ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

25 fevereiro 2014

Só no México traficante vira santo..

O Santo '' Chayo''

Sempre me perguntei porque existem tantos observadores mundiais em todos os aspectos e nenhum deles em relação as religiões. Todos os movimentos políticos do planeta estão sendo vigiados, mas fora isso parece que o mundo ignora quando uma célula religiosa começa a se reproduzir. Muitos pensam que o único perigo religioso do mundo está no meio oriente, saindo de lá tudo caminha na santa paz.

Religião devia ser coisa de foro íntimo, a pessoa acredita naquilo e ponto, jamais deveria ter espaço para levar suas crenças ao âmbito social.

E por que as pessoas acreditam no que os líderes religiosos dizem? Ah, não sei, deve ser uma necessidade interna do ser humano diante de um mundo tão violento e estranho.

Não acredito na cura da '' praga religiosa'', mas penso que se o estado cumprisse sua parte as pessoas não estariam tão à merce dos líderes religiosos.

O México está dando um exemplo claro disso, é um país parecido com o Brasil, um povo que trabalha demais para um governo corrupto. A maioria das cidades sofre como o Brasil, prefeitos milionários em cidades que não tem nem um posto de saúde. A população sofre todos os horrores, a falta de segurança em lugares invadidos pelos  traficantes, os preços abusivos de alimentos, a falta de hospitais e escolas caindo aos pedaços.

Em um ambiente assim coisas estranhas acontecem, como aconteceu recentemente no México. 
No fim de 2010 o então presidente Felipe Calderón comemorou sua maior vitória, o exército tinha matado ''El Chayo '', chefe do maior cartel do mundo, os '' Caballeros Templários '' da cidade de Michoacán, ao oeste do México.

Essa guerra ao cartel já tinha matado setenta mil pessoas e o governo precisava de um jeito ou outro resolver. A morte de '' El Chayo'' foi celebrada, vista como o começo de uma nova era para os mexicanos, finalmente estavam livres do grande chefe.

Mas nesses três anos após sua  morte nada mudou, as mortes continuam, o cartel é cada dia mais forte e o México parece cada vez mais desestabilizado nesse aspecto. 
E agora acontece uma coisa inacreditável, na cidade de Michoácan, origem do traficante  '' El Chayo'', apareceu um novo santo, Nazário Gonzalez. O problema é que esse santo dizem que é '' El Chayo'' que ressuscitou depois de ter sido cravejado de balas pelo exército mexicano. O santo, graças a uma campanha poderosa, vem se fortalecendo, é o único traficante no mundo que ressuscita e vira santo, com direito a uma Igreja e procissões. Também está distribuindo sua imagem, cestas básicas e montou um programa de ajuda aos dependentes.

O governo afirma que tudo é uma farsa, o traficante foi morto, mas ninguém viu o corpo, nem sabem onde foi enterrado. Por outro lado ninguém tem visto o traficante, mas a campanha da sua ressuscitação tem sido tão boa que até as maiores autoridades que acompanham o tráfico no México dizem que é absolutamente possível que o "El Chayo'' não tenha morrido, talvez fez um acordo com o governo mexicano, até uma troca de presidência e depois apareceria vivo, mas tinha que fazer isso em grande estilo e com a população do seu lado.

E o México é como o Brasil, terreno fértil para todas as crenças, principalmente as ligadas a religião católica. Pela ausência de estado e pelo fator rural, o México é um país que maltrata sua população rural de uma das maneiras mais violentas, para dentro do país além das guerras de cartéis, os agricultores vivem em um conflito com as forças armadas por questões históricas, diante de tanta violência a maioria dos mexicanos acredita mais na Virgem de Guadalupe do que no governo.

Isso levou a história toda que foi montada sobre o traficante que vira santo a cruzar o limite da lenda. Agora começam a aparecer '' milagres'' feitos pelo santo Chayo, a população está fragilizada e sem proteção, diante disso se aferra a uma lenda, mesmo que recente.

E o traficante ao se unir no desenho a figura de um santo vira  um herói, as pessoas esquecem que ele é responsável pelas maiores barbaridades  que o mundo dos narcos já conheceu. Os '' Caballeros Templarios '' ficaram conhecidos pela crueldade e pela maneira terrível de agir, como pendurar as cabeças das pessoas mortas na entrada da cidade, para que todos vissem o resultado de desafiar o grupo.

Mas o vazio precisa ser preenchido, sem governo por perto, sem seus direitos reconhecidos as pessoas apelam para o mundo espiritual e seus santos. É nesse momento que acredito que deveria existir um órgão mundial responsável de analisar esse tipo de acontecimento antes que saia do controle, vigiar de perto o que as pessoas acreditam me parece mais importante do que vigiar o que comem, já que a religião é a maneira mais fácil de manipular uma multidão.
O governo mexicano já perdeu moral diante de tanta violência, a última coisa que precisam agora é  de um ''traficante santo''.

Pode parecer uma história louca e engraçada, mas a Igreja Católica começou do mesmo jeito, enchendo o mundo de histórias de homens santos e assim quase dominou o planeta, pegando pessoas sinistras e canonizando.

O futuro disso, que tem até sua teoria, a volta triunfal do traficante que vira santo foi desenhada por brilhantes estudantes de Harvard, a serviço do mesmo, mas o que vem por aí parece mais sombrio do que essa piada, o México é um país que passa por uma crise interna gigante por culpa do tráfico e começar agora a ter santos que um dia foram traficantes vai piorar tudo. 

Mas o abandono do estado provoca isso, no desespero e na fome as pessoas se ajoelham para qualquer santo,  mesmo que esse seja conhecido pelas cabeças que mandou cortar.


Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...