ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 janeiro 2014

Gentileza faz falta


Ontem ao sair da minha casa reparei que na porta da vizinha, o chão, tinha uma caixa de chocolates com um cartão grande que dizia- Me desculpe.

No primeiro segundo pensei que era coisa mais fofa que eu tinha visto, nem era pra mim mas fiquei toda derretida, achei aquilo muito lindo. Depois respirei  e pensei que se o namorado dela tinha deixado os chocolates ali é porque tinha feito besteira, o cartão pedindo desculpas era a prova do crime.


Mas no prédio coisas acontecem e tudo some, então quando eu encontrei minha vizinha perguntei se tinha visto os chocolates, porque eu tinha certeza que alguém ia roubar antes, já que estavam na porta dela. Ela me confirmou que pegou a caixa a tempo e que o namorado deixou lá porque chegou tarde e eles se desencontraram, o pedido de desculpas era apenas por isso. Eu vi os olhos dela se derretendo na minha frente, ficava fácil entender porque está tão apaixonada.


É tudo tão simples que chega a parecer coisa de outro mundo, mas não somos mais gentis com ninguém, muito menos com quem amamos. Conheço milhões de pessoas que diante de um atraso nem ligam ou se fazem muito mandam uma mensagem por telefone. Já o namorado da minha vizinha teve a delicadeza de deixar um cartão, um gesto meigo mas que revela a natureza gentil dele.


E não é a primeira vez que eu vejo coisas assim, já vi ele chegando no prédio minutos antes dela chegar carregando pacotes de comida, já vi ele tirando o lixo, gestos pequenos que mostram como pode ser legal estar com alguém.


Estamos tão doutrinados no egoismo e no foda-se que achamos o máximo se recebemos um pedido de desculpas no Facebook, isso já parece ser coisa de gente muito educada. Não temos mais as gentilezas minímas com nada nem com ninguém e perdemos a noção desse gesto, se um pedido de desculpas em um telefone já nos derrete, imagina o poder de uma caixa de chocolate.


E não é só com namorado, eu lembro de na adolescência trocar presentinhos com amigas nos seus aniversários, era legal sair e procurar alguma coisa, mesmo que barata, hoje eu mando beijos no Facebook. Não dou risada com elas como dava antes nem abrimos presentes na expectativa, agora eu vou lá na linha do tempo e resolvo.


É triste, ou pelo menos eu sinto assim, acho que muito se perdeu, ficamos mais sintéticos e artificiais, perdemos a noção da alegria que podemos ter com um pouco de gentileza, tanto fazendo quanto recebendo.


Lembrei de um dia que fui com uma amiga a uma loja aqui em São Paulo que não existe mais e vendia donuts. Eu queria comprar uns para um namorado, mas não sabia qual ele gostava. Fiquei ali comendo com minha amiga e dando risada, depois levei uns para meu namorado e ele adorou. Hoje se um namorado receber um ''curtir'' meu no Facebook dele que se dê por bem servido, é  o que tem pra hoje nessa modernidade higienizada.


E só faço isso porque fui muito gentil e sinto que já não tem lugar pra isso no mundo, agora prefiro observar e lamentar. Não sei se um dia vou ser gentil de novo, porque não sinto mais esse sentimento saindo da minha alma, mas posso garantir que é um sentimento poderoso, tão poderoso que o namorado da minha vizinha fez uma gentileza para ela e eu também acabei derretida, prova que sentimento contamina e espalha pelo mundo.



Iara De Dupont

Um comentário:

C.Belo disse...

Ah Iara....eu já me questionei tanto sobre essa modernidade! Uns dizem que o saudosismo costuma idealizar o passado, mas acho que neste caso não, de fato a humanidade está mais "sintética", como vc disse.

Sinto na pele isso que vc descreveu sempre: de uma pessoa marcar comigo algo e esse encontro quase nunca acontecer, só fica ali naquele mundo virtual e a pessoa acha que é suficiente uma mensagem "inbox" meia hora antes avisando que "não vai poder ir".

E a gente cansa né? Acabamos entrando no jogo, marcamos altos eventos os quais sabemos que não ocorrerão, fazemos isso com muita naturalidade. E olha que eu nem sou uma pessoa totalmente "plugada", totalmente a par das modernidades (não tenho nada além de facebook e email e tenho apenas um celular que liga e possui rádio FM). É triste...eu mesma me sinto muito sozinha, muitas vezes...essas coisas me revoltam. Já pensei tanto sobre isso...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...