ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 setembro 2013

No mar tanque de oxigênio, na terra tanque de paciência





Tenho uma vontade enorme de aprender a mergulhar. É a coisa que mais me chama a atenção, penso que um dia vou realizar isso.
Sempre fui apaixonada pelo mar, mas depois que conheci um amigo que é mergulhador, comecei a gostar mais.

Gosto de explicações e ele me deu muitas. Uma delas é que cada esporte nos ensina a lidar com alguma parte de nós, especialmente os esportes individuais. E ele disse que mergulhar ensina a pessoa a respeitar seus limites e recuar. Não adianta curtir a paisagem e ficar hipnotizado, se tiver que subir vai ter que subir, caso contrário morre lá embaixo.

Ele me contava histórias de umas cavernas que existem e as pessoas vão mergulhar e vão ficando tão, tão fascinadas que esquecem de voltar pra superfície ou se afastam demais e acabam se perdendo e morrem. São centenas de casos por ano no mundo inteiro, a pessoa vai mergulhar,alguma coisa dá errado e ela fica por lá mesmo.

O limite de ficar embaixo depende de muitas coisas,mas principalmente do oxigênio do tanque. Não pode ser um minuto antes nem um minuto depois, até porque não pode subir rápido, tem que ser bem devagar, senão pode causar sérias lesões.

Tenho pensado nisso porque não estou no mar, estou na terra e aqui usamos outro tanque, o da paciência e o meu está sempre no limite. Minha avó dizia que nascemos com um, mas pessoas muito boas Deus dá um refil. Ainda não recebi meu refil e fico estressada, vejo meu tanque sempre na reserva, no vermelho.

E agora vendo a situação pensei que meu amigo tem razão, ver o tanque da paciência é como ver o tanque de oxigênio. No fundo do mar não importa que tão atraente é a paisagem, o tempo é limitado. Na terra não importa que tão problemática seja a situação, o tempo para estar ali é limitado,porque paciência é como oxigênio, acaba e quando acaba alguma coisa explode.

Viver neste planeta exige que todos carregam seu tanques de paciência, mas poucos sabem que o tempo ali é determinado. Se vemos alguma coisa que sabemos de antemão que o tanque de paciência não vai suprir, deveríamos nos afastar e voltar a superfície, porque finalmente situações ruins são mergulhos energéticos, se a gente vê que a coisa apertou, a gente sobe e sai dali.

No fundo do mar somos obrigados a respeitar o tempo do tanque de oxigênio, na terra somos obrigados a respeitar o tempo do tanque de paciência.

E quem mergulha conta que às vezes animais incríveis se aproximam e a pessoa fica ali enfeitiçada. Eu imagino que sim, meu maior sonho é conhecer um tubarão, de perto, na África fazem isso, as pessoas descem em jaulas e observam de longe o animal. Não deve ter coisa mais linda neste mundo.

Na terra acontece a mesma coisa, estamos ali, tranqüilos quando alguém se aproxima e aquilo nos envolve em uma energia que desconhecemos e lá vamos nós de novo gastar nosso tanque de paciência.

Não existe a menor diferença entre o tanque de oxigênio e o tanque de paciência. Os dois se falham podem te levar a loucura, a morrer ali no meio de uma situação. Conhecer e respeitar os limites exige que a pessoa não esqueça que está no fundo do mar e não pode se deixar levar, a mesma coisa na terra, não podemos esquecer que nossa reserva de paciência também é limitada e não podemos nos deixar arrastar por coisas que acabem com ela.

E até no fundo do mar tem correntes que podem levar o mergulhador pra outro lado, por isso ele tem que estar atento. Na terra também existem essas correntes.
No mar se entra com o tanque de oxigênio nas costas, na terra com o tanque de paciência, na falta de qualquer um a vida já era.

Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...