ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

28 fevereiro 2014

Poxa, pra quê tanto ódio com as gordas? (bailarina maldita)


Em teoria  já passei da idade de me surpreender com o que algumas pessoas dizem, mas eu não consigo, talvez o dia que mais nada me surpreenda em relação ao ser humano eu comece um blog sobre perfumes e fique por lá mesmo.


Até esse dia chegar digo que meu blog é um blog sobre perguntas que eu faço em voz alta, pergunto tudo e sobre tudo, porque ainda está difícil  de entender.


Estava na casa de uma amiga quando sua irmã chegou, uma bailarina clássica de uma ótima companhia. Conheço ela há tempos e nunca tive nenhum problema com a moça, mas agora tenho.


Eu conversava com minha amiga sobre moda plus, quando percebi que sua irmã estava meio atenta a conversa, procurava umas chaves na sala, mas eu vi as orelhas de pé. Minha amiga tem vontade de abrir uma confecção de roupas para mulheres cheinhas, as plus size, mas estava em dúvida. Tentei argumentar dizendo que é um mercado ainda pequeno no Brasil e 51% da população mundial está acima do peso, ou seja, a longo prazo é um mercado internacional, até porque o Brasil tem fama de roupas bonitas.


Não sei o que encostou na bailarina, mas ela deu um pulo e disse:


-E você tem orgulho de fazer parte desse 51% ? Você já fez a conta? Minha irmã e você fazem parte dessa estatística e são solteiras, isso quer dizer que nenhum homem jamais vai reparar em vocês, porque são a maioria e homens vão correr como loucos atrás de magras como eu, vamos ser os diamantes do amor!

Na hora fiquei sem entender nada e perguntei o que tinha a ver a confecção plus size com o gosto dos homens? E o fato de eu ser solteira queria dizer o que na história?


E lá veio a bailarina:


-Vocês estão na merda e não aceitam isso!  Vão viver em um mundo onde as magras vão ser as mais procuradas, amadas, e vocês serão ignoradas por gordas, porque vai ter tanta gorda no mundo que os homens não vão correr atrás de vocês. E quanto a essa merda de ideia de fazer uma loja para gordas acho o fim do mundo, vocês deveriam trabalhar contra a obesidade, não passando a mão na cabeça das gordas.

A mãe da bailarina saiu correndo e disse que a filha estava na TPM, como se esse argumento machista fosse ajudar. A minha amiga tentou reagir, mas percebi que era conflito de irmãs e preferi me levantar e ir embora, mas antes tive que dizer a bailarina que relevava tudo o que tinha dito porque ela devia estar com fome, com os ossos grudando na pele, a cara pálida, ela precisava de um pão com ovo, sem comida a pessoa delira e fala merda mesmo.


Mas a bailarina tinha sangue nos olhos e argumentou:


-Sério mesmo que você não percebe como tua vida vai piorar? Você não percebe que as magras vão valer ouro no mundo e vocês gordas serão cada vez mais desprezadas?

E eu lá quero valer ouro por ser magra? Eu quero valer ouro por ser um bom ser humano, uma pessoa decente, não por pesar ou não 40 quilos. E nunca vi a maioria ser mais forte do que a minoria em nenhum caso.


Fiquei irritada e mandei a bailarina comer e disse a ela que me surpreendia escutar o quanto ela se odiava, porque só uma pessoa que se odeia tanto é capaz de agredir alguém com tanta garra.


Sai de lá inteira, mas chorei na rua. E não foi pelo o que a bailarina me disse, não me senti tão ofendida porque já fiz dietas e sei que a gente surta sem comida, fala besteira mesmo, mas chorei de raiva por pensar, que mundo é esse onde uma pessoa se sente superior a outra apenas pelo peso? Que mundo é esse onde tudo vira uma competição barata e vale qualquer coisa?


O que essa bailarina tem a ver com meu peso e minha vida pessoal que nem estava na roda?


Então já tem gente magra comemorando, quanto mais gordos o mundo tiver, mais os magros serão celebrados e amados, como se o peso fizesse a gente amar alguém.


