ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

22 setembro 2013

Fé nas batatas e na vida




Assisti um filme e gostei muito, ''O fazendeiro de Deus'', a história real de Angus Buchan. A história é interessante, ele é um fazendeiro na África, ralou pra caramba, plantou isso, plantou aquilo, enfim, sobreviveu a muitas circunstâncias e acabou virando pastor.

A principal história ali é que ele resolveu plantar batatas onde não seria possível, porque elas puxam água demais e sai caro. Mas ele resolve plantar mesmo assim e explica que as batatas crescem totalmente enterradas na terra, pra baixo, então a pessoa só sabe se deu certo ou não no dia da colheita, seria então uma metáfora da vida das pessoas, a gente vai plantando o que acha que tem que plantar, mas só no dia da colheita é que vamos saber se aquilo ali deu certo.

As batatas são como tudo na vida, não temos a remota idéia do que está acontecendo embaixo da terra. Eu nem sei o que dizer, plantei muitas coisas e ainda não vi o resultado, não sei se estão apodrecendo debaixo da terra ou estão crescendo.

Sei que as pessoas que acreditam em Deus sofrem menos com esse tempo de espera, esse momento em que não podemos fazer nada além de esperar, por isso achei o filme bem fofo, apesar de não ser meu perfil de filme.

Talvez por isso a fé seja tão importante, porque não podemos ir tão longe quanto pensamos, fazemos o que dá pra fazer, mas o resto é esperar e acreditar que os resultados vão de acordo com o que Deus quer para nós.

Gostei muito da história das batatas, porque dizem que Deus trabalha em silêncio. O problema é que as batatas crescem em meses e você pode ver o resultado depois disso, mas quantas coisas na vida a gente planta durante anos e não vê os resultados? É fácil pensar em fé em termos de meses, mas conheço gente que leva anos plantando e esperando a colheita. E a mãe que procura o filho perdido durante décadas? Precisa de muita fé para encontrar consolo e continuar acreditando que o dia da colheita de tanto esforço vai chegar.

Mas também me pergunto, e as coisas que plantamos que talvez não cheguem a se concretizar, quem nos avisa que estamos errados? A gente fica ali, quase que trabalhando a terra na unha e não sabemos que estamos errados.

É, como dizem na Igreja -Eis o mistério da fé.

Eu não sei bem o que significa essa frase nem o contexto no qual é dita, mas acho uma das frases mais lindas do mundo, às vezes eu vou a missa só para escutar essa frase, acho bonito. E gostaria de ter a fé que vejo que muitos têm, porque a fé algumas vezes é quase a mesma coisa que a certeza. Se eu pudesse mudar alguma coisa fisicamente gostaria de ter a genética de magra, mas se pudesse mudar alguma coisa internamente gostaria de ter fé e não ficar na plantação olhando a terra e pensando se Deus sabe que eu plantei ali. Gostaria de ter essa certeza que as pessoas têm em relação aos desígnios de Deus e que ele sempre está atento.

Enfim, um amigo meu diz que o dia de acreditar em Deus chega pra todo mundo, alguma coisa inacreditável acontece e a pessoa finalmente tem certeza que ele existe. Deve ser como o pastor disse,o dia da colheita, aquele dia que temos a certeza que apesar dos nossos esforços, o milagre só Deus podia ter feito. E a gente começa a acreditar nele. Tomara.

Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...