ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

23 outubro 2013

Só a gente sabe do nosso esforço


Uma amiga fazia uma peça de época que exigia dela uma quantidade enorme de mudanças de figurino em segundos. Um jornalista foi assistir a peça e gostou, mas não mencionou as trocas de roupa da minha amiga na sua matéria e ela meio que surtou.
Chorando veio me dizer que a vida era injusta, ela passava cinco dias por semana se trocando um milhão de vezes e ninguém dizia nada.
O jornalista era meu conhecido, hoje um grande amigo, mas eu fiquei quieta. Meses depois fiz um jantar na minha casa e convidei os dois, mas eu não lembrava do episódio. Ela deu um jeito de mencionar o trabalho enorme que era cada troca de roupas e meu amigo escutou tudo quieto.

Então ele começou a rir e perguntou se ela estava chateada que ele não escreveu a respeito das trocas e ela confirmou. Ele se livrou da situação, deu uma contornada e saiu fora.
Quando ela foi embora ele veio conversar comigo, queria saber qual era o problema e eu disse que não tinha nada, era apenas que ela ficou magoada com o fato dele ignorar o trabalho de trocar de roupa tantas vezes. Ele me olhou e disse- É sério então?

Eu disse que sim, pelo menos para ela. E ele me perguntou a idade dela, eu disse que ela tinha 28 anos. Ele disse que não lembrava de ter conhecido alguém tão burra nessa idade e eu falei pra não dizer desse jeito, que era feio falar assim, ela era minha amiga, então ele me disse uma coisa que nunca esqueci:

-Iara, na boa, você acha que alguém vai reconhecer teu esforço na vida? Não! E sabe por que não vão reconhecer? Porque ninguém sabe o quanto você se esforça, as pessoas não têm ideia do que custa ter o que conquistamos. Eu vi a peça, não vi o esforço dela em trocar de roupas, nem eu nem ninguém viu, só ela sabe dos seus sacrifícios por isso não podemos pedir a ninguém que nos dê um tapa nas costas e diga que somos incríveis, se você não fizer isso por você ninguém vai fazer, esse menina é imatura e burra, vai pela vida achando que alguém vai reconhecer seu esforço,tá bom, vai sonhando e esperando!

Fiquei com isso na cabeça durante anos, ele tinha toda a razão, quem realmente sabe o esforço que fazemos? Ele é invisível para os demais, assim como o esforço deles é invisível para nós. E mesmo pessoas da família, podem morar na mesma casa, isso não quer dizer que sabem o que sentimos ao levantar da cama, nem o que vamos pensando no meio do caminho. Não adianta esperar um tapa nas costas e uma placa de reconhecimento, é impossível para o outro saber o esforço que fazemos para estar de pé e correr atrás do que queremos.

Esse reconhecimento só pode vir de nós mesmos, somos os únicos que sabemos o quanto lutamos mesmo sentindo a água no pescoço.
De longe podemos perceber pessoas se esforçando, mas não sabemos o quanto elas seguram o coração na mão e quantas vezes respiram fundo.

Para minha amiga a troca de roupas era uma coisa que exigia demais dela, mas ela fazia isso nos bastidores, longe dos olhos de todos, ninguém tinha mesmo como saber o quanto ela se empenhava nisso. E ninguém sabe o quanto nos empenhamos em nada, nem no amor, nem na vida, somos nós que pagamos a conta e sentimos o sangue congelando no corpo. Do nosso esforço talvez só Deus sabe, o resto do mundo não tem ideia dos enormes sacrifícios que muitos fazem para ficar de pé, apenas isso, ficar de pé, enquanto atravessam ondas gigantes. E já que ninguém vai reconhecer nosso esforço é bom a gente reconhecer e aplaudir, porque a gente sabe o preço que paga.

Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...