ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

08 dezembro 2013

O sonho de Lorenzo: dá para comprar e ainda sobra troco

Os três Iglesias, Júlio, Enrique e Julito
Sabrina Sato e Lorenzo, sonhando em se tornar cantor

Minha bronca principal com o mundo  é o fato de reforçarem a babaquice geral e carregar na tinta de que todos são crianças e as histórias têm que ser contadas cheias de mel e algodão, caso contrário ninguém acredita.

Há duas semanas o programa  ''Pânico'' vem mostrando um quadro que se chama  ''O sonho de Lorenzo'', um rapaz milionário que tem um sonho que não pode comprar, quer ser cantor. Como tudo no Pânico em geral é pegadinha eu escrevo sem ter como confirmar a história, segundo minhas contas deve ser outra ação de marketing do programa, algum produto para ser lançado.

Não acreditei desde o começo pelo tempo que se destina ao rapaz  que ninguém conhece, ou ele paga o tempo ou alguém paga, mas não tem nada que justifique tanto tempo de horário nobre para um desconhecido.

Bom, Sabrina Sato foi escalada para ajudar o rapaz a se transformar em um cantor, que logo foi ao estúdio do produtor musical do programa, o que mostra a ação em casa, ou seja, alguma coisa vem sendo armada ali.
O rapaz, Lorenzo, é extremamente meigo, não disse se estuda ou trabalha, mas vou concluir que como é milionário acha que não precisa nem de uma coisa nem de outra. É um menino que vive armando festas caras pelo mundo e comprando Ferraris e não vou falar mal dele, também faria a mesma coisa se fosse ele e no auge dos meus vinte anos estaria me acabando nas noites, ninguém ia me ver na África levando água potável, eu ia estar detonando no mundo das festas.

O que me irritou foi a babaquice do sonho que não se pode comprar, isso é mentira, a pessoa com dinheiro pode comprar até pele para um transplante, não vai poder comprar ser cantor? Tudo o dito no programa é mentira, carreiras se compram e poucos fazem diferente, com o dinheiro Lorenzo tem, caso tenha mesmo, pode alugar o melhor estúdio do mundo e conseguir o melhor produtor do planeta, depois paga o marketing e pronto, sonho  realizado. Não entendi a cretinice do choro, de mostrar a história dele como se fosse impossível.

Até agora minha experiência indica que apenas uma coisa não se pode comprar, os resultados dos sonhos, mas o sonho se compra e se for esperto ainda compra em oferta.

E quando falo em resultados dos sonhos lembro a história dos filhos de Júlio Iglesias que mostra bem o que é o sonho com resultado e sonho sem resultado.
Seu filho Enrique Iglesias decidiu virar cantor como o pai, deve ter feito o mesmo caminho de todos, pagou estúdio, produtor e divulgação. Esse era o sonho dele e foi realizado, mas os resultados foram um público que se apaixonou por ele e fez dele um fenômeno na América Latina, um desses que não tem dinheiro que compre tanta divulgação. Enrique continua gravando e vendendo horrores, mora na sua mansão em Miami com sua namorada, a tenista Anna Kuornikova e apesar de todos reconhecerem que ele é um produto desenvolvido, o público gostou dele e o consagrou.

Já seu irmão conheceu o sonho sem resultados. Com o mesmo nome do pai, Júlio Iglesias Jr., conhecido como Julito, fez a mesma coisa depois do lançamento de Enrique, conseguiu produtores e gravou suas músicas, teve o mesmo esquema de lançamento do pai e do irmão, mas o público não respondeu, ignorou desde o começo. Teve até uma parte da imprensa dizendo que o fracasso de Julito se devia ao fato dele ter uma aparência meio asiática, traços herdados da mãe, uma modelo filipina, Isabel Preysler, segundo meios que cobrem as celebridades dizem que o público latino demora mais em se identificar com algum ídolo de traços asiáticos e apesar das supostas plásticas e mudanças no rosto, o público nunca se identificou com o rapaz.

Julito mudou seu estilo de música mil vezes, mas não deu certo, continua trabalhando, mas pelo menos até hoje não conhece a fama que seu pai e irmão conheceram.

A vida é assim, seu sonho não teve resultados, ele comprou o que deu, mas o resto é o fator sorte ou o famoso ''Deus quis assim''.

Babaquice dizer que cantar é um sonho que não se compra, mentira, se compra a rodo, mais ainda no Brasil, é só seguir os passos de filhos e filhas de famosos, tem caso aqui de pai que não canta nada e os filhos ainda vão na cola, mostrando que mediocridade se herda.

Se Lorenzo é um caso real, porque pode ser um produto do programa, uma pegadinha, ele só vai  conhecer os resultados dos seus sonhos depois que se lançar como cantor, mas que não se preocupe com isso, ele pode comprar todos os sonhos que quiser, principalmente no Brasil, aqui dá para comprar seu sonho e ainda sobra troco.


Iara De Dupont

Um comentário:

Anônimo disse...

Ayleen comprou seu sonho de ser cantora, o Bruno Rudge tambem..tem estilos de musicas que nao precisam de tanta voz como o rap e o funk. tive a mesma impressao, ele eh meigo,disse para minha mãe que ele tinha rosto de crianca e corpo de maloka.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...