ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

24 setembro 2013

Não errei, apenas tentei acertar



Tenho três anos com este blog e mais de mil posts. Acontece com freqüência que alguém chega aqui, lê um post e me manda um e-mail. Mas esse post foi escrito, talvez, há mais de dois anos e nem sempre eu posso dizer que continuo pensando do mesmo jeito. E eu lembro desse post porque a pessoa menciona, porque assim de memória não lembro de todos.

Não gosto de apagar posts, os únicos que apaguei foram por circunstâncias que estavam além das minhas decisões.

E eu conversava isso com um amigo, considero um acerto os posts que eu escrevi há três anos e ainda vejo aquilo da mesma maneira, mas os posts que eu mudei de opinião ou que já não estou tão de acordo, considero um erro. E ele me disse que erros na vida não existem, existem tentativas.

Eu não errei por errar, apenas tentei procurando acertar. Mas fui educada dessa maneira, para acreditar que existe erro e acerto, quando na verdade a vida é mais complexa do que isso.

Como se pode acertar uma situação se nunca estivemos nela? Então se erramos parece uma coisa ruim, mas no fundo não é erro, apenas fizemos uma tentativa para acertar, usando o melhor de nós.

Errar é quando já fizemos uma coisa milhões de vezes, sabemos o jeito de fazer e um dia erramos. Mas nas primeiras não é erro, é tentativa.

Mas eu cresci em uma sociedade meio católica e eles adoram essa palavra ''erro''.Na verdade todos adoram essa palavra, na escola desde pequenos nos mostram nossos erros, mas como é possível errar se não sabíamos o que era certo?

E parece brincadeira, mas a palavra ''erro'' tem um peso enorme na vida de todos e tortura muita gente. Conheço pessoas que se casaram, não deu certo e depois ficaram dizendo que ''erraram'' e isso fazia mal a elas. Mas elas nunca tinham estado casadas antes,então como iam saber acertar? É quase uma loteria acertar na primeira vez que fazemos alguma coisa que não temos a remota idéia do que é.

A gente se persegue, se tortura, porque acredita que ''errou''. Meu amigo tem razão, erro só existe quando sabemos o que estamos fazendo e quando já tínhamos acertado anteriormente, mas de primeira ninguém acerta.

Fui uma das pessoas que se torturou demais com isso de errar, eu tinha um juiz no meu cérebro, parecia de épocas medievais, digno da Santa Inquisição e todos meus erros ele me apertava a cabeça, e me perseguia o tempo inteiro. De vez em quando ele ainda acorda, porque está lá, exigindo e me enchendo o saco, mas eu tento lentamente ir matando ele, para pelo menos ter uma qualidade de vida melhor, sem me atormentar tanto.

Guardei no coração o que meu amigo disse, eu nunca errei, eu tentei acertar, o que é bem diferente e pelo menos saber disso não machuca tanto quanto pensar que errou.

E ninguém tem que ficar escutando do outro se errou ou não, as pessoas não têm direito de dizer isso a ninguém, principalmente se for uma criança, ora, como um ser tão pequeno e tão novo vai errar se nem sabia qual era o acerto?

Toda essa pedagogia ao redor do erro cria seres que se atormentam, se exigem e não se aceitam, porque se recusam a errar. E ser assim pode desenvolver sérias doenças, eu tinha tanto medo de errar que tive síndrome do pânico, ficava paralisada nas situações, apenas porque não queria errar.
Mas finalmente eu não erro mais, eu apenas tento acertar.

Iara De dupont

Um comentário:

Poeta da Colina disse...

Não me canso dessa frase: “A vida humana só acontece uma vez, e não poderemos jamais verificar qual seria a boa ou a má decisão, porque, em todas as situações, só podemos decidir uma vez.”
(Milan Kundera)

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...