro e não quer nem saber.

Essas cinco pessoas que carimbam a entrada dele vão juntas a um bar e sentam para reclamar do Brasil e dos seus políticos que dão emprego para todos os parentes, mesmo que eles sejam analfabetos, mas ignoram sua própia atitude errada ao contratar um modelo sem nenhum preparo. Já vi diretores exaltados falando horrores dos políticos e da atual presidência ao mesmo tempo que fazem testes com modelos que não sabem nem dizer seu nome e deixam atores formados mofando nas salas de espera, apenas porque não são ninguém e não chegaram ali com indicação de ninguém. Eu já passei três horas esperando um teste e do nada chegou a sobrinha do diretor, passou na minha frente e teve mais oportunidades do que eu, teve até pessoal de maquiagem. Dar preferência a filhos e filhas de famosos, conhecidos, indicados, não é a mesma coisa que os políticos  fazem lá em Brasília? Então por que tanta revolta com a classe política se essa prática se estende em tantos lugares?
É o famoso ''jeitinho brasileiro''. O Brasil é um dos países que mais tem atores formados e eu me pergunto, onde estão? Não sei, mas sei onde está Caio, muito bem na Globo com um super salário.

A desculpa dos diretores é que meninos bonitos como Caio e meninas bonitas como Grazy Massafera atraem anunciantes, mas isso não é tão verdade como dizem. 
Na última novela ''Amor à vida'' quem bateu recordes de anunciantes foi Tatá Werneck, que interpretava Valdirene, ela é atriz, então a versão dos meninos e meninas que puxam anunciantes vai para o chão.

E quanto a Caio? Ora, ele está fazendo o que se faz em Brasília, entrou no sistema e recebe milhões sem ter feito nada para merecer, como se fosse parente de político. Quem não faria isso? Quem recusaria entrar em um sistema sem nenhum preparo para ganhar milhões? Poucos teriam a ética de recusar, a maioria, o espírito Brasil, empurraria milhões a ter a decisão que Caio teve, entrou no sistema e deve se perguntar, por que não?

E eu não vou ser hipócrita, eu me formei em Artes Cênicas e até hoje me pergunto porque estudei tanto, penso que deveria ter colocado um silicone e ter encarado a dança da garrafinha em um programa de auditório ou ter entrado no Big Brother para garantir meu acesso a uma novela. Nesse aspecto entendo Caio, se teve a oportunidade de entrar em um sistema televisivo de um país que não exige nada e castiga quem estuda,  vai dizer que não?
Por questões de educação eu teria dificuldade em fazer uma coisa dessas, de passar na frente de todos e sem nenhuma formação, mas hoje depois de tanto que apanhei por tudo o que estudei, começo a mudar de ideia, começo a entender que ética é uma coisa que se usa em um país ético, mas no Brasil isso não vale nada. Começo a achar que um caráter reto como o meu é apenas a confirmação da minha  de estupidez, não da minha  ética.

Não é culpa dele estar na Globo, a culpa é a mentalidade Brasil de tirar o máximo dando o mínimo e o espírito miserável que se carrega na alma, aquela paixão por ser um malandro assumido, ora, não é? Assumiu em rede nacional que nem gosta de teatro e está se dando bem como ator! Mais Brasil do que isso impossível. A malandragem que dá certo, o espírito daquele que se acha esperto  ao enganar o sistema.

Apoio tudo o que os atores disseram sobre Caio, detonaram ele, mas eu defendo, porque ele nunca foi ator, então não pode ser comparado a um. E nem é comparado, todos sabem que atores sem teatro não existem e poucas pessoas são tão rasas como Caio na frente de uma câmera.

Mas volto ao ponto, isso é culpa dos diretores de elenco e o pior é que eles sabem disso, tem consciência que Caio pode ser bonito no vídeo, mas nunca vai resolver uma cena como um ator resolve e prova disso foi sua última novela "Amor à vida'', onde Caio fazia um médico bonitão que passou a novela inteira na cama com uma assistente, enquanto Matheus Solano, que é ator, carregou nas costas duzentos capítulos, arrasando em todos, apenas porque é ator. Diretores de elenco assistem isso, mas não me perguntem porque eles insistem em testes com pessoas como Caio, eu não tenho a resposta.

Por que novelas não são cheias de atores? Porque diretores reclamam que atores perguntam demais, preferem modelos que não tem conhecimento nenhum para perguntar nada, apenas obedecem ordens.

O fato de Caio ter um contrato longo com  a Globo mostra o que eu venho dizendo, Brasília não é um mar de tubarões distantes, todos nós brasileiros temos nossa parcela de culpa nesse espírito de  ''querer tirar vantagem''. Nós como público assistimos e aceitamos esses meninos que não têm respeito pela profissão que dizem exercer, nós brasileiros fechamos os olhos para a corrupção que está na vida de todos, ignoramos o sistema mesmo sabendo que pessoas que estudam ganham menos do que malandros que conseguem empregos por parentes. 

Caio é brasileiro, mostrou o pior do nosso espírito e se infiltrou no sistema, chegando lá abre seu sorriso gigante e diz, por que não? E nós brasileiros abaixamos a cabeça e dizemos que todo o mal está em Brasília, escondemos de nós mesmos que todo o mal está no nosso dia dia e que somos o país da malandragem, onde  todos parecem contaminados.


Iara De Dupont

4 comentários:

Anônimo disse...

O Caio Castro virou ator através de um concurso do programa do Luciano Huck (pra malhação).
Ou seja...formação nenhuma.

Iara De Dupont disse...

Aff, não sabia disso...agora morri! É pior do que eu pensava, achei que era um desses modelos...

Suzana Neves disse...

Verdade eu lembro do quadro,o mundo é dos espertos bonitos e magros mas as pessoas no fundo sempre gostam das verdadeiras um dia na minha cunhada vi uma cena dele com aquela atriz do cabelo assimétrico nossa eu brincando de representar falava melhor que eles nem química sexual eles passavam pior que vi nesses portais da vida que ela tinha sido uma revelação revelação de que Jesuisss.

C.Belo disse...

Ué, mas é claro que ele não gosta de teatro, na verdade quando ele diz não gostar eu entendo direitinho que ele jamais se submeteria a decorar textos, dominar técnicas de expressão corporal, se esforçar para ter autocontrole diante de uma plateia a cada noite, enfim, encarar essa empreitada. Pra que, não é verdade? Se ele pode ganhar bem mais fazendo novelinhas em que se o nariz dele coçar ou ele quiser cagar ele pode fazer uma parada pra isso na hora que ele quiser? E pode repetir a cena caso ele tenha "perdido a inspiração" e não tenha conseguido "atuar"?

Olha, vou te falar uma coisa, faz tempos que eu não assisto a uma novela (a última foi "belíssima"), mas eu não veria problema em assistir a uma novela novamente; mas acho MUITO ESQUISITO ouvir alguém dizendo "Ah, esse cara atua direitinho, né?". Quê???? Eu tb faria o que ele faz com os pés nas costas, ainda mais com um cachê daqueles, porra!!!

Ridículo!!!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...