ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

30 janeiro 2014

Gosta de magras? Boa sorte então..

Te desejo boa sorte em achar tua ''mulher magra''

Um dos grandes azares que tive na vida foi a falta de orientação em quase todos os setores da minha vida, especialmente o do peso. Minha mãe é tão magra que passou a vida inteira copiando dietas para engordar e achava uma graça uma filha ''gordinha'', parece que ela comia e eu engordava, por isso nunca soube me orientar em nada, porque não entendia o tamanho do meu sofrimento.

Aos dezesseis anos conheci um cara e ficamos de rolo um bom tempo. Gostei muito dele, mas não tive ninguém para me dizer nem eu sabia o maravilhoso que pode ser alguém te aceitar como você é. Meu peso já era meu pesadelo, mas ele nunca disse nada. Depois me apaixonei por um vizinho, que também não deu mancada, uma vez me sugeriu uma academia, mas foi tão delicado que eu não me senti ofendida.

Depois disso e do nada minha vida virou uma avalanche de emoções negativas nos relacionamentos, parece que entrei em um buraco escuro e só saía de um relacionamento ruim para cair em outro pior. Virou um círculo de abusos que durou anos e eu não percebia.

Tentei me enquadrar no que me pediam, louca para ser amada eu fazia dietas malucas e tratamentos estúpidos, mas depois jogava todo meu ódio no relacionamento e aquilo virava uma tortura.
Arrastei isso durante anos, sempre conseguia um namorado que me humilhasse pelo peso, podia ignorar tudo, menos meu peso. Sei hoje que eu odiava meu peso e atraia esse tipo de comportamento, era uma maneira de me punir.

Ao longo do caminho tive amigos que percebiam e me pediam para prestar atenção nisso, tentar mudar esse padrão de homens cafajestes.

Há uns anos eu cai no que achei que era o último. Eu não gostei dele, eu amava profundamente, tanto que quando ele terminou eu fiquei muito mal, mas tão mal que não percebia que tudo ali tinha acabado, fiquei como zumbi. 
E sem querer dei um giro na minha vida, voltei a estudar e comecei a me concentrar no feminismo, comecei a perceber como tudo ali estava ligado, a violência verbal, o ódio ao meu próprio corpo, eu apenas fazia e sentia tudo o que o sistema queria.
Foi um passo muito lento sair de tantas emoções ruins, aquelas que intoxicam, machucam, ferem e marcam.

Com o tempo aprendi a simplificar as coisas e tentar escutar antes de falar. Quando alguém te diz uma coisa você escuta e registra, depois pode fazer uma avaliação.
E isso aconteceu há uns dias, um cara disse que ''gostava de mulheres magras''.

Se fosse antes eu iria ignorar isso e continuar, se eu gosto por que não? Mas agora diante disso eu congelo. Já escutei isso antes e acho que gosto não se discute, mas não é um bom sinal alguém te dizer isso, especialmente se você não é magra, para mim tudo faz parte de um pacote, o homem que for gostar de mim tem que gostar do meu tipo físico, não sou mulher de saboneteiras nem de costelas aparecendo, eu sou de peitão, bundão, pernão, tudo ão.

E parece exagero da minha parte, parece drama, mas foi pela falta de sinais desse tipo que apanhei tanto na vida. Cada um tem suas preferências e todos jogamos por isso, as pessoas podem mudar de ideia, de valores, de gostos, mas a frase fica ali dançando, até porque gostar de mulheres magras reforça alguns valores da pessoa, de coisas que ela acredita, tudo o que gostamos nos representa, diz quem somos. E não tem nada de errado em gostar de mulheres magras, o errado é correr atrás das que não são magras, se esse não é o gosto da pessoa.

Eu só tenho uma certeza na mão, não tenho mais pilha para sofrer e não tenho mais tempo para pedir a alguém que me aceite, não posso mais fazer isso, é uma questão de respeito comigo mesma. Não sei se vou emagrecer um dia, mesmo assim sei que talvez nunca chegue a estar magra e jamais faria isso por alguém.

Mas a pessoa nem pediu isso! Não, mas vai. Mas tem o direito de gostar da mulher do jeito que quiser, o gosto é dele! É fato, mas eu também tenho o direito de querer ser ''gostada '' do jeito que sou, e eu sou assim, ponto, não sou magra e não quero ouvir enchação de saco nem alguém me controlando.

Quando a questão cai no peso eu desanimo na hora, penso que de todos os valores esse é um que não tem sentido, é apenas uma questão de gostos, ele gosta de magras e eu não sou, já estamos em duas vias diferentes.

