ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

25 janeiro 2014

Você também fala sozinha?


No ambiente que cresci as coisas eram bem claras, nunca houve margem de dúvida, mulheres são um pesadelo e os homens são as vítimas, obrigados a trabalhar como escravos para manter o luxo de suas mulheres, aquelas vagabundas.

Um dos meus tios era perseguido por sua mulher, que ligava sem parar ao trabalho dele, ia esperar na porta e vigiava dos passos, já que era um mulherengo. Essa tia nem lembro nome, mas chamavam ela de doida, maluca e mi coisas. Meu tio era um santo que aturava ela.


Já por  outro lado um tio fazia o mesmo com minha tia, corria atrás, ligava, perseguia e tanto fez que ela largou o emprego, porque estava segundo meu tio "cercada de machos'', então ela foi ficar em casa, mas isso durou pouco, ela logo teve que trabalhar porque esse tio não era muito chegado. Dele todos diziam que era um homem apaixonado, que protegia a mulher deste mundo, ele era um homem de respeito que cuidava e honrava a mulher que ''ele escolheu''.


Cresci com isso na cabeça e não sabia o que fazer, queria ligar para meus namorados, mas não queria passar recibo de louca. Me perdi em questões e nunca sabia a atitude a tomar, às vezes eu ligava, às vezes sumia.


Ficava mais perdida porque havia outro ponto a se considerar, homens são mais racionais, frios e trabalham, não têm tempo para ficar ligando e falando bobagens. Quando eu reclamava com alguém que meu namorado não me ligava logo eu escutava que ele era um homem ocupado e isso de ficar ligando era coisa de ''mulherzinha''.


Passei mais tempo em relacionamentos do que deveria porque nunca matei a charada, nem entendi a questão. A verdade é que a pessoa não liga porque não quer ligar, esse é o ponto, não tem nada a ver com esse machismo de que homem não liga porque trabalha e não tem tempo, ora se bobear eu trabalho  mais do que mil homens juntos.


E lembrei de uma coisa dita por alguém, o momento certo de sair de um relacionamento é quando escutamos o eco de nossa voz, estamos ali paradas falando sozinha.


Desde que descobri isso facilitei minha vida, eu sou toda meiga, mando recados, se acho um link mando para o email, sou toda derretida e quando percebo que estou falando sozinha percebo que a relação acabou. Antes era diferente, eu achava que era normal homem não ligar porque eles são gente ''de respeito'', mas hoje entendo de outra maneira, não liga porque não quer, salvo as exceções de alguns homens que realmente são mais desligados, o resto age da mesma forma, senão está interessado nem atende.


Eu não sabia disso e passava por coisas constrangedoras, como ligar e não ser atendida, ou mandar mensagem e não ter resposta e no fim do dia quando eu perguntava ele apenas dizia ''Recebi sim''. 

Não tinha ali nem um ''obrigado pela lembrança'', nada, era praticamente o '' foda-se você e teus recados''.

Voltei para a matemática recentemente e isso me salvou, escorregava em outra questão, cai no mesmo erro e resolvi  fazer as contas, percebi que não estávamos na mesma pilha, para ele era fofo acordar e receber minha mensagem no celular, mas eu não era considerada nem para ele mandar um ''obrigado''.


Essas coisas acontecem e a gente vai aprendendo, principalmente mulheres como eu que cresceram em ambientes tão nocivos, ainda leva tempo limpar a mente e perceber que  não sou a maluca da história, nem a que persegue homens, mas sim alguém que se interessou por uma pessoa e não foi correspondida, a questão é mais simples do que parece, não é um conflito de gêneros, ele não ligou porque não está a fim, não teve nada a ver com o fato dele ser homem e eu mulher. 


Agora a coisa mais importante do mundo é nunca mais falar sozinha, não quer atender nem responder, que não faça, mas eu não falo mais sozinha, não fico mais em pé na montanha escutando meu eco, achando que as coisas são assim. Elas não são, é só matemática, se você procura alguém e essa pessoa não responde é porque não quer nada com você. Fim da história.



Iara De Dupont


4 comentários:

Ingrid Flauzino disse...

OI coração,

Eu falo sozinha rsrsrs, riu sozinha, e se bobear até me mando calar a boca kkkkk

Adorei conhecer este blog maravilhoso e cheio de inspirações.
Não pude deixar te de seguir =D

Super beijo

vidadaguidi.blogspot.com

Iara De Dupont disse...

Muito obrigado Ingrid, seja sempre bem-vinda! Ter um seguidor novo é motivo de alegria para mim!Beijo

Suzana Neves disse...

Acho que dói saber que está sozinha mas fazer o que faz parte nascemos sozinhos.

renatalindinha disse...

Oi, Iara, ainda bem que tu voltou de férias, tava com saudade de ler o blog!!!

Sei como é isso, de se sentir como se estivesse falando com uma parede, já entrei em relacionamentos e amizades no qual só eu falava, ligava, mandava mensagens carinhosas de bom dia, enquanto o a pessoa só fazia apertar o botão do foda-se pra mim e pros meus problemas.

Realmente , a melhor coisa a fazer é se afastar um pouco dessas pessoas pra ver se elas se tocam e reparam sua ausência. Caso contrário, o melhor mesmo é cair fora, pois é melhor ficar sozinha do que implorando atenção de quem não está nem aí pra gente, né?

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...