ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

24 fevereiro 2014

Turma do incenso: circulando, circulando, circulando..


Nos últimos tempos fiquei muito mimada. Eu era mais reservada porque acreditava piamente que só eu sentia do jeito que sentia, então ao ver todos agindo de maneira diferente  me fechava mais ainda e não dizia nada do que sentia. Isso me sufocou durante anos, até que comecei o blog e desde o começo tive uma boa resposta, as pessoas se identificam com o que escrevo porque se sentem de um jeito igual ou parecido.

E graças a isso elas sempre me deram todo o amor e apoio do mundo, mas eu fiquei mimada, fui para o outro lado da questão, agora escrevo tudo sem filtro, não fico mais regulando o que sinto, aprendi a subir na mesa e mostrar a língua, fiquei mimada mesmo, quase insuportável.


É lógico que ao escrever sobre algumas coisas eu recebo críticas e  muito de vez em quando ofensas, mas no resto navego tranquila porque sempre tem gente me dizendo que se sente do mesmo jeito e isso tranquiliza minha alma.


Mas desde que o blog deixou de ser anônimo eu descobri a pior parte da internet, todo mundo está vigiando todo mundo, perdemos mais tempo na vida alheia do que na nossa. E isso acaba atraindo pessoas que um dia conviveram comigo, elas aparecem por aqui.


E uma coisa me diverte, poucas pessoas tem sentido de quem realmente são, já falei de uma e outra achou que eu falava dela. Isso acontece pelo menos uma vez por semana, já cansei de falar que ainda estou começando a aprender a escrever, não sei inventar personagens nem situações, ainda uso a memória para escrever sobre qualquer assunto, vou na unha mesmo.


Coisas engraçadas acontecem por causa disso, como aconteceu hoje, em um encontro casual no Facebook com uma amiga de infância de um ex-Romeu. Adicionei ela porque pediu, mas vou ser sincera, nunca achei que fosse boa ideia, desde o começo me arrependi, mas fiquei sem saber como cortar a amizade, achei que ia dar muito na cara que eu ainda estava chateada com o Romeu, que é seu vizinho há trinta anos.


Daí  a fofa aparece e me chama para conversar. Meu instinto disse para sumir do Facebook, mas lá fui eu, a Rainha da teimosia. Então ela começou perguntando como eu estava e tal, e eu lá me perguntando o que ela queria.


De repente saiu a conversa, começou assim:


- Sabe fulano (Romeu) pois é, eu não sou menina de recados, mas preciso te dizer uma coisa...você já extrapolou um pouco os posts sobre ele. Na boa, respeita que ele quis terminar o namoro, o que você está fazendo é feio Iara. Você está falando sobre ele apenas porque quer se vingar.


Uia! Extrapolei? Onde está escrito que os posts são sobre ele e onde está escrito que eu nunca mais namorei ninguém depois daquele fora covarde?


Então ela veio  para o segundo round:


- Eu te convidei uma vez para se juntar a nós no nosso grupo de meditação, não insisti  porque você não quis, mas se eu soubesse que estava tão cheia de ódio em relação a ele eu teria te puxado, teu blog  virou uma campanha contra ele, é só uma vingança boba. E te digo mais, não tenho nada contra você, pelo contrário, sempre tive estima, mas concordo quando ele diz que a melhor coisa foi terminar o namoro, porque você ''vibra'' em outro astral, ele já está muito acima das vibrações que você carrega.


Mas não é? Tão acima da minha '' vibração ruim'' que manda a amiga me dizer isso, porque não foi homem de vir me perguntar se os posts são sobre ele.


Ah, como as pessoas são cínicas, o Romeu esqueceu que era mulherengo, farrista, me traiu e agora vem mandar recado de santo?  Esqueceu que me conquistou com mentiras de que era uma pessoa diferente? Ora, quem não conhece que compre!


Conheço bem essa ''turma do incenso'', começam fazendo Yoga, meditação, enchem o Facebook de frases de Dalai Lama, a casa de velas e incensos, se purificam, deixam de comer carne e de repente se transformam em seres humanos execráveis, daqueles que consideram todos inferiores espiritualmente a eles, todos '' vibram'' em coisas ruins e negativas e apenas eles sabem a diferença. Pegam nojinho de todo mundo que não seja igual, compram tofu e se dizem budistas, sem saber bem o que é isso, apoiam a sustentabilidade e a '' vida'' do planeta e seu ódio disfarçado é apenas direcionado aos outros que eles consideram '' inferiores espiritualmente'' a eles.


A base de qualquer evolução espiritual é a compaixão pelo outro, principalmente aos que estão mais atrasados, mas a 

''turma do incenso'' odeia os retardados espiritualmente 
( tipo eu) e sua empatia não se estende a criaturas rasas 
( tipo eu). Eles se consideram a ''elite espiritual '' do mundo, aquela que não quer conviver com os pobres de espírito, contrariando todas as mensagens de mestres como Buda e Jesus, que falavam do amor ao próximo. O amor deles se aplica apenas ao grupo de meditação que frequentam, o resto do mundo não é digno do amor deles.