Posso ser questionada por tudo o que penso e sinto, mas meu peso não me representa nem quero ser julgada por ele. Quero que gostem de mim pelo o que eu sou, não por fatores que vão além do que eu colocaria na mesa.

E não é o gosto que eu discuto, não importa se a pessoa curte magras, mas eu entendo o sinal, aquele que está discretamente atrás de tanto verbo.
A pessoa gosta de magras e eu hoje gosto de homens que curtam meu tipo físico, não quero nunca mais escutar 
''mas não custava nada você emagrecer um pouquinho né?''
Custa e custa muito, para mim perder peso não é valor, não é meta pessoal nem política.

Já perdi tempo demais nesta vida, a única coisa que me resta é me divertir um pouco e quero alguém que pense assim e goste de mulheres com meu tipo físico, quero assistir filme comendo pizza e dando risada, não quero um paranoico do meu lado, comendo arroz integral e saindo pra correr as seis da manhã.

Ah, se falo é porque sei, já tive namorado chegando na minha casa bem cedo para sair com a bicicleta, me dava todo o apoio do mundo na dieta, forçava um pouco a barra, mas hoje pensando bem, que situação mais porre do cão, Deus que me livre de passar de novo por uma coisa dessas, agora quero mais é um namorado que chegue na minha casa carregando quilos de chocolates bons e se jogue comigo no sofá.

E se ele pensou que eu era a diferença entre um corpo magro e um corpo gordo foi míope. Teve semanas para conhecer meu tamanho, para saber que sou uma garota incrível e não sou uma balança, podia ter colocado os óculos e ter visto a ótima companhia que sou. Mas ele prefere as magras! Boa sorte então, eu do meu lado prefiro os homens com a mente mais aberta e ampla, aqueles que conseguem ver a beleza de uma mulher, não a que aparece no espelho, mas a que aparece nos olhos dela quando se apaixona. Homem que não vê isso nunca mereceu a mulher que teve na frente. 

Iara De Dupont

6 comentários:

Suzana Neves disse...

è uma pena mas se você quiser posso esmaga lo com meu bumbum o que você acha da ideia.
Selecionar as pessoas por tipo é o que tem feito tanta gente infeliz e quem tem mente fraca aceita o que impõe,mas quem quer uma pessoa de mente fraca.
Eu nunca emagreceria por alguém porque não ia valer o relacionamento.
Acho que lendo o que você escreveu eu entendo porque me afastei tanto da minha família porque sempre me cobravam e me cobram que emagrecesse e agora morro de raiva porque nunca me senti amada como era.
Se algum dia eu emagrecer vou ser mais ou menos uma gorda menor não quero se magra nunca quis isso posso dizer de coração aberto.
Rezo ao universo que te traga um homem que te dê chocolate de tonelada e te ame como é e isso é de coração.
Porque você é linda por dentro e por fora.

Fafi Belo disse...

Iara, tenho a certeza de que esses outros caras sempre deram os sinais necessários, você é quem ainda não tinha bagagem o suficiente para vê-los e interpretá-los. É por isso que, ao passo que envelhecemos, ganhamos maturidade, este presente maravilhoso que a vida nos dá e se soubermos utilizar adquirimos cada vez mais a habilidade de sermos felizes!

Principessa Eva disse...

Iara, eu acho o seguinte: não é que vc não enxergasse, é que pessoas falsas são difíceis de "ler" mesmo. Principalmente aquelas que usam milhares de máscaras pra esconder quem realmente são. Um homem que gosta de um biotipo, nunca deveria ir atrás de outro, visando que um dia poderá moldá-la no padrão que ele gosta. Esse é um erro comum. Trágico, ridículo, porém comum. Quantos homens se casam com mulheres morenas, e depois com o tempo vão moldando elas pra ficarem loiras e siliconadas? A mesma coisa alguns que enxergam na gente (é, também passei por isso), uma mulher linda, inteligente, mas que pra ser perfeita vai ter que deixar de ser gorda?

Suzana Neves disse...

Essa moça da foto como diz meu marido,da vontade de prender no pé da cama e dar polenta pra ela.

Anônimo disse...

Amo, sou louco por mulheres gordinhas. São mais sexys.

Anônimo disse...

Eu estou loucamente apaixonada por um amigo, mas já percebi comentários gordofóbicos ditos em tom de brincadeira, já percebi que ele se sente constrangido quando anda ao meu lado, já percebi os olhares de cima à baixo que ele me dá - olhares de nojo que me machucam tanto, já cansei de ouvir como fulana é magra e linda... Falta agora eu ter forças e esquecer, porque não está sendo fácil sufocar essa paixão. Meu corpo nunca será o de uma modelo de passarela, então eu sei que ele nunca me amará.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...