Minha amiga ligou e se desculpou, sua irmã estava em um péssimo dia e a briga se arrasta por dinheiro, uma irmã quer montar uma confecção e a outro um negócio de comida. Disse para minha amiga que dias péssimos não tem dão direito de humilhar nem dizer barbaridades a ninguém.


É o rosto do ser humano, a essência que sempre está ali, o mundo já se odiou e ainda se odeia por religião, por cor, por nível social e agora vão começar a se odiar pelo peso. Magros serão a minoria amada, vão ser como os ruivos são, menos de 2% da população mundial, por isso chamam tanto a atenção.


Mas eu sou uma boba, daquelas que acha que tem lugar pra todo mundo e não tenho sonhos de ser amada por um homem que goste de magras, isso me deprime, prefiro homens que curtem mulheres como eu. Mesmo assim reconheço que o futuro parece sombrio, caminhar pela rua vendo magros passar  olhando com ares de superioridade é deprimente, até porque conheço isso de perto, tenho amigas que começaram dietas e se sentem melhores e mais disciplinadas que todo mundo.


E tive esse discussão ética essa semana também com outra pessoa, não adianta a pessoa reciclar seu lixo e  não ter caráter, do que adianta essa menina ser uma grande bailarina e ser uma pessoa tão pequena?


E no fim continuo pensando a mesma coisa, não mudo de ideia, pra mim peso não é sinônimo de bom caráter, essa bailarina deveria passar manteiga no pão para ver se melhora seu jeito de ser e existe uma grande diferença entre ela  e eu, não é o peso, é o mundo, eu não vivo em um mundo limitado onde os magros valem ouro e os gordos são lixo espacial, no meu mundo cabe todo mundo, talvez por isso ela seja tão infeliz. Essa é a grande divisão do mundo, os felizes e os infelizes, o desequilíbrio neste mundo é que os infelizes não deixam ninguém em paz.


Iara De  Dupont

9 comentários:

Anônimo disse...

Iara,
Sempre existiu e sempre existira gente que na tentative desesperada de se sentir melhor consigo mesmo menospreza o outro,nao so em relacao ao peso mas em relacao a outras caracteristicas.A melhor "vingança" na minha opinião é ser não nos rendermos ,não concordarmos com esse absurdo de considerarmos os magros superiores em algum aspeccto pois nem os magros acreditam que quem é magro é mais feliz,porque os que pesam mais deveriam acreditar. Existem muitas mulheres magras,porque muitos homens escolhem as gordas? Porque magreza nao significa ser belo e interessante e ser gordo nao significa o contrario. Eu acho que o espaço dado a moda plus size ajuda muito a melhorar essa situação,embora eu preferiria que a moda não fosse rotulada como algo fora do normal. Eu acharia melhor que a moda de tamanhos grandes não tivesse nomenclatura, fosse apenas "moda para todas",poxa moro no exterior e em TODAS as lojas tem do tamanho 32 ao 48/50,existe uma loja plus size, que não carrega esse nome mas vende roupa do manequim 52 ao 60 e roupas modernas a preço em conta. Eu sei que no mundo inteiro a magreza é valorizada,mas ao menos em alguns países os que pesam mais são respeitados. Acho legal o movimento dos blogs que mostram mulheres lindas e gordas,inteligentes,bem vestidas,antenadas,enfim mulheres .Gente como essa bailarina louca existe aos montes,mas eles não podem vencer o jogo,eles nao podem dominar o mundo. Acho que nunca sera como achamos que devemos ser,mas hoje ha quem grite e quem mostre que a mulher é mais que numero,eu vejo mudanças,sutis mas importantes.
Bjs
Anna

Suzana Neves disse...

Sempre fico infeliz com comentários como esse nunca conheci uma magra que jogasse nos meus olhos o porque o mundo é gordo e que ela é melhor que alguém, também tenho uma prima magérrima que é uma pessoa super delicada, porque no meu meio mulheres magras demais não são bonitas tb, minha amiga e nem minha prima fazem dieta para ser do jeito que são talvez até por isso são tão amigáveis passar fome e vontade das coisas nos deixa muito amargas mesmo.

Anônimo disse...

