ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

06 fevereiro 2014

Lindas palavras na boca errada


Tenho um ex-namorado que depois que o namoro terminou virou um amigo que não posso nem descrever de tão incrível. Ele navega sempre nos meus posts, aparece sempre como aquele amigo que me dá bons conselhos enquanto eu escondo que ainda sou apaixonada por ele.

Infelizmente a geografia nos separou e cada dia mais eu sinto falta dos conselhos dele, muitos dos quais só entendo hoje.


Um desses apareceu nos últimos dias, diante de uma situação muito triste para mim, um fora de um Romeu canalha.


Um dia meu ex-namorado, já casado, me convidou para um almoço na sua casa e lá estava outro amigo dele, que sempre teve um olho em cima de mim. O amigo me fechou durante o almoço, deu em cima mesmo, falou um monte de coisas e meu ex ficava fazendo caras de ''vai'', e eu lá pensando se queria ou não. Mas não gostava desse amigo e desencanei.


No dia seguinte encontrei  meu ex para um almoço e ele me perguntou o que tinha acontecido, já que o rapaz bebeu demais e eu acabei levando ele pra casa junto com outra garota que estava no grupo.


Dei risada e contei isso, que o amigo ficou bêbado e não parava de me paquerar no carro, dizendo um monte de coisas bobas. Meu ex perguntou o que eu pensava daquilo e eu disse que nem tinha dado bola, achei engraçado, mas era tanta bobagem que nem lembrava.


E meu ex deu um pulo e disse- Entendeu agora Iara, entendeu?


Não tinha entendido e pedi uma explicação, logo ele me disse- Você é atriz, fica achando que palavras são escritas na pedra e não é assim, elas não tem nenhum valor, as pessoas falam o que querem, a hora que querem, para de achar que o que te foi dito em uma noite de sexta vale para segunda de manhã!


Mesmo assim continuei sem entender e ele melhorou a explicação- Já cansei de te ver cair em conversa de cafajeste, porque você acredita em qualquer besteira que te dizem! A vida é exatamente como ontem, o Gustavo te encheu de palavras lindas e você não acreditou, porque é assim que tem que ser, deixa de ser boba e ingênua! Palavra não vale nada, se valesse não existiriam cartórios no mundo. E te digo mais, se palavras não valem nada as que são ditas na cama ou antes dela nem se diga! São feitas de ar!


Ainda tentei argumentar, o que eu posso fazer? Sou atriz e escritora, só entendo de palavras, se alguém diz que me ama por que não vou acreditar?


Em algum lugar li uma entrevista do Cazuza, onde explicava uma música, Codinome Beija-flor, que em um refrão dizia:


-Que só eu que podia

 Dentro da tua orelha fria
 Dizer segredos de liquidificador

Na hora de explicar esse refrão ele disse que eram as mentiras contadas na cama, apenas isso.


Queria mesmo ter esse poder de não acreditar em nenhuma palavra, mas nem  todos os dias eu acordo blindada, às vezes acordo nua e qualquer vento passa pela minha pele.

Todos temos nossas épocas onde palavras são engraçadas e sem peso, mas em alguns dias e algumas luas a gente precisa escutar exatamente o que nos dizem e acabamos acreditando que aquilo ali é verdade.

Tenho um amigo músico que é terrível com as mulheres, dizia a todas que as amava. Um dia eu pedi uma explicação e ele me disse:

- Amor para mim não é eterno, quando estou ali na cama com uma delas, eu realmente amo, dou o melhor de mim, sonho com uma vida inteira naquele momento, mas isso passa, acontece, amor cada um tem sua leitura, você adora certezas e eternidade, eu adoro a noite e suas dúvidas.

Sempre fui assim, gosto de palavras que durem e me esforço para entender que não são assim, mas de vez em quando eu caio como uma pata em qualquer laguinho de merda.


Da última vez não recebi nada além de palavras, que sempre soube que não valiam nada, mas na hora quis acreditar que valiam. O ser humano tem tanta coisa podre, por que não preservar as palavras? Porque não dá, no mundo de hoje elas são usadas na cama como cartão de crédito, garantia de que a noite vai se repetir.

Mas foi tudo mentira! É, nessa parte há divergências, não posso falar pelo outro lado, mas tenho quase certeza, quase divina, que para ele era apenas um jogo de palavras, enquanto para mim era alguém que eu gostava.

Entre esses canalhas e eu sempre houve essa enorme diferença, minhas palavras são ouro que entrego a quem amo e para eles as palavras são mentiras que se usam para enganar os outros.


Por isso eu escrevo, porque respeito as palavras e para mim elas tem seu peso e beleza. Para eles elas são peças de um jogo barato.


E quando isso vai mudar e vou deixar de ser tão trouxa e de acreditar em qualquer conversa de um canalha?


Não sei. Não sei mesmo, palavras são meu universo e eu gosto delas de todos os jeitos, até na boca errada. Porque errados são eles que mentem, não as palavras, elas ainda são uma das melhores coisas que o ser humano inventou e tenho certeza que um dia vou escutar elas de uma boca nobre e um coração generoso, porque é nesse lugar que as palavras merecem nascer.



Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...