ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

30 outubro 2013

O Banco Itaú agradece a todos os paulistas otários



O banco agradece, finalmente propaganda é a alma do negócio
Nasci e cresci em São Paulo, então sempre falo da cidade com muito amor, mas nem todo o amor do mundo me impede de ver bem onde estou pisando. Conheço a cidade e sua mentalidade provinciana, jeca, cafona, brega e deslumbrada. Morar aqui para mim é como morar em uma cidade perdida no interior da Rússia ou algum fim de mundo.
E poucas coisas me deixam mais surpreendida do que o excesso de apatia que invade esta cidade desde que existe. As pessoas acham que não é assim, mas acontecem coisas  que eu me pergunto como as pessoas deixam passar em branco, apenas porque estão deslumbradas.
Falta aqui consciência de tudo o que nos rodeia, falta noção de realidade, saber que a cidade está toda errada e as pessoas se comportam como se estivessem em Amsterdam.


E aconteceu  no meu quarteirão, o Banco Itaú chegou e instalou um ferro para colocar bicicletas, no meio da rua, sem perguntar para ninguém.

Mas isso foi apenas o começo, depois do que venho acompanhando estou começando a acreditar na teoria dos zumbis, vejo todos agindo assim.

As bicicletas têm um custo, se a pessoa se cadastrar tem meia hora grátis, mas uma hora custa dez reais e quinze minutos cinco reais. E as bicicletas são todas laranjas, com o logotipo do Itaú bem grande.
Uma coisa é viver em um país onde ninguém tem seus direitos reconhecidos e consumido pela corrupção e incompetência, mas outra coisa é viver em um país onde as empresas acreditam piamente que todos somos uns cretinos.

É só perguntar para qualquer publicitário quanto custaria pagar para algumas pessoas circularem por aí divulgando teu produto. Bom, nós paulistanos pagamos para promover os outros, somos boas pessoas assim desde que nascemos.

O Banco Itaú está faturando em cima de todos nós quatro vezes, primeiro têm juros abusivos e se aproveitam de todas as brechas do mundo para levar o máximo que podem, na terra de ninguém como é aqui fica fácil, depois colocam as bicicletas e cobram por isso, ganham no lucro das bicicletas e ainda têm garotos propaganda grátis. E a quarta vez é mais engraçada, eles nos vendem o discurso de um banco sustentável, cheio de boas intenções que apenas quer incentivar os paulistanos a andar de bicicleta.

E sou obrigada a dizer, pelo menos no meu quarteirão nunca sobra bicicleta, sempre tem um otário para alugar uma.
O Banco Itaú fatura horrores com esse discurso de mobilidade urbana e os paulistanos não percebem que mais uma vez estão sendo usados e abusados.

A questão do planejamento urbano vai além da fome do Itaú por dinheiro. É uma coisa séria que tem que mudar, sou a favor da cidade cheia de bicicletas, mas não colocadas por empresas que se aproveitam das pessoas.
Não é o banco, são as leis que têm que mudar, algum tipo de incentivo tem que ser dado a quem usa bicicletas, o planejamento urbano tem que ser feito de uma maneira ecológica e sustentável, para que a cidade ande.

Mas somos a única cidade do mundo que paga para usar bicicletas de um Banco e sai por aí divulgando o nome do banco e eu me pergunto, é o banco que é ordinário demais ou somos nós paulistanos que somos burros além da conta? É culpa deles a idéia de roubar mais um pouco ou somos nós os cretinos que nos deixamos roubar?

A quem usa as bicicletas do Banco, eu gostaria de fazer uma conta, se uma hora custa dez reais, a pessoa pode comprar uma bicicleta e parcelar, não precisa usar a do banco. Ah, mas aí não tem graça, legal mesmo é circular pela cidade com as bicicletas laranjas fazendo propaganda grátis. 
O Banco Itaú agradece, não tem coisa melhor do que uma cidade de otários como São Paulo.

Iara De Dupont


Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...