ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

10 setembro 2013

Minha amiga namora um vaidoso (corre!)



Quem me conhece pensa duas vezes antes de me pedir uma opinião, porque tenho ascendente em sagitário e não seguro minha boca, quer dizer, até seguro, mas se perguntarem me vejo na obrigação de falar. Mas hoje fui vencida pelo cansaço e disse apenas:


- Tudo bem.

Tenho uma amiga que namora há alguns meses. Já escutei tudo de bom do rapaz, ela fala sem parar dele, mas eu não o conhecia e esse encontro aconteceu casualmente.
O rapaz é muito simpático e minha amiga logo quis saber minha opinião. Ah, pensei em falar,pensei mesmo, em detalhes, mas hoje estou cansada.

E será que vale a pena falar? Ela está naquela fase de começo de amor, aquele momento que não vale a pena perturbar ninguém, nem sair dizendo o óbvio.

O que posso falar dele? É agradável e tipão, mas tem um problema, apesar do seu 1,80, sua vaidade consegue ser superior a altura. Escutei algumas horas sobre ele e de propósito até fiz perguntas para ver se ele se mancava, mas isso não aconteceu.
Falou dele e mais ainda dele e depois ainda dele.

Vaidosos não são minha primeira opção, mas não vou dizer que nunca sai com um deles, em vários momentos também já fui hipnotizada por um deles, a conversa é boa e você leva tempo para entender que você não está ali, não faz a menor diferença se é você ou uma árvore.

Eles são bons em uma coisa, nenhuma mulher sente complexo físico ao lado deles, porque a única parte que interessa da mulher para eles é a orelha.

Antes eu diria que minha amiga está com problemas de autoestima,mas hoje não digo nada, ela faz o que quer e tem gente assim, que gosta de pessoas vaidosas do lado, daquelas que ocupam o lugar, os espaçosos energeticamente.

Mas tive vontade de me afogar no copo de água que estava na minha frente. No começo o papo foi bom, mas quando percebi que ele praticamente falava sozinho, ou seja, não fazia a diferença se minha amiga estava ali ou eu, pra ele o mundo é seu palco.

Esses homens na intimidade são um terror, chatos, inseguros, nervosos, vaidosos e cheios de manhas.

E o rapaz é biólogo e estava contando sua aventura no Patagônia, mas era sobre ele, não sobre os pinguins e focas. Era ele, ele, ele, ele.

Acho que estou mesmo traumatizada, mas depois de conviver durante anos com gente assim e namorar homens assim, até me vira o estômago, porque hoje sei que eles não estão com ninguém, além deles mesmos.

Mas parabéns para todo mundo que tolera alguém assim, porque eles e elas cansam qualquer um. E se antes eu achava o papo legal, hoje me dá um sono que não posso nem explicar. Pessoas vaidosas resultam em péssimos seres humanos, gente desligada de tudo e de todos, apenas concentrado no seu umbigo. São ruins como amigos, colegas, namorados, amantes e maridos.

Minha amiga me ligou e me perguntou o que eu achei dele, eu disse que tudo bem, tá bom. Ia dizer o que? Se ela não cansou da conversa dele, então boa sorte pra ela. Ela conseguiu ficar em uma mesa e escutar durante horas sobre essa maldita viagem a Patagônia e não percebeu que ele não mencionou leões marinhos, nenhum animal, só falou do que ele fazia, comia e onde dormia. Fica chato dizer, mas eu não ia avisar ela que está sozinha em um relacionamento, que está apenas de frente para o espelho, que ele não está ali nem nunca vai estar ao seu lado.
No fim das contas minha amiga está tão solteira quanto eu, a única diferença é aquele boneco ventríloquo que ela carrega pra cima e pra baixo.

Queria ver ela feliz e que desse certo, mas para isso acontecer seria necessário que ela tivesse alguém do lado dela, preocupado por ela, focado na relação, mas não é assim. Ele é só isso, um boneco ventríloquo atrás de uma orelha disponível. Azar o dela que cruzou o seu caminho com o dele. Tomara que ela acorde e veja que está sozinha e assim se mexa para conseguir alguma coisa melhor. Porque sempre existe.

Iara De Dupont
 

3 comentários:

SUZANA disse...

Eu odeio o Roberto Justus acho ele um espécime asqueroso,eu conheço pessoas assim e tb ñ consigo conviver mais meu copo encheu.

Marina disse...

E se sua amiga ler o seu blog? Ela não vai ficar chateada

Iara De Dupont disse...

Ah,Marina,não tem problema,ela já sabia,sempre que eu vou escrever sobre alguém próximo,eu aviso,pra evitar que eles fiquem magoados,mas já me conhecem,então não tem problema....

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...