ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

21 dezembro 2013

Rodrigo Vidal, a covardia tem nome

Rodrigo Vidal, bonitinho mas ordinário

Algumas tragédias são tão comuns que parece que todos estão acostumados.
Semana passada saiu em uma revista mexicana, TvNotas, uma matéria sobre um ator, Rodrigo Vidal. De nome ele é pouco conhecido pelas pessoas, mas o rosto é familiar, porque são mais de vinte anos fazendo novelas no México.
Ele tinha problemas com sua esposa, a modelo Victoria Hernandez, mas a revista disse que semana passada ele deu entrada em um hospital com ela, dizendo que os dois tinham sido assaltados, mas os médicos acharam estranho que apenas a mulher estava machucada e inconsciente.
A revista  foi atrás da história e soube que a mulher tinha deixado a casa do ator, então conseguiram uma entrevista onde a moça confirma que desde que começou a namorar com ele o rapaz era ciumento e batia nela, depois fazia ela pedir perdão e se desculpar por provoca-lo. Confirmou que deu entrada no hospital com todo o rosto deformado e inconsciente porque apanhou dele, em uma crise de ciúmes ele bateu nela até ela desmaiar e depois a arrastou pela casa.

Ele nega tudo, mas a história tem seus buracos, caso tivesse sido mesmo um assalto, coisa comum em uma cidade perigosa como a Cidade do México, ele deveria ter procurado uma delegacia e fazer um boletim de ocorrência, mas parece que os bandidos só queriam bater na sua mulher, porque ele não teve cartões de crédito roubados nem levaram seu carro. Caso o assalto tivesse mesmo acontecido como seria possível ele não ter denunciado quem quase matou sua esposa de pancada?

O México consegue ser uma país mais machista e mais violento do que o Brasil, como se isso fosse viável, a violência ali em relação as mulheres é uma das coisas mais assustadoras que eu já vi na minha vida.

O que me chocou dessa história foi o fato da imprensa ter conseguido algumas entrevistas com pessoas próximas a ele e todos confirmaram que ele é neurótico, ciumento, louco e agressivo, mesmo com tudo isso vazando ninguém reagiu.

O mínimo que deveria ter acontecido com ele seria ter perdido seu contrato milionário com uma emissora, mas ele continua tranquilo trabalhando. O público também não deu bola para a história, até  porque em país de `machos ´ é quase uma obrigação espancar a mulher para manter sua honra.

É terrível ver a  passividade das pessoas diante de uma notícia dessas, chegou na imprensa com
o se fosse uma coisa tão natural como comprar o pão.

E não dá nem para dizer que no Brasil é melhor, porque aqui o ator Kadu Moliterno também mandou sua mulher para o hospital e nem por isso perdeu o seu contrato com a Globo.

A perda do emprego deveria ser o primeiro passo para esses malditos agressores, depois o natural deveria ser a cadeia, uns bons anos por lá.

O que está terrível de ver é a naturalidade das pessoas diante de uma covardia dessas, uma loucura inaceitável e uma atitude que merece não só o desprezo de todos, mas a punição do Estado. Quem espanca uma mulher antes de qualquer coisa é um delinquente, um maluco e deveria estar isolado em uma solitária, mas se ele fosse uma figura pública então deveria ser mandado a Sibéria, pessoas que batem em mulheres não deveriam jamais ter nenhum direito a nada, deveriam apodrecer em masmorras.

E não dá para dizer as mulheres reagirem a tanta violência, porque o mundo é machista  e ainda vive debaixo de uma regra, homens podem bater e matar suas mulheres, não vão para a cadeia e conseguem se manter em seus trabalhos, mesmo que isso seja aparecer na televisão todos os dias em novelas ''fofas'', mas se a mulher levantar a mão para se defender é imediatamente presa e condenada, em alguns países é morta, porque não se encosta em um fio de cabelo de um homem sem pagar caro por isso.


Iara De Dupont






Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...