E deixo claro, não estou criticando pessoas que frequentam esses grupos de meditação, conheço vários e são ótimos, falo apenas daqueles que se acham '' melhores e mais evoluídos'', que tratam os outros com desprezo, achando que são uns ''leprosos espirituais''.


E já vivi o suficiente para dizer que a ''verdadeira espiritualidade'' não carrega etiquetas nem tem marca favorita de incenso, ela apenas está na essência e se mostra ali, não precisa de grupos de meditação para aparecer. Conheci pessoas maravilhosas e nem sei o que faziam ou não para se superar espiritualmente, isso era problema delas, ao contrário da '' turma do incenso '' que adora berrar tudo o que faz.


Romeu que se diz ''evoluído'' está puto da vida porque pensa que mexi com seu ''ego'', justo esse que devia ser neutralizado nas meditações e na consciência espiritual. Está tão cego de ódio por mim que lê tudo que escrevo como se fosse direcionado a ele, então eu me pergunto, quem é a criatura rasa aqui?


Se ele fosse tão evoluído nem passaria aqui, já teria superado a curiosidade de saber o que penso dele.


E sua vizinha ainda jogou um pouco com isso, com o fato deles não entenderem porque eu estou babando de raiva com ele, como se meu blog fosse sobre ele.


O ponto aqui é o mesmo, eu escrevo sobre o que percebo, seja bom, seja ruim, não me desculpo  e não quero magoar ninguém, mas o ser humano é assim, tem mil lados e me interessa escrever sobre isso, os incomodados que nem apareçam por aqui, ninguém é obrigado a ler nada.


A essa '' turma do incenso''  peço que naveguem longe daqui, tudo bem que me consideram rasa e tal, não discuto isso, já conheci bem as profundidades e a superfície da vida espiritual para me preocupar com um bando de pessoas que está mais preocupada em dizer que medita do que em fazer alguma coisa que preste. Mentiras eu também posso dizer, também posso me vestir de verde e sair dizendo que me deprime a vibração baixa do planeta.


E existe um ponto que faço questão de falar para essa

''turma do incenso'', eu conheço mais do ser humano do que vocês pensam, tem mais artificialidade nos gritos de vocês do que no meu silêncio. Assumo meus erros e dúvidas, não preciso encher meu Facebook de frases do Osho para dizer que sou boa, equilibrada e quero um mundo melhor.

Eu sei que sou humana e assumo isso. Não preciso gritar se medito ou não, nem chamar ninguém de '' espiritualmente raso''. Vocês  acham que meu blog é sobre como eu odeio meus exs, mas não é isso, é sobre o ser humano. Aquele que vocês ainda estão na fase de negar.  E vou dizer uma coisa que vai estragar a festa, podem meditar à vontade, mas ainda assim vocês são seres humanos, esses que tanto odeiam.


Iara De Dupont

5 comentários:

Clarissa disse...

ADOREI, IARA! ADOREI!

Alessandra Cabral disse...

Algum tempo atras encontrei no centro espírita (da linha kardecista) respostas para muitas das minhas questões. Tudo fez muito sentido e comecei a ir com bastante frequencia, participar de vários eventos, etc.
Com o tempo e a convivência percebi que ali dentro tinha um ninho de cobras, alguns claro, como em todo lugar. Mas fiquei extremamente decepcionada. Não esperava encontrar santos ou curandeiros lá, mas esperava deles um mínimo de respeito pelo próximo. Vi muita gente ambiciosa, querendo aparecer mais que as outras.
Acabei me afastando e hoje participo muito menos e percebi que isso me fez bem.
Falar em fazer o bem, vibrar energia boas, etc, etc, etc é muito fácil de falar, a prática é muito diferente, infelizmente.
Instituições me cansam muito e rótulo de "elevados" sempre me soa como enganação.
Bjs,

Suzana Neves disse...

Auuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmm bando de bocó. Auuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmm.
Vão morar na montanha .

C.Belo disse...

Se ele fosse tão evoluído, DE FATO não estaria se preocupando em vir aqui ler o que vc pensa SUPOSTAMENTE sobre ele.

Eu não conheço nenhum ex seu, na verdade nem conheço vc, eu leio e acho interessante pq, como vc falou, não é sobre sua vida e sobre seus ex, é sobre características universais com as quais todos nós nos identificamos de uma forma ou de outra.

Se me perguntar quem é quem...eu não sei, não sei dar nome aos bois até pq vc não faz isso, e ainda que fizesse eu não saberia. Agora ele deve estar com medo pq se vê exposto nas tuas palavras, ou seja, TUDO o que vc já possa ter dito sobre ele (mesmo sem mencionar nome) deve ser exatamente do jeito que vc fala, afinal, ATÉ ELE SE VÊ ALI,PORTANTO ELE CONCORDA, não é mesmo?

Elaine disse...

👏👏👏👏👏Td que eu penso👏👏👏👏👏

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...