ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

24 fevereiro 2014

Mafalda nos seus dias da '' lei da atração''

Mafalda
Minha mãe diz que um arrependimento que tem em relação a mim é não ter me colocado o nome de ''Mafalda'', porque desde que comecei a falar só faço perguntas e odeio sopas. Quando era pequena  não gostava de desenho animado e minha mãe achava isso ótimo porque dizia que eu ficava na frente da televisão perguntando o que era aquilo. Eu não sei se é meu espírito, mas sinto que a coisa que mais tenho na vida são dúvidas em relação a tudo.

E com a idade isso se acentuou. Encho o saco de todos meus amigos com qualquer dúvida, que pode ir desde uma questão existencial até onde fica o soro do creme de leite. E sempre tive gente legal que me explicou o que eu perguntava.


Às vezes tem um ou outro amigo mal humorado no Facebook e apenas me diz:


- Qual a dúvida hoje?

Ou simplesmente não falam comigo, se cansam de tantas dúvidas. Mas preciso saber a opinião de todo mundo sobre qualquer coisa, para desenhar e ter um pouco mais claro o assunto.

E aconteceu uma coisa e não resisti a encher o saco de todo mundo. No meio de uma fase turbulenta na minha vida e cheia de coisas ruins, do nada apareceu uma coisa que parecia incrível.


Mas sou macaca velha e fui cínica a respeito. Pensei naquela teoria da lei da atração, do livro '' O segredo'', quando você está em uma emoção, você vibra nela e o universo reage e te manda exatamente aquilo que você está sentindo, não pensando.


E eu tinha plena consciência de que não estava bem, não estava vibrando no amor nem na gratidão.


Corri para perguntar a uma amiga mística:


- É possível uma coisa que você sonhou aparecer no pior momento da tua vida?

Minha amiga é cheia de certezas, trouxe elas na bagagem junto com incensos quando voltou do Tibet. E ela me garantiu que era possível sim uma coisa boa, porque ninguém vibra no ruim, como disse:


-Iara, nós somos pedaços dentro de um todo, alguma parte tua está vibrando no amor e na alegria, tanto que conseguiu atrair essa coisa boa.

E eu lá fazendo minha pose de pensadora e me dizia

''Mas será mesmo?''.

Como não me convenci corri para um amigo conselheiro espiritual de alguma religião que eu não pratico. E ele foi enfático:

-Iara, isso é Deus, ele não deixa ninguém sozinho atravessar o mar, ele estende sua mão da maneira mais misteriosa, agradeça que ele te ajuda e isso que te aconteceu é uma prova de sua existência na sua vida.

Não sei, de novo não me convenci. E fui lá com outra amiga, psicóloga que rapidamente me disse:


-Iara, coisas boas acontecem para pessoas que não se sabotam, você está tentando se sabotar.

Mas no meu interior a pergunta me fazia debater nas paredes, é possível atrair uma coisa tão incrível durante dias tão sombrios? Porque não era um consolo de Deus, era praticamente um prêmio por toda minha existência na linha reta.


E meu instinto gritava, eu ficava mais perdida ainda. Teve gente que fugiu de mim nesses dias no Facebook, porque não aguentava mais minha pergunta. Por isso eu sonho tanto com um programa de rádio, assim eu jogo uma pergunta e as pessoas que quiserem me ajudam respondendo!


Devia ter um serviço do governo especializado em qualquer dúvida, seria só questão de ligar ou mandar email.


Mas Deus, caso ele exista, foi justo. Me manteve nessa agonia uma semana, na qual eu flutuava em pensar que merecia aquilo e em pensar que tinha alguma coisa errada ali. Depois de uma semana não posso dizer que foi a pior experiência que já tive com alguém, seria injusto dizer isso, mas foi muito ruim e acentuou mais ainda o mal estar que já vinha carregando. É uma sensação péssima estar no seu canto sem mexer com ninguém e de repente alguém que está sem nada pra fazer se aproxima pra brincar.


Na vida tudo se aprende, será esse meu consolo em muitas coisas, dessa vez aprendi que não importa a lei da atração, nem o instinto, nem Deus ou os monges tibetanos. Ninguém dá melhores respostas e mais definitivas do que o tempo, que mostra quem somos e quem os outros são. Resposta boa e concreta só o  tempo traz, o resto é teoria de livro.

Mesmo assim já me desculpo por antecipação com meus amigos, porque mesmo sabendo que o tempo vai me responder tudo não vou deixar de perguntar.


Iara De Dupont


Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...