ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

18 novembro 2013

São Paulo no fim do ano: mais jequice impossível...


Quem não enlouqueceu até agora ainda tem dois meses para surtar e se morar em São Paulo essa surtada é coisa garantida, eu diria que é cortesia da casa.


Nesta cidade perdida e que parece ficar no fim do mundo pessoas enlouquecem mais rápido no fim do ano, uma prova disso são as decorações de Natal que são colocadas nos shoppings.


Perto da minha casa tem um shopping e já colocaram sua decoração, mais pobre impossível. Todos os elementos estão ali, mas em uma demonstração de miséria que dá pena, parece coisa feita por crianças, mas não é.


Já vi aqui em São Paulo decorações de Natal bem legais, mas esta do shopping é triste e o pior não é isso, é ver a quantidade de pessoas tirando fotos ali  como se fosse a visão do paraíso. O meu entendimento vai até as crianças, entendo que elas se deslumbrem com qualquer brilho e tudo ali possa parecer de outro mundo, mas fico verde quando vejo adultos tirando fotos e mais fotos diante de uma coisa tão cafona e mal feita.


E parecem todos hipnotizados, nem percebem que são atraídos para o shopping para comprar, a decoração é apenas a isca, mas em São Paulo, um lugar sem espaço para crianças nem alternativas criativas  muitas mães e pais se dedicam este época do ano para mostrar as crianças essas decorações, é um passeio.


Essa é a nossa parte provinciana e miserável, achamos que um shopping decorado é opção de lazer, deve ter gente que acha que essas decorações são uma opção cultural.


É cafona, jeca e miserável, mas é o que tem pra hoje nesta cidade se opções, visitar shoppings atrás de lugares interessantes para tirar foto, perto do Papai Noel ou da Mamãe Noel. No shopping perto daqui eles colocaram um cachorro de pelúcia que mexe a cabeça. E fica todo mundo babando, achando a coisa mais incrível do mundo.


Não temos bons parques aqui na cidade, os museus são poucos e lotados, não existe opção de lazer, então os comerciantes aparecem e nos dão a entender que conhecem nossas necessidades e desejos, quando na verdade apenas manipulam nossas carências e se aproveitam da ausência do Estado.


Quando eu comentei com uma pessoa que estava comigo sobre a decoração de Natal, uma pessoa ao lado que eu nunca vi me disse- É Natal, tem que ser muito vazio para não perceber a beleza da época!


Vai depender do ponto de vista, para mim ser vazio é achar que decoração de shopping é passeio cultural e tirar foto ao lado da decoração é uma coisa excitante e inovadora.


Sou Grinch mesmo, não gosto de fim de ano e menos ainda de ver gente deslumbrada tirando fotos, não entendo como um adulto pode ser tão debiloide assim.


Mas é fofo tirar fotos em shopping! É, deve ser mesmo, para uns miseráveis como todos nós brasileiros somos, sem direitos e sem lazer ou acesso a cultura, tirar fotos em shopping é o máximo que vamos ter neste país e não importa se é fim de ano ou começo, é a única coisa que se tem aqui, o acesso a um shopping e suas mil luzes que nos fazem esquecer que é o único lugar que temos nesta cidade, neste fim de mundo.


Iara De Dupont

5 comentários:

Anônimo disse...

Desculpe te falar isso, mas vc está muito amarga nos últimos posts. Olha, eu tmb não curto muito Natal e até concordo que o comércio só quer faturar, mas as crianças se encantam com as decorações natalinas. Na boa, esses enfeites não vão atrapalhar em nada sua vida, mas irão alegrar muita gente.
Eu sei que vc não vai postar o meu comentário pq o verá como uma "crítica", mas estou escrevendo pq talvez vc esteja precisando de um "toque". Minha vida não é um mar de rosas, mas não vou me deixar abater. Eu sei que vc dispensa conselhos, mas acho que vc poderia olhar para dentro de si mesma e perceber o que está te deixando tão amarga. O mundo é uma bosta? Ok, eu tmb acho. Mas encarar a vida com tanto pessimismo não irá te ajudar em nada. Talvez o seu problema seja falta de autoestima. Qdo não nos aceitamos, não aceitamos as outras pessoas. Sei disso por experiência própria. Se vc se aceitar, ficará mais fácil aceitar o mundo. Pense nisso!

Poeta da Colina disse...

E vamos nos preparar, árvore fake do Ibirapuera vem aí.

Iara De Dupont disse...

Os únicos comentários que eu não coloco aqui são aqueles cheios de palavrões e sem sentido, caso contrário eu publico todos no maior prazer, todo mundo tem direito a ter sua opinião, mas eu concordo com você, é parte da minha personalidade ser amarga mesmo e questionar tudo o que está acontecendo, não é falta de auto-estima, essa fase eu já superei, é apenas questionamento e os enfeites de Natal me atrapalham mais do que você pensa, na verdade atrapalham a todos, porque contaminam os rios quando são jogados fora e são feitos por crianças escravas, então atrás das luzes que vemos tem sempre muita dor e eu falo disso constantemente, a dor que não vemos ou não queremos ver.Agradeço seu comentário e seja sempre bem vindo.

Anônimo disse...

Iara,esse tipo de sentimentalismo barato é que nos garante cadeira cativa no terceiro mundo,alem do mais pessoas racionais como nós somos "amargas",ok entendo que alegra as criancinhas,mas alegram por que? Porque os pais as ensinam serem ludibriadas por qualquer colorido. O que me emociona é dignidade,e dignidade é bom carater,cultura,educação e dinheiro,mas posso ficar tranquila,o bom velhinho vai atender nossos pedidos.

Anna Lara

Anônimo disse...

É verdade tá muito amarga, vai acabar ganhando uma gastrite nervosa, do papai noel.
MARCINHA

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...