ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

03 setembro 2013

A idéia é radical, mas correta: gordos são seres humanos

Para quem não acredita, mas são seres humanos



Às vezes aparecem pessoas que me fazem perguntas ou apenas querem me dizer o que pensam sobre alguma coisa que leram aqui. E hoje recebi um email de uma menina de quatorze anos, querendo saber porque eu faço apologia a obesidade e se eu me incomodo de estar gorda, por que eu não emagreço?

Quando a pessoa tem uma dúvida assim e a delicadeza de mandar um email perguntando, eu faço questão de responder, porque eu também sou assim e de tanto perguntar achei algumas respostas na vida. E como me explicaram,eu tenho explicar, tento da melhor maneira passar o pouco ou nada que sei pra frente.

E eu disse a ela que ia responder aqui, porque não é a primeira pessoa que me diz que meus posts sobre gordos no fundo são apologia a obesidade.

A história é simples. Obesidade é uma das doenças mais sérias do mundo,a gordura no corpo traz conseqüências terríveis e todos sabem da importância de se alimentar bem e se exercitar, não é preciso nenhuma promessa, a pessoa que fizer isso sente logo os resultados positivos.

O que eu tento dizer no meu blog, às vezes todos os dias, é o seguinte: gordos têm gordura no corpo, mas isso não está bloqueando o cérebro, eles não têm problemas com se perceber. Ou seja,um gordo sabe que é gordo, mesmo que seja cego. E para um mundo melhor o que eu digo, repito e berro, é apenas que deixem os gordos em paz. Só isso. Todos meus posts sobre isso levam ao mesmo mar, gordos sabem que estão gordos e isso é problema deles, não dos outros. Já cansei de dizer que essa conversa de gordos saturando o sistema público de saúde é furada, o sistema público está saturado pela corrupção e desvios, não faliu por culpa dos gordos.

Gordos são seres humanos, não são alvos para piadas e massacre. A gente não vê isso, acha normal que todos querem ajudar os gordos, mas isso as pessoas esquecem, gordos não são pessoas com atraso mental, nem limítrofes, se eles quiserem ajuda, eles pedem, não precisam parar eles no meio da rua e oferecer uma dieta.

São pessoas iguais a todas e também tem seus momentos de decisão,se quiserem emagrecer, podem fazer isso, senão quiserem não emagrecem e pronto, não é problema de ninguém.

As pessoas assistem o programa Medida Certa no Fantástico e acham legal a iniciativa da Globo em ajudar as celebridades a emagrecer e assim incentivar outras pessoas. O engraçado é que a Globo tem um elenco enorme e alguns lá dentro fumam, bebem e se drogam, mas a Globo não vê nenhuma necessidade de fazer um Medida Certa para os fumantes, que são mais do que os gordos lá. E por que com os gordos? Porque a emissora está preocupada com a população brasileira, que chegou aos 51% de obesos.

Bom, eu aviso de novo, obesos sabem que estão obesos, a Globo não precisa se preocupar em avisar. Ninguém tem que se preocupar com isso,quem quiser que emagreça. Gordura não tem nada a ver com retraso mental, nem faz a pessoa se transformar em um ser humano inferior, quase que um animal. Isso não existe, gordos são pessoas como todas as outras, não estão longe da realidade nem são incapazes de entender as coisas.

Não faço apologia a obesidade, faço apologia a paz, a aprender a deixar os outros no seu canto, entender que todo ser humano têm o direito de ser livre e não deve jamais ser julgado por sua aparência. Isso não leva a lugar nenhum.

Nas entrelinhas dos meus posts sempre está escrito - Gordos são pessoas,são seres humanos, por favor deixar em paz!
É só isso. Eu não discuto questões médicas nem idéias de dietas. Isso quem deve saber é quem está fazendo. Eu apenas acho que o mundo seria melhor se as pessoas parassem de ver os gordos como alvos e entendessem que é um ser humano, que tem espelho em casa e sabe muito bem do seu peso e me atrevo a dizer, ninguém no mundo se pesa mais do que um gordo, ninguém é gordo e acha que é magro. Quem é gordo sabe.

E por que eu não faço dieta e paro de falar sobre isso? Porque nada vai mudar pra mim. Eu posso fazer dieta, o que eu quiser, mas eu vou morrer falando sobre gordofobia, porque carrego a dor do preconceito que eu sofri e mesmo que eu acordasse magra vou continuar achando que é errado perseguir alguém pelo seu peso.

Mesmo que eu amanhã acorde pesando 50 kilos, ainda assim vou vir aqui e continuar falando da perseguição que os gordos sofrem, vou continuar escrevendo na pedra que gordos são seres humanos e não merecem o tratamento que recebem de todos. E se um dia eu convencer alguém disso, serei feliz, então meu próximo passo será convencer mais pessoas que além de seres humanos gordos sentem e sofrem a dor da rejeição e da humilhação. E quem já passou por isso, como eu passei, sabe que ela dói, mesmo que o peso vá embora a dor fica.

Perseguir um gordo, dar um conselho, indicar uma dieta, um dia as pessoas vão entender que tudo isso só faz deste mundo um lugar pior. Gordos são pessoas e como todo mundo só querem viver em paz. Entendam.


Iara De Dupont

7 comentários:

Iara Maria Carvalho disse...