Bom eu não sei em que mundo essa moça vive mas sei que o que mais vejo no meu ambiente de trabalho são os homens dizendo que preferem as mulheres normais a gordinhas.Eu mesma já pesei 45 quilos e ninguém me olhava eu era invisível,eu amava ser magra mas por questão de me sentir bem magra, hoje pela chata da tireoide peso 65 e tenho 1,67 ou seja a magreza passa longe de mim, porém os homens reparam mais, elogiam ditam como corpo normal, na verdade me sinto até incomodada.Só que no meu caso tem uma coisa bem específica: Eu não vou emagrecer ou engordar para agradar os "zomis". Se um dia eu tentar emagrecer será por não estar me acostumando com minhas novas formas, por ter perdido muitas roupas,enfim nunca para agradar os outros. Homens tem suas preferências e olha eu conheço uns trinta que adoram uma gordinha, preferem mesmo. Um cara que vigia meu peso e minhas refeições não merece estar comigo, se a bailarina gosta disso de ser: castrada! o problema é dela! de força para sua amiga abrir a loja que tem tudo pra dar certo e deixa anoréxica virar ossso.

Nico disse...

Eu acho que vc não faz idéia do que é conviver diariamente com alguém assim. Ela pelo menos é irmã de uma amiga sua. No meu caso, é o MEU irmão que é assim. Ela pelo menos é bailarina clássica. Meu irmão é um idiota que se formou em jornalismo e em educação física. Nenhum dos dois tem o direito de falar o que falam, mas falam. E o pior é que tem gente que aplaude de pé. No meu caso, meu pai e toda a família dele pensa exatamente igual.
Minha mãe era modelo de moldes, tinha o corpo chamado de perfeito, e isso foi até depois da segunda gravidez. Só ficou gorda depois da menopausa, e foi o motivo do meu irmão deixar de falar com ela. Pq segundo ele uma pessoa perfeita como ele, que trabalha na área da saúde (fotógrafo de surf é área da saúde agora), não pode ser envergonhado pela parte gorda da família. Ele chegou a esconder que a esposa também perfeita estava grávida, e só contou depois que ela tava de 7 meses pq ficaria chato minha mãe saber por outras pessoas...

Suzana Neves disse...

Nossa Nico,mas pode ficar tranquilo seu irmão nem é considerado humano se ele se comporta assim.
Ele é praticamente o proprio narciso.

Anônimo disse...

Nossa, eu nunca tinha pensado por esse lado, que conforme o mundo engorda, os magros vão ser adorados! Tenho mais um motivo importante para manter meu peso sempre controlado e tomar todo cuidado do mundo com isso! É o que que digo as minhas sobrinhas, que elas devem sempre ter todo cuidado para não ficarem gordas, uma delas era gordinha, mas fez a dieta páleo e emagreceu 10 quilos, ficou linda, agora é super popular na escola, tem um namorado, e graças a Deus hoje tem pânico de comer besteiras! Ser magra é tudo de bom, só tem benefícios! E o mundo sempre vai valorizar o natural, ser gordo é doença, não é a toa que 3,4 milhões de pessoas morrem por ano no mundo por causa da obesidade!

Aline Rodrigues disse...

Iara amo seu blog você é minha diva porque me faz pensar! Linda

Aline Rodrigues disse...

Iara você é minha diva, obrigada por compartilhar esse dom que Deus lhe deu de passar suas mensagens para que possamos ver a realidade e se tornar uma pessoa melhor.
Obrigada por me fazer pensar!

:D disse...

Eu penso assim: cada um deve ser feliz da maneira que convém. Se está feliz sendo gordo, ótimo. Caso contrário, é hora de deixar a zona de conforto e trabalhar para mudar esse quadro. Se você não estiver pronta para mandar todos a merda, você nunca vai conseguir ser verdadeiramente feliz. Pois, sendo magra ou obesa, você sempre será alvo de críticas (claro que gordos serão alvo de mais críticas). Infelizmente os outros sempre querem opinar, se meter, magoar e querem um jeito de menosprezar em os outros na tentativa de se sentirem menos frustados consigo mesmos. Apenas mande essas pessoas para o limbo, e foque em si mesma. Análise se está feliz e acaba-se os problemas. simples assim

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...