ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

20 dezembro 2013

Confundindo tubarão com atum


Depois que deixei de ser ingênua percebi o quanto as pessoas são.
Recentemente escutei uma enfermeira falando de uma pessoa que eu conheço e ela falava de um jeito que fazia a pessoa parecer outra. Eu conheço uma pessoa manipuladora, egoísta, esperta e diabólica e ela contava sobre a meiguice e preocupação que a pessoa tem com os outros.
Se essa enfermeira ligasse os cabos entenderia que sua visão está totalmente distorcida e isso mostra em certo grau como as pessoas são desligadas e não percebem os outros nem suas intenções.

Não precisa dizer nem confirmar, é só juntar as pessoas com um pouco de informação daqui e dali e podemos ter um panorama sobre uma pessoa.

O que não dá para fazer é ir pela vida sem identificar com quem estamos lidando, talvez seja impossível de primeira perceber, mas chegar desconfiando sempre pode ser uma boa alternativa.

Uma vez li em uma revista ''Nova'', o manual das moças machistas uma dica que achei interessante, pelo menos de uma coisa serviu essa revista, dizia para reparar como o rapaz no primeiro encontro tratava o garçom,  porque era assim que ele iria te tratar em dez anos.

Achei útil e guardei essa dica e sempre penso em outras situações.
Gostei muito de um cara, mas uma vez vi ele gritando com os filhos no telefone e fiquei chocada, eu não gritaria assim nem com um cachorro, quanto menos com meus filhos.

Pessoas são como sapatos cheios de lama, deixam rastros por todos os lugares, só não repara quem não quer. O problema de não prestar atenção é que um erro nosso de avaliação pode nos fazer muito mal.

E assim como estamos sendo avaliados o tempo inteiro, devemos estar atentos também, não importa como é a pessoa que está ao nosso lado, o que interessa é que temos uma vaga noção de como ela é, isso evita passar por uma situação como a que eu passei, da pessoa falando bem de uma pessoa que eu conheço e sei que é terrível, eu morrendo de dar risada da percepção totalmente equivocada da pessoa e não sabia nem o que dizer.

Nunca se deve confundir tubarão com atum, um a gente come, o outro nos come e errar entre esses dois é a diferença entre a vida e a morte.



Iara De Dupont

2 comentários:

Carolina disse...

Iara,
já falei o quanto te acho diva? Se não falei, digo agora: vc é diva! Realmente, essa dica do garçom não falha. Sempre qd conheço uma pessoa presto atenção em como ela trata as outras pessoas de forma geral. E qd era solteira e saía com algum pretendente (que palavra antiga. rs..)observar como o rapaz tratava as outras pessoas já me tirou de algumas enrascadas.
Beijos,
Carol

Suzana Neves disse...

Eu vejo como as pessoas tratam a mãe não falhou até hoje.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...