FALOU TUDO!!!

dá vontade de perguntar, qdo dizem: "ei, chocolate engorda! "tá bom, me diga agora algo que eu não sei"... eles pensam mesmo que a gente não sabe!

e quando somos compulsivos, doentes, viciados por comida, no sentido patológico mesmo, é interessante o discurso, minha irmã veio essa semana enchendo meu saco pq meu pai, que era diabético, morreu e eu sou pré-diabética... "Iara, mas qdo vc tá diante de um monte de sorvete, pq vc não pensa que é pré-diabética, que tem esse problema, será que não pode te ajudar a resistir?!"... aí eu digo: " há qtos anos tem fotos de gente morrendo nas embalagens de cigarro, pouca gente - raríssimas - deixaram de fumar por causa disso, pois é uma doença. Mas nisso ninguém acredita, só acha que é falta de vergonha na cara. Mas já comecei a tomar um remédio, vamos ver no que dá, pelo menos não tô me acomodando, porque sei que não está me fazendo bem, já que está sendo uma atitude irracional no meu caso... mas magra?! me desculpe, magra eu NUNCA serei! por opção!

beijosss

SUZANA disse...

Esse texto fez eu me lembrar da minha Tia que trabalhou uma vez em um Spa ela viu "as gordas" rindo dançando e disse na maior calma, Que ela pensavam que eram "gente".

Carolina, a outra disse...

Iara,
estava um dia passeando na rua, quando uma mulher correu pra me alcançar, chegou em mim e me entregou um panfletinho sobre dietas. Eu deveria ter uns 18 anos, estava feliz, acompanhada de uma amiga, depois disso murchei. Passei o resto do dia triste, e até hoje lembro da cena.
Recentemente, estava trabalhando, o pai de um dos alunas veio falar comigo e perguntou o que eu estava fazendo com relação ao meu peso. Eu ainda respondi, disse que tinha acompanhamento médico e que estava saudável. Ele continuou, disse que eu era mulher e a questão da aparência era muito importante, ofereceu para pagar natação para mim.
Como esses, tenho vários casos parecidos. E acho que todo o gordo tem. Acho que o que causa a tristeza que essas cenas geram, não é a descoberta de ser gordo (isso todo o gordo sabe), mas é ser limitado a isso e apenas isso. É perceber que o fato de ser gordo é um incômodo maior para a sociedade que para o gordo em si. E é por isso que muitos gordos evitam sair de casa.

Iara De Dupont disse...

Tem razão Carol.Todo gordo passa por isso,desde que eu uso o transporte público sempre lembro de alguém que vinha me contar a dieta da prima,amiga.Acho isso invasivo e humilhante,e quando não falam ficam olhando feio!

Anônimo disse...

Eu estava me lembrando ontem de um outro post seu e pensando sobre a velha desculpa usada por quem persegue os gordos,"Ah,mas e questao de saude",e hoje voce falou o que eu pensei ontem,por que nao perseguem quem fuma,os alcolatras,quem cheira,quem esta se matando aos poucos e de quebra levando a familia junto,isso nao e questao de saude?É mania,gosto mórbido por depreciar as pessoas,falta de educação mesmo. Conheci 2 pessoas obesas na minha infancia e adolecencia,amigas da familia, NUNCA ouvi nenhum comentario sobre elas nesses 30 e anos,nunca ouvi na minha casa nenhum comentario sobre o peso delas.Homofobia é crime né,racismo tambem,mas quanto aos gordos,parecem ter licença para massacrar.

Anna

C.Belo disse...

O mundo está tão louco e obcecado com magreza que muitas pessoas associam a anorexia com estilo de vida saudável, como se apenas o extremo disso, o sobrepeso, fosse uma doença. QUE FIQUE CLARO QUE EU TB NÃO QUERO INCENTIVAR O SOBREPESO, mas tem um detalhe BEM importante que as pessoas esquecem: Vc pode viver com 10, 20, 30, 40, 50...quilos a mais (afora questões sobre a qualidade de vida de uma pessoa obesa, estou falando em "viver" tecnicamente, ok?), mas vc não sobrevive nem com míseros 10 quilos ABAIXO do seu peso mínimo. A prova disso é a modelo Ana Carolina Reston Macan, que morreu com 40 kg (para a altura dela, 1,74m, o peso mínimo que ela deveria ter seria aproximadamente 50 kg). O QUE ISSO PROVA????? Para bom entendedor, fica claro que anorexia e bulimia são transtornos alimentares bem mais letais do que a compulsão alimentar.

Vale lembrar que para compulsão alimentar existem tratamentos, inclusive relativamente simples (desde medicamentos até a cirurgia bariátrica). Já para esses transtornos, com causas multifatoriais e ainda desconhecidas pela medicina, o tratamento pode ser BEM MAIS complicado.

Iara, talvez vc queira mandar isso pra sua querida leitora, que tem todo o perfil de menina que se não tem, terá algum transtorno desse tipo.

Ana Cristina disse...

Na mosca!!!
É isso mesmo!!! As pessoas veem os gordos como retardados e como cegos!!
E nós não somos. Aliás, não haverá diferença nenhuma se emagrecer. já passei por isso! você não será tratada como uma Gisele Bundchen. A única coisa é que se emagrecermos seremos deixadas em paz, mas seremos a mesma pessoa de sempre